top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "Prelúdio à Fundação" (Fundação vol. 6) de Isaac Asimov

Atualizado: 19 de nov. de 2023

Conheçam os primeiros passos de Hari Seldon na criação da psico-história e os desafios que ele enfrenta em Trantor ao lado de sua guarda-costas Dors Venabili. Uma história que se passa antes do primeiro volume da série fornecendo várias respostas a alguns pontos que pareciam lacunas.


Sinopse:


O Império Galáctico é uma extraordinária conquista da humanidade, abrangendo 25 milhões de mundos. Trantor, sua capital, é uma gigantesca metrópole em torno da qual orbita uma civilização avançada e complexa. Mesmo assim, o imperador Cleon I sente seu poder ameaçado e busca a todo custo se antecipar a qualquer situação de perigo.


Quando o jovem matemático Hari Seldon chega à cidade para divulgar sua psico- história o imperador encontra nele a garantia de sua segurança e posição. Em pouco tempo, Seldon se torna o homem mais procurado da Galáxia, e enquanto luta para impedir que sua teoria caia em mãos erradas, começa a vislumbrar a chave para o futuro.








Anos depois de ter escrito o romance que se tornou um clássico de ficção científica, Fundação, Asimov retorna ao mundo de Trantor para nos contar a trajetória de Hari Seldon. Novos detalhes emergem e uma história fascinante se desdobra pelas diferentes regiões do planeta. Esse é um dos últimos trabalhos do autor e nele percebemos a prevalência de alguns temas e uma maior maturidade em sua narrativa. Inclusive temos uma personagem feminina que tem bastante importância, contrariando as críticas que o autor sempre recebeu por não colocá-las em posição de destaque. Pode não ser um dos melhores trabalhos do autor, mas ele é carregado de emoção do início ao fim. Vale para quem deseja conhecer mais sobre esse fascinante universo criado pelo autor.


Prelúdio à Fundação foi escrito quatro anos antes de sua morte. O leitor consegue perceber muita instabilidade na narrativa com trechos que são maravilhosos e nos deixam mensagens fascinantes e outros que são bastante enfadonhos e em nada acrescentam. Se formos levar em conta a série Fundação sob uma perspectiva cronológica, este livro viria antes do primeiro volume. Porém, não recomendo começar por ele justamente por causa desses altos e baixos. A narrativa é contada em terceira pessoa do ponto de vista de Seldon e de sua guarda-costas, Dors Venabili. Não há uma alternância clara entre os dois personagens, mas isso não era comum na época de sua escrita. Hoje os autores costumam empregar mais a ideia de capítulos dedicados a analisar a trama a partir da visão de cada personagem. É uma narrativa que possui início, meio e fim, mas deixa um gancho que será usado em Crônicas da Fundação, o derradeiro último volume da série.


A narrativa se passa no momento em que Hari Seldon vai até o governo imperial apresentar suas noções sobre a psico-história pela primeira vez. É preciso pontuar que, nesse momento, Seldon não tem segurança quanto aos métodos e ao funcionamento daquilo que ele criou. Tanto é que em diversos momentos ele faz experimentos para ver se a psico-história tem sucesso em algum postulado. Vale destacar como Asimov emprega novamente o método científico para nos mostrar suas ideias. Sempre na tríade hipótese - experimentação - conclusão. Por conta disso temos vários momentos em que o autor aborda o tema amplamente, o que nos tira do prumo em relação à história. Inclusive temos o emprego de diálogos expositivos para entregar determinadas tramas. Só que eles acabam parecendo forçados porque estão deslocados de uma fala normal entre duas pessoas. Isso nos remete a livros de ficção científica clássicas que usavam esse recurso. É uma mecânica que pode ou não funcionar dependendo de como o autor conduz a narrativa. Tal não é o caso aqui.


Uma das grandes críticas feitas às obras de Asimov é em o quanto elas são praticamente "higienizadas" no que diz respeito à participação feminina. Salvo a dra. Susan Calvin, famosa protagonista de diversos contos da coletânea Eu, Robô, mulheres não tinham participações importantes em seus romances. Apenas papeis eventuais, em segundo plano ou em situações de pouca importância como um todo. Aqui, temos a introdução de Dors Venabili, inicialmente uma guarda-costas de Seldon e mais tarde um interesse romântico do personagem. É bem doce a interação entre os dois e mostra o quanto Asimov amadureceu sua percepção da participação feminina em uma narrativa. O próprio final da história é bem romântico. A personagem tem bons momentos na história e age como um contraponto à personalidade sempre "nas nuvens" de Seldon. Dors é mais prática e pragmática e se vê precisando lidar com situações bem adversas por conta da vigilância feita por Cleon I.


Outro ponto que é bem diferente nesta história são os momentos de ação. Gostei de vê-las porque elas não são comuns nas narrativas do autor, mais voltadas para o campo das ideias ou para a investigação/discussão como na série Os Robôs. Hari possui habilidades marciais... vem logo na cabeça do leitor aquele senhor do primeiro livro dando um golpe de karate em outro personagem. Confesso que me diverti imaginando uma cena dessas em minha mente. Aliás, vale ressaltar que esse Seldon não é o mesmo cientista estoico e confiante do primeiro volume, mas um homem bastante impulsivo e temperamental. Terão momentos em que não parece o mesmo personagem. Claro que podemos colocar na conta da idade, já que lidamos com um indivíduo que não passou pela mesma quantidade de experiências que ele terá quando for mais velho. E a própria narrativa, que é uma jornada de exploração, vai nos mostrando um amadurecimento progressivo dele.


A fuga dos espiões de Cleon vão fazer com que Seldon tenha contato com as mais variadas culturas presentes dentro de Trantor. Vale destacar o quanto elas são diferentes apresentando modos de vida curiosos como o viver no subterrâneo, o viver com poucos itens para subsistência, uma espécie de grupo rebelde, entre tantos outros. É um belo estudo sociológico que vai ajudar Seldon a encorpar as suas teorias da psico-história. Durante a fuga, Seldon irá conhecer Raych, um menino que ele irá adotar como se fosse um filho. Veremos esse ambiente familiar sendo mais trabalhado no último livro da série, mas são momentos bacanas os passados entre Dors, Raych e Seldon. Diferentemente de outras obras, vemos um foco do autor em desenvolver seus personagens, fornecer vida e tridimensionalidade a eles. Se comparados a outras obras ou até a preocupação dos dias atuais com o papel deles, os personagens de Asimov nem são tão complexos assim. Mas, o leitor acaba por desenvolver uma empatia pelos mesmos.



Volto a afirmar: não é uma das melhores obras do autor, mas certamente vemos um esforço por trazer novos elementos e um carinho pelo universo que ele criou. Algumas lacunas vão sendo preenchidas, nos fornecendo detalhes maiores sobre a política e as relações em Trantor. É uma adição bastante necessária porque o primeiro volume não usa muito tempo no planeta e nos deixa com várias informações lacunares. Vale também para vermos outros personagens como Raych, Dors, Demerzel, Se você é um fã de Asimov ou da série, é uma daquelas obras obrigatórias.













Ficha Técnica:


Nome: Prelúdio à Fundação

Autor: Isaas Asimov

Série: Fundação vol. 6

Editora: Aleph

Tradutor: Henrique Szolnoky

Número de Páginas: 512

Ano de Publicação: 2021 (nova edição)


Outros Volumes:


Link de compra:







コメント


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.