• Diego Araujo

Setembro King: "Sobre a Escrita" de Stephen King

Com tantos autores inspirados em Stephen King, o próprio decide escrever o livro dedicado a abordar questões técnicas de escrita enquanto compartilha das experiências marcantes que o tornaram como o escritor conhecido de hoje.


Sinopse:


Eleito pela Time Magazine um dos 100 melhores livros de não ficção de todos os tempos e vencedor dos prêmios Bram Stoker e Locus na categoria Melhor Não Ficção, Sobre a escrita - A arte em memórias é uma obra extraordinária de um dos autores mais bem-sucedidos de todos os tempos, uma verdadeira aula sobre a arte das letras. O livro também não deixa de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação. Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King. E, junto a tudo isso, o autor oferece uma aula incrível sobre o ato de escrever, citando exemplos de suas próprias obras e de best-sellers da literatura para guiar seus aprendizes. Usando exemplos que vão de H. P. Lovecraft a Ernest Hemingway, de John Grisham a J. R. R. Tolkien, um dos maiores autores de todos os tempos ensina como aplicar suas ferramentas criativas para construir personagens e desenvolver tramas, bem como as melhores maneiras de entrar em contato com profissionais do mercado editorial. Ao mesmo tempo um álbum de memórias e uma aula apaixonante, Sobre a escrita irradia energia e emoção no assunto predileto de King: literatura. A leitura perfeita para fãs, escritores e qualquer um que goste de uma história bem-contada.





Uma dentre as formas de alguém aspirar a ser escritor é admirar tanto determinado profissional do ramo a ponto de ser como ele. No início é apenas leitura e admiração pelos seus romances, depois vem as releituras atentas e a descoberta das nuances e estilo de escrita. Um dos escritores mais conhecidos ofereceu uma oportunidade aos aspirantes a escritores conhecerem detalhes de sua longa experiência de escrita. Sobre a Escrita foi publicado em 2000 com edição em 2015 pela editora Suma e traduzido por Michel Teixeira; é o livro de não-ficção em que Stephen King conta a respeito de sua carreira e alguns ensinamentos sobre o ofício da narrativa.


“Durante o processo de visualização, fato e ficção se mesclam.”


O livro contém duas partes principais. A primeira é o curriculum vitae, e Stephen King leva o termo ao pé da letra ao contar vários momentos particulares, da infância até quando escreveu os primeiros romances. Conhecemos o pequeno Steve, o irmão mais velho e a mãe solteira; o terror vivido por tomar injeções diretamente no ouvido e acreditar na mentira de que não doeria nada; dos primeiros trabalhos escritos ― entre pretensiosos e de zombaria ― já com as primeiras lições sobre a carreira de escritor; além dos mais diversos detalhes e rotinas da vida particular de alguma forma relacionados a como o inspiraram na forma de escrever.


A segunda parte trata das técnicas da escrita. Ritmo, tema, enredo, diálogo, revisão, descrição, personagens, aprendizado através da leitura e prática. King comenta cada um desses conceitos em textos breves, compartilhando da experiência pessoal e indicando quais são os mais importantes e os até dispensáveis ― na opinião dele. Traz exemplos baseados nos acertos e quais erros cometeu ao longo da carreira, além de certas situações contrárias ao que ele defende, e mesmo assim deram certo. Também oferece exemplos sobre a prática de outros autores de modo a colaborar na discussão.


“Cada livro que pega para ler tem uma ou várias lições, e geralmente os livros ruins têm mais a ensinar do que os bons.”


Apesar do autor tente ser sucinto com o conteúdo, a primeira parte estende a leitura com detalhes pessoais poucos relevantes aos leitores focados em aprender os conceitos de escrita na visão do King. Torna-se difícil definir se a leitura desta metade do livro vale a pena, pois já contém dicas valiosas no meio da autobiografia. Apenas nos casos de o leitor querer conhecer tanto da escrita quanto do próprio indivíduo Stephen King, é quase certo que gostará desta abordagem.


O livro é referência para vários sites, autores e instrutores de escrita. É fácil encontrar citações como exemplos ao elaborar determinado conceito ou argumento de como escrever a história. Essas citações carregam o peso do autor, mas também são de ótima qualidade por serem assertivas, pela variedade dos trechos abordarem cada assunto da escrita e pela repercussão, pois ao ser compartilhado pelos mais diversos canais e escritores, tem a qualidade validada. Longe de toda frase tirada deste livro ser verdade absoluta, pois aborda a experiência de Stephen King como escritor, e esta será diferente a cada autor, além do fato de todo escritor possuir falhas ou vícios a evitar, inclusive King.


Cada tema é abordado de forma pessoal. O autor trata a leitura como uma conversa telepática. Mesmo ele escrevendo aquelas palavras no fim do milênio passado e o leitor acessando-as anos depois, ele presume questões e supostas desculpas dadas pelos leitores ― ou já ouvidas de fãs ― e as respondem, por vezes em tom sarcástico de modo a dar aquele puxão de orelha amigável quanto a receios tão comuns dos aspirantes a escritores.


Sobre a Escrita tem ótimos conteúdos sobre o tema proposto, embora nada deva ser tomado como lei ― assim como outros livros deste tipo ―, ao menos discutido com base em argumentos e experiências divergentes dos outros escritores. É um prato cheio a quem é aspirante a autor e fã de Stephen King, pois a abordagem pessoal dá a sensação do leitor ter uma conversa com o escritor.


Ficha Técnica:


Nome: Sobre a Escrita

Autor: Stephen King

Editora: Suma

Gênero: Não-Ficção

Tradutor: Michel Teixeira

Número de Páginas: 256

Ano de Publicação: 2015


Avaliação:



Link de compra:

https://amzn.to/2UDWY6B



Tags: #sobreaescrita #escritacriativa #dicasdeescrita #stephenking #editorasuma #amoleitura #igliterario #loucosporlivros #ficcoeshumanas




ficções humanas rodapé.gif

Todos os direitos reservados.

Todo conteúdo de não autoria será

devidamente creditado.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

O Ficções Humanas é um blog literário sobre fantasia e ficção científica.