top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "Clair de Lune" de Laisa Couto

Uma história de amor que demonstra que mesmo os deuses podem ser vítimas de um amor impossível.


Nesta história, Laisa Couto nos apresenta Sileno, um sátiro, filho de Pã que vive sua vida tranquilamente. Por ter parte do sangue de um deus, ele possui características semelhantes às de seu pai: tem parte do corpo de um animal, mas é capaz de encantar qualquer mulher que ele deseje. Ou melhor, é capaz de fazer com que as pessoas atendam a todos os seus desejos. Mas, ao longo deste conto, Sileno se dará conta de que mesmo um deus pode ser afetado por um amor impossível.

Depois de ler Lagoena, outro livro de Laisa Couto, me dei conta de que a autora é capaz de criar histórias completamente atemporais. Tanto Lagoena como Clair de Lune são histórias que podem se passar em qualquer período histórico. Não existem muitas marcas definidoras (tipo um telefone, ou um personagem que pega um ônibus, ou um carro). Lagoena começa em uma cidade bem simples no interior e Clair de Lune se passa em uma cidade qualquer e Sileno entra em um bar qualquer. Gosto desse estilo porque acaba tirando o foco da história no que acontece ao redor do personagem para se concentrar no próprio personagem per se.

Podemos dizer que o tema da história não só é o amor impossível, mas também a obsessão de obter o inalcançável. Laisa nos apresenta um protagonista entediado e que não vê tanto encantamento nas coisas pela qual ele passa. Suas noites são regadas a todo tipo de experiências boêmias. Quando ele encontra Clair de Lune sua percepção muda completamente. No começo se tratava de uma curiosidade por uma bela mulher que ele desejava possuir. Mas, à medida em que ela negava aquilo que ele tanto queria, sua fixação vai se tornando maior e a sua habilidade como semideus acaba se invertendo. Agora, não é mais Sileno que tem todas as suas necessidades atendidas, mas ele que quer atender a todas as necessidades de Clair de Lune. Em determinado momento do conto, um dos personagens dialoga com Sileno perguntando se ele desejava Clair de Lune por sentir um amor real, ou apenas para obter aquilo que ele não era capaz de conseguir. É um interessante questionamento: quando amamos muito alguém que nos recusa, estamos amando de fato ou apenas correndo atrás daquilo que nos é negado, como uma espécie de orgulho ferido que precisa ser curado?

Laisa Couto nos apresenta o enredo e os personagens bem lentamente. Já havia percebido essa "falta de imediatismo" da autora em Lagoena. A autora não corre com a apresentação de tudo, mas deixa que os elementos fluam por si só. Acho isso outra qualidade da pena da autora. Quando o leitor percebe, ele já está imerso na trama e apenas observa aquilo que está acontecendo com avidez. Eu adorei a história apesar de ter notado alguns pequenos problemas. Por exemplo, eu achei o final abrupto demais. Entendi que a história era como se fosse uma espécie de conto mitológico e no final haveria uma espécie de "moral" ou "lição". Não sei se a intenção da Laisa tenha sido isso, mas acabou soando dessa maneira. Achei também que a autora poderia ter trabalhado um pouco mais a relação entre Sileno e Pã. Porque a presença dele é muito superficial e a relação de distanciamento entre ambos não fica tão bem estabelecida assim.

O estilo de escrita é em terceira pessoa o que contribui para o ar etéreo e mitológico do conto. Alguns momentos podem incomodar o leitor por conta de uma grande quantidade de descrições e emoções do personagem. A mim não incomodou porque serviu para que eu me empatizasse melhor com Sileno e seus problemas. Gostei também do fato de Laisa ter construído diálogos simples e fáceis de serem compreendidos. Ela poderia ter caído no erro de fazer com que os deuses falassem a la Shakespeare, de maneira dramática ou estoica demais. E não foi isso o que aconteceu.

Clair de Lune é um conto bacana, rápido e emocionante. Mais do que isso: nos mostra uma história de amor trágica colocada em um universo de mitos e lendas. O enredo é bem amarrado, apesar de finalizado de maneira muito brusca. Porém, o ar de mistério permeia o ambiente fazendo com que o leitor se perca nessas histórias de deuses e semideuses, mas apresentados de uma maneira muito humana e sentimental.










Ficha Técnica:


Nome: Clair de Lune

Autora: Laisa Couto

Conto que compõe a coletânea Imaginários vol.6

Editora: Draco

Gênero: Fantasia

Ano de Publicação: 2015


Avaliação:

Link de compra:









Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.