top of page
  • Foto do escritorDiego Araujo

Resenha: "O Corvo" de Edgar Allan Poe

Atualizado: 6 de jun. de 2019

O Corvo é, além de um poema, uma das fortes evidências do talento de Edgar Allan Poe. Esta edição da Companhia das Letras homenageia o trabalho poético do autor com as principais traduções portuguesas e três ensaios de Poe sobre poesia.

Sinopse:


"A morte de uma mulher bela é, sem sombra de dúvida, o tema mais poético do mundo." Assim Edgar Allan Poe justificaria a gênese de "O corvo", poema publicado sob pseudônimo originalmente em 1845. Mas o que faz com que esses versos hipnotizantes sobre perda e desejo, escritos de modo tão calculado pelo mestre do terror há quase dois séculos, tenham merecido tantos elogios e tamanha controvérsia?

Nesta edição, o leitor vai conhecer as traduções mais notáveis de "O corvo" para a nossa língua ― as de Fernando Pessoa e Machado de Assis ―, analisadas pelo poeta, tradutor e professor Paulo Henriques Britto, que também traduz três textos fundamentais de Poe sobre poesia ("A filosofia da composição", "A razão do verso" e "O princípio poético") e examina a faceta ensaística do escritor.




Talvez uma das ambições comuns de quem dedica sua vida à escrita seja a de ser eternizado pela mesma. Seja deixar o corpo no sepultamento e permanecer nas palavras legadas em textos e poemas publicados. Com o tempo, esses aspirantes descobrirão o quanto é raro este fenômeno, embora ainda alimentem a obsessão de quem é digno de tal reconhecimento. Escritores talentosos ainda são exaltados em ensaios das gerações posteriores, como as de hoje e do futuro. Um ótimo exemplo de autor eterno é Edgar Allan Poe, o contista, poeta, editor e ensaísta homenageado na edição especial de O Corvo, feito pela Companhia das Letras em 2019 com traduções e posfácios de Paulo Henriques Britto, além das traduções do poema homônimo dos lusófonos Machado de Assis e Fernando Pessoa.

​“A morte de uma mulher bela é, sem sombra de dúvida, o tema mais poético do mundo.”

​O livro consiste em duas partes, sendo a primeira com as duas traduções de The Raven e o poema original de Poe, e a segunda com três ensaios de Edgar sobre poesia; ambas as partes contém posfácios do tradutor dos ensaios desta edição, Paulo Henriques Britto. The Raven foi escrito em cento e oito versos com um enredo simples. O eu lírico melancólico pela morte da amada Lenore recebe a visita de um corvo buscando abrigo da tempestade. A ave é peculiar, pois consegue pronunciar a expressão nevermore, esta como refrão em todo fim de estrofe e também responde a todas as indagações do eu lírico, que as repudia. A narrativa simples demais sustenta o tema marcado pelo ritmo das palavras, pois não há nada mais poético senão a morte de uma mulher bela.

Sobre as traduções, a de Machado de Assis trabalha mais na interpretação do enredo em vez do ritmo, sendo a versão escrita por Fernando Pessoa mais fiel à sonoridade do original, com a liberdade de ajustar o que é contraditório na obra em inglês. O posfácio de Paulo nesta parte conta a sua relação particular com o poema e então analisa as traduções. Mesmo na situação delicada de julgar as escolhas e o processo de tradução de dois escritores consagrados da língua portuguesa, Paulo demonstra os motivos das críticas através das comparações da tradução com o original.

“Porque os pedantes não têm olhos, segue-se que os poetas antigos não tinham ouvidos.”

A segunda parte traz três ensaios de Poe sobre poemas, todos traduzidos por Paulo Henriques Britto. A filosofia da composição é sobre o planejamento ao criar The Raven, A razão do verso faz críticas quanto à elaboração dos versos e sua interferência pela acentuação do idioma inglês comparado com a de outros idiomas como grego, latim e francês; e O princípio poético reforça o argumento apresentado no primeiro ensaio quanto à extensão do poema, reunindo vários poemas curtos e os comentários dele sobre cada um.

O primeiro ensaio é o mais interessante do livro, até por dedicar-se ao poema em questão. Ler os argumentos de Poe sobre a própria concepção passa a impressão de ele trabalhar na poesia como engenheiro, conforme a proposta matemática da composição. O segundo ensaio é técnico demais, direcionado a acadêmicos de letras ou interessados na construção do verso, este sob circunstâncias do idioma inglês. Recomendo ler o posfácio da segunda parte antes deste ensaio, pois ali explica alguns termos usados por Poe e adianta os equívocos do escritor no texto em questão. O último ensaio oferece ótimas indicações de poetas, apresenta um pouco das qualidades a partir do poema escolhido por Poe com alguns comentários sobre o mesmo. Paulo encerra o livro com o posfácio sobre os ensaios do autor e tecendo críticas embasadas em textos citados nos rodapés, dentre elas a da composição de The Raven não ser tão matemática como Poe afirma.

Esta edição de O Corvo fez um trabalho excepcional ao homenagear o poema mais conhecido do eterno Edgar Allan Poe. Traz, ainda, as concepções do autor quanto aos poemas e as análises honestas e embasadas do tradutor Paulo Henriques Britto. Os ensaios ocupam a maior parte do livro, por isso não recomendo a quem se interesse apenas pelo poema, mas sim a quem gosta de conteúdo mais técnico sobre poesia e pelos fascinados ao trabalho de Poe.

Ficha Técnica:

Nome: O Corvo Autor: Edgar Allan Poe Editora: Companhia das Letras Gênero: Terror Tradução dos Poemas: Machado de Assis e Fernando Pessoa Tradução dos Ensaios e Autoria dos Posfácios: Paulo Henriques Britto Número de Páginas: 200 Ano de Publicação: 2019


Avaliação:

Link de compra: https://amzn.to/2KTtv7v

*Material enviado em parceria com a Companhia das Letras





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.