top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "O Mundo de Yang" de Orlandeli

Yang se vê arrastado para um mundo onde ele pode ser a última esperança para se livrar do mal. Mas, para isso ele vai precisar aprender seu papel no mundo e como lidar com suas habilidades buscando as respostas em seu próprio interior.


Sinopse:


O universo de O mundo de Yang só existe devido a uma vivência de mais de duas décadas que acabou influenciando diretamente meu interesse pela cultura oriental. Algumas pessoas participaram de maneira significativa nesse processo e, direta ou indiretamente, contribuíram para que esse universo existisse. Fica aqui meu agradecimento para Paulo de Carvalho Junior, Vandinei Cristante, Daniel Marcato, Tiago Francisco Bezerra, Peterson Menezes e Kazuo Nagamine. Também deixo registrada toda gratidão pelo indispensável apoio de Ruis Vargas e Spacca, amigos e consultores. O mundo de Yang começou a ser publicado semanalmente no site www.omundodeyang.com.br em janeiro de 2015. A ideia partiu da vontade de contar uma saga de fôlego utilizando um formato que sempre me foi familiar, o de “tira de jornal”. Vá lá, o formato não lembra exatamente uma tira tradicional, tá mais para um “quadrão”, mas já sabendo que sua principal plataforma seria a internet não me preocupei muito com isso. Importante era um formato que possibilitasse construir uma narrativa gráfica curta e completa a cada quadro, assim como as tiras, e que, juntas, formariam uma grande história. Com a premissa de uma aventura com toques de cultura oriental, motivada pela vivência nas artes marciais, o enredo tenta levar o leitor a refletir filosoficamente sobre algumas questões. Por ironia do destino, ou capricho das energias do universo, uma delas se mostrou presente fora das páginas e telas de monitor. Antes do ponto final, tudo pode acontecer. Nada é, tudo está.




O Mundo de Yang é uma série de tirinhas criadas por Orlandeli que acaba nos apresentando um pouco de suas ideias e filosofias. Ao invés de serem histórias esparsas, as tirinhas de Yang possuem uma história longa e contínua apresentada ao longo de vários anos. Esse encadernado que eu tenho em mãos agrega um primeiro conjunto delas (continuada depois em O Mundo de Yang - Rumo ao Sul). Orlandeli nos apresenta aqui uma bela história que trabalha uma série de questões como aceitar nossos próprios medos, humildade e o conhecimento de nossos próprios limites.


O roteiro é acima da média. Muitos leitores conheceram o trabalho do Orlandeli através da HQ Chico Bento - Arvorada (que pertence à Graphic MSP), mas este é o meu primeiro contato com o autor. E eu adorei. Orlandeli consegue mesclar filosofia profunda com aventura e alguns pontos de bom humor. O leitor consegue se situar fácil ao lado do protagonista. Ou melhor, o leitor se perde junto de Yang e precisa se encontrar pouco a pouco para ir superando as adversidades. A gente possui um roteiro dividido em três atos onde no primeiro Yang chega a esse mundo, no segundo ele encontra dificuldades e no terceiro temos a superação das adversidades. Tudo bem direto.


"Nada é. Tudo está."

A arte do Orlandeli é bem singular. Ele usa traços exagerados e expressivos, onde o importante é entendermos os sentimentos do personagem. O mais legal é entender o quanto a expressividade se relaciona ao humor da narrativa. Yang é um personagem irônico e curioso. Assim como nós, o protagonista questiona tudo e todos ao seu redor. Tenta entender o mundo através de uma lupa simples, desconstruída pela voz e por Yoh, posteriormente. Os vilões são realmente assustadores como o Migou. Eu adorei como o autor conseguiu criar vilões terríveis e abstratos dentro do mundo de Yang ao mesmo tempo em que eles são tiradas engraçadas acerca de elementos do nosso cotidiano. Não se deixem enganar pela arte que ora é simples; há muito refinamento e o emprego da separação entre o preto e o branco está incutido na própria essência da narrativa que retira sua inspiração na cultura oriental.



A narrativa começa como está no quadro acima: com Yang simplesmente acordando em outro mundo sem entender como foi parar lá. Uma voz conta a ele um pouco sobre o que está por vir: este mundo mudou completamente e foi arrebatado pelas trevas. Cabe a Yang ajudar a trazer de volta a luz que existe nesse mundo. Teoricamente, o protagonista possui incríveis poderes, mas ele ainda não é capaz de usá-los. Ele vai precisar da ajuda de outros aliados para derrotar as terríveis criaturas que se espalharam por toda a parte. Para isso, a voz que o guia, recomendou-lhe seguir para o sul. Mas, neste primeiro volume vamos ver os primeiros momentos de Yang nesta nova realidade onde ele precisará aprender mais sobre si mesmo e superar os seus medos internos.


Yang é um personagem fascinante. Ao mesmo tempo em que ele funciona como o herói da história, ele possui muita individualidade. Não se deixa levar por tudo aquilo que é dito a ele. Essa posição de ceticismo é um pouco do que nós mesmos fazemos diante do desconhecido. O que a história tenta nos colocar é ter a capacidade de nos abrirmos a compreender aquilo que está além de nós. A voz que guia Yang serve como esse alguém que quebra as nossas chamadas "verdades universais". Por isso que a frase "Nada é, tudo está" é tão importante para a jornada do protagonista. O mundo nunca é estável, ele está sempre em um processo de mutação.


Yoh ainda é um enigma para mim até porque não houve tanto tempo assim de interação com Yang. Eu imaginei que ele fosse uma coisa, mas na verdade ele é outra completamente diferente. Gostei muito o quanto o traço do Orlandeli oferece personalidade aos personagens. Eles são únicos. Yoh vai servir como uma boa contraparte para Yang ao mesmo tempo em que vamos nos familiarizando com ele. Parece existir uma série de coisas não ditas sobre Yoh que possivelmente serão reveladas em Rumo ao Sul. O final com a luta de Yoh e Yang contra o Migou é muito legal. E mostra o quanto a narrativa ainda está em seus estágios iniciais, mas em rumo ascendente. As coisas vão se tornando bem complexas mais para o final.



O medo também é um tema trabalhado na HQ. É claro que diante de algo que não conseguimos vencer ou superar vamos sentir medo. A diferença é se vamos nos deixar abater por aquilo que nos dá medo ou e vamos aceitá-lo e tentar fazer algo a respeito. Todos nós somos limitados. Ninguém é capaz de vencer o universo. Os desafios são o que tornam a nossa vida mais movimentada. É nesse sentido que a voz e Yoh tentam aconselhar Yang. Ao ver a força monumental que é Migou, Yang se sente intimidado e se perde em si mesmo. Vai caber a ele buscar a força interior necessária para superar a simples presença de seu adversário.


O Mundo de Yang é uma HQ profunda, repleta de significados e divertida ao mesmo tempo. Orlandeli criou um elenco de personagens diferentes e com muitas camadas que não foram completamente reveladas aqui. Ainda existem muitos mistérios em torno da missão de Yang e até em como ele foi parar ali. E quem será a voz? Será que saberemos mais no segundo volume? Eu vou embarcar imediatamente rumo ao sul ao lado destes personagens. Convido vocês a me seguirem.











Ficha Técnica:


Nome: O Mundo de Yang

Autor: Orlandeli

Editora: Sesi-SP Editora (a versão que eu tinha era auto-publicada)

Número de Páginas: 68

Ano de Publicação: 2016


Link de compra:





0 comentário

Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.