top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "Dragonero vol. 9" de Luca Enoch, Andrea Bormida e Giacomo Pueroni

Após serem chamados para proteger um nobre da cidade de Viridart, Ian e Gmor salvam um curador chamado Leario do ataque de uma bruxa. Mas, isso irá atrair a atenção de outras bruxas que virão em busca de vingança.


Sinopse:


Ian e Gmor devem organizar a segurança do casamento da filha de um rico e poderoso vassalo do Império. O homem usa seu poder para oprimir o povo, e teme que ele, ou a filha, possa se tornar alvo de um matador de aluguel. Mas identificar o misterioso assassino, presente na cerimônia, não será fácil.





O nono volume marca o retorno de Luca Enoch nos roteiros da HQ e temos uma história um tanto peculiar. Aquele tipo de história que parece ser simples e direta, mas à medida em que paramos para analisar determinados pontos ela vai tomando outros contornos. Já há algumas edições Stefano Vietti vinha acrescentando novos elementos à mitologia do mundo de Dragonero e aqui, Enoch acrescenta as bruxas e os curadores. Mas, não pensem que tanto um como o outro são iguais aos tipos de personagens que vocês imaginam. O autor conseguiu dar uma outra roupagem a eles e os colocou com papéis bastante inusitados. Infelizmente esse é mais um volume com uma arte que não tem nada de muito especial, mas nem de longe é um desenho ruim. Só que frente a alguns artistas que já passaram pela HQ a gente se decepciona um pouco.


Ao seguirem para uma missão na cidade de Viridart, Ian e Gmor se deparam com um homem sendo atacado por animais selvagens sob o controle de uma bruxa. Depois de matarem-na, Ian é atingido por uma maldição, mas graças aos esforços de Leario, que revela ser um curador, sua vida é salva. Ele segue a dupla até a cidade onde acabam por se separar. A missão de Ian e Gmor revela ser a proteção do nobre da cidade que, mesmo relutante no começo, aceita a proposta. Só que a cidade está às vésperas do casamento de Ilyana, filha do nobre em questão, o que vai trazer uma série de pessoas desconhecidas à cidade, aumentando o número de suspeitos. Não ajuda também o fato de o nobre ser uma pessoa detestável, com inimigos por toda a parte. Sem falar nas bruxas que estão vindo se vingar e em Leario que esconde um terrível segredo.

Essa é uma edição com dois artistas e o que cada um faz não fica exatamente claro para o leitor. Deduzo que um deles é responsável pela estrutura do desenho enquanto o outro fica com a arte-final. Mas, mesmo com dois artistas o traço não conseguiu se destacar em uma HQ com um alto nível naqueles que vieram antes. Ter uma história que possui muitos elementos no fundo seja um cenário com várias casas e construções, seja uma série de pessoas em uma festa, não contribui para facilitar a vida deles. Talvez esse seja o motivo para termos dois artistas, dando tempo para cada um se concentrar em sua etapa criativa. A narrativa possui um ritmo mais de mistério, o que faz com que as cenas sejam mais paradas, obrigando os artistas a serem mais precisos em suas pinceladas. Uma coisa que me incomodou um pouco é que em uma cena com muitos personagens, a maior parte dos modelos de design de personagens são iguais. Para não cair numa armadilha dessas, teria sido melhor fazer as cenas mais de interior do castelo, não deixando tantas externas. Dava mais trabalho e reforçava as limitações dos autores. No mais, a arte faz um bom uso de cenários abertos e na mata, algo que se torna essencial para os personagens já que a história se passa no começo e no final em espaços amplos. Outro detalhe que me chamou a atenção é em como o design do Ian e do Gmor está ligeiramente diferente em relação a outros artistas, mas nada que seja bom ou ruim, apenas diferente mesmo.


Na narrativa somos apresentados a um curador que logo no começo da história, o próprio Leario nos explica (mas não aos personagens) rapidamente como funciona o seu poder: ele absorve a doença ou ferimento para si e devolve para outra criatura. O personagem nos é apresentado como um homem solícito, meio covarde e bastante bonachão. Vemos um pouco da infância dele onde ele precisa aprender a lidar com seus poderes desde cedo e aprende duras lições somo como melhor usá-los. A HQ nos passa uma imagem sobre um personagem bastante simplório e que ganha suas moedas se aproveitando dos ricos, mas sendo bondoso com aqueles que não possuem recursos. O envolvimento dele com as bruxas não fica claro exatamente (não vou dar spoilers nesse sentido), mas parece que ele fez alguma bobagem com uma delas. Fora que as bruxas percebem os poderes dele e o entendem como uma pessoa perigosa e que precisa ser eliminada.


Os trechos mais leves dessa história ficam a cargo do nobre e de sua filha. O nobre é aquele típico nobre nojento e pedante que cobra impostos pesados e não se importa em explorar seus cidadãos. Ou seja, um homem que tem inimigos bastando sair dos portões do castelo. Sua filha Ilyana é uma típica menina mimada e desagradável. Ela quer um casamento caríssimo com direito a tudo o possível e imaginável. Porém, agradar os desejos da garota pode pôr ainda mais pessoas estranhas na cidade e se existem suspeitas de que o nobre possa ser morto, quanto mais elementos desconhecidos pior será. Tem várias tiradas engraçadas, mas a melhor delas é o pai desejando empurrar a filha para o "pobre coitado" do seu genro que não sabe no que se meteu.


Um tema bastante importante mencionado nesse volume é o do controle da vida e da morte. Temos o direito de dizer quem pode viver ou morrer? Por mais que procuremos racionalizar isso usando argumentos lógicos ou citando injustiças, interferir em uma lei natural pode levar a uma situação eticamente ruim. Porque não é justo com quem padece e nem com quem tem o controle. É o que chamamos de complexo de Deus. Estar diante de uma posição dessas pode destruir a nossa noção de mundo. E o autor coloca esse tema de uma maneira tão sutil que quando vemos o que aconteceu, já está na nossa cara. Adorei como ele subverteu expectativas ao colocar detalhes tão pequenos no meio da história. Como ele fez o leitor pensar de uma forma, nos colocando uma visão superficial boba sobre um personagem quando ele é bem mais complexo do que parecia à primeira vista. Foi revelador e uma boa aula sobre construção de personagens.


O nono volume de Dragonero apesar de ter uma história fechada, contribui para o cânone do mundo criado por Enoch e Vietti ao mesmo tempo em que consegue nos apresentar uma narrativa bastante direta. Mesmo assim, alguns truques de roteiro conseguem surpreender o leitor e levar a um final que deixa um gancho duplo interessante para ser explorado em futuras histórias. A arte não me agradou muito por estar ali. Não há elementos que eu possa destacar como impressionantes. Ter tido autores tão destacados em edições anteriores não contribui também para uma avaliação menos parcial. Mesmo assim, é uma baita HQ.











Ficha Técnica:


Nome: Dragonero vol. 9 - O Toque da Morte

Autor: Luca Enoch

Artistas: Andrea Bormida e Giacomo Pueroni

Editora: Mythos

Tradutor: Julio Schneider

Número de Páginas: 100

Ano de Publicação: 2021


Outros Volumes:

Vol. 0 Vol. 5

Vol. 1 Vol. 6

Vol. 2 Vol. 7

Vol. 3 Vol. 8

Vol. 4


Link de compra:





Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.