• Paulo Vinicius

Resenha: "Milagroso" de Isabel Yap

Marty, um bem sucedido engenheiro de comida artificial retorna à vila de Lucban, onde ele nasceu, levando toda a sua família. Lá, ele vai participar de um estranho festival local onde as pessoas se regozijam por uma chuva de comida natural, algo muito abaixo dos padrões nutritivos das comidas que Marty criou.

Como será a nossa alimentação no futuro? Já deve ter passado pelas nossas cabeças entender como a indústria alimentícia vai manter as necessidades da população ao mesmo tempo em que imagina uma forma mais saudável para que elas se manifestem. Viveremos de sementes, de comidas orgânicas ou os alimentos serão mais práticos assim como nossos pratos de macarrão instantâneo de todos os dias? Isabel Yap cria uma narrativa muito interessante ao se questionar sobre o que é melhor: um alimento natural e orgânico ou algo que passou por uma transformação industrial para se adequar às massas.


A história é contada pela perspectiva de Marty, um homem que ajudou a inovar o mercado de alimentos ao criar praticidade e saúde para isto. Os alimentos agora podem ser comprados em pacotes simples, bastando pouco tempo para serem feitos. Mesmo pratos sofisticados podem ser adquiridos. E todos eles foram manipulados geneticamente para se adequarem às necessidades alimentícias dos seres humanos. Mas, isto é feito à custa do paladar. É uma invenção revolucionária, mas o gosto se torna praticamente igual para todos os alimentos. Na visão de Marty é um pequeno preço a ser pago por uma revolução na forma de consumir.


Milagroso tem uma série de pequenas críticas sociais inseridas. Por exemplo, apesar de os alimentos serem de alta tecnologia e voltado para atender às massas, ainda não é um tipo de coisa acessível a todos. Os preços são elevados, e como quase não há mais alimentos orgânicos, pessoas mais pobres não conseguem adquiri-los. A crítica é ótima porque revela que não importa o quanto coloquemos tecnologia e o quanto desejemos ampliar o alcance dos alimentos, a desigualdade social é algo intrínseco a tudo. Observamos os acontecimentos se desenrolando em uma pequena vila nas Filipinas. E vemos o quanto as pessoas tem dificuldade para conseguir adquirir alimentação básica.


A questão central tem a ver com a dicotomia entre alimentação saudável x alimentação saborosa. O que preferimos? Hoje fala-se muito em inserir propriedades genéticas em alimentos para fazer com que eles sejam mais benéficos para o nosso organismo. É algo ainda da ficção científica, mas são estudos que avançam todos os anos. Teríamos coragem de abandonar o princípio do paladar em prol de uma vida saudável? Nessa história a autora mostra claramente o quanto é importante o bom paladar para as pessoas. E que se alimentar tem muito mais do que somente se preocupar com vitamina A ou vitamina K. É um baile de sabores que dançam em nossos sistemas digestivos.


Ficha Técnica:


Nome: Milagroso

Autora: Isabel Yap

Editora: Tor.com

Gênero: Ficção Científica

Número de Páginas: 22

Ano de Publicação: 2015

Avaliação:


Link de compra:

https://amzn.to/2GNlahi


Tags: #milagroso #isabelyap #tor #alimentos #industriaalimenticia #milagres #santoisidoro #filipinas #ficcaocientifica #scifi #leiascifi #amoscifi #igscifi #historiascurtas #contos #ficcoeshumanas


ficções humanas rodapé.gif

Todos os direitos reservados.

Todo conteúdo de não autoria será

devidamente creditado.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

O Ficções Humanas é um blog literário sobre fantasia e ficção científica.