top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "O Homem Sonha a Máquina" (Requiem vol. 2) de Lidia Zuin

Após os eventos de Dies Irae, Lynx reencontra o homem misterioso do primeiro volume da série. Juntos eles vão investigar a morte de três pessoas e sua ligações com estranhos grafites hindus misteriosos.

Atenção: tem spoilers do primeiro volume.



Sinopse:


Num mundo hedonista e cibernético, haverá espaço para os deuses? Os seguidores de um grupo conhecido como tecnognósticos estão sendo assassinados e as únicas pistas são estranhos símbolos. Um velho conhecido de Lynx pede sua ajuda para resolver o mistério. Para a hacker, porém, aquele homem é o verdadeiro enigma.




Okay, Lidia Zuin continua sendo um enigma para mim. Admito. E eu gosto disso. Não vou dizer que acho a série Requiem maravilhosa e que a autora revolucionou o gênero cyberpunk nem nada do gênero. Acho essas hipérboles desnecessárias e acabam mais prejudicando um autor do que ajudando. Uma coisa é certa: ela tem a minha atenção. E continuo com o meu discurso de que as histórias dela me agradam bem mais dos que as histórias do Gibson. Principalmente porque ela vai usar a estética cyberpunk em uma abordagem existencialista, questionando os limites daquilo que entendemos como real. Ou seja, novamente: isso não é Gibson, é Philip K. Dick. Só que de um jeito particular que a autora deu a identidade dela para a narrativa.


Para aqueles que entraram no mundo de Requiem de gaiato, O Homem Sonha a Máquina é um segundo volume de uma série, mas ele se passa após outro conto chamado Dies Irae. Infelizmente terei que dar spoilers do conto por isso coloquei lá em cima que tem spoilers. Lynx se vê completamente perdida depois da morte de Eichi, uma pessoa a quem ela tinha como uma das poucas de sua confiança. Tudo o que ela tem no corpo são algumas roupas e seus velhos apetrechos de hacker. Nada da Lynx high style do primeiro volume. Essa é uma personagem mais decadente, que se meteu com as pessoas erradas e usou as drogas erradas. A experiência extracorpórea que ela teve no primeiro volume que a fez questionar o que é real ou não também mexeu com as suas certezas. Então quando o homem misterioso que ela encontrou no primeiro volume volta à sua vida, no fundo Lynx sabe que as coisas vão ficar agitadas.


Esse segundo volume é mais introspectivo do que o primeiro. Por isso ele mescla elementos investigativos com Lynx e o homem misterioso atrás dos assassinos de tecnognósticos enquanto que ao mesmo tempo a protagonista se questiona se em um mundo de máquinas e cybernet é possível existirem deuses. Ela vai em uma espécie de templo onde símbolos de vários deuses estão quase como que concentrados uns juntos dos outros. Existe uma religião certa? Um deus único? Vários deuses? Um outro mundo? Ao mesmo tempo os assassinos de tecnognósticos parecem obcecados com os preceitos do budismo, questionando o samsara, ou seja, a existência do homem no mundo material.


Para mim, este seria um volume perfeito se não fosse por uma pequena barriga que eu senti no meio do conto. Novamente acho que a Lidia errou um pouco no volume de páginas e de informações passadas. Ou talvez até na forma como essas informações seriam passadas para a Lynx. Não acho que a autora tenha feito info dumping... meu questionamento não é acerca do que, mas do como. Pensando objetivamente se a Lynx tivesse obtido essas informações a partir de diferentes meios, fazendo com que ela tivesse que ir de um lado a outro na cidade, ou precisando invadir alguma deep net, ou alguma outra coisa do gênero, essas informações tivessem sido diluídas e pareceriam menos expositivas do que ficaram. Todo o arcabouço lógico que vai levar ao desfecho é necessário para a protagonista. São como blocos necessários para ela montar o quebra-cabeças; então eles não podiam faltar. O veículo é que poderia ser outro.


Voltei a curtir cyberpunk graças à Lidia Zuin. No ano passado eu já tinha lido Isegún, da Lu Ain Zaila, mas era uma obra que possuía outros tipos de bandeiras e questionamentos. Já aqui a autora escreve um cyberpunk em sua forma clássica (se é que é possível usar esse termo para designar um gênero de vanguarda), mas com uma identidade própria. Por isso ela consegue manter o meu interesse conto após conto após conto. Vou pegar o volume 3 em breve para ver o desfecho da história.










Ficha Técnica:


Nome: O Homem Sonha a Máquina

Autora: Lidia Zuin

Série: Requiem vol. 2

Editora: Draco

Número de Páginas: 40

Ano de Publicação: 2013


Avaliação:

Outros Volumes:

Deus Sonha o Homem (vol. 1)

Dies Irae (vol. 1,5)








Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.