• Paulo Vinicius

Resenha: "A Burden Shared" de Jo Walton

Com o advento da tecnologia de dividir a dor, as pessoas agora podem fazer alguma coisa umas pelas outras. Ann tem uma doença congênita nas articulações e sua mãe, Penny, a ajuda desde pequena suportando sua dor. E isso modificou demais a relação entre as duas.



Sinopse:


O que fazemos um pelo outro é um mistério.




Esse é um conto curtinho da Jo Walton, mas que conseguiu me impactar bastante. Vou tentar até não falar muito sobre a história para deixar algumas coisas para vocês lerem. Mas, basicamente neste mundo temos um aplicativo (a autora não dá muitos detalhes de como funciona) que permite compartilhar a dor com outras pessoas. Ela dá vários exemplos de como isso é possível: você pode transferir toda a dor de uma pessoa para outra, pode transferir para várias pessoas, ou pode trocar a dor de uma pessoa para outra. Na narrativa, Ann é uma advogada que nasceu com uma doença congênita nas articulações que lhe causa muitas dores. Ela precisa dividir suas dores com alguém para poder funcionar adequadamente em sociedade. Ela ou divide com seu marido ou com sua mãe. Sua mãe, Penny, é uma professora. No começo, Lionel, o marido, precisa viajar para resolver uns problemas e pede a Penny que divida as dores de Ann por um dia. Mas, o problema é que nesse mesmo dia Penny teria que dar aulas importantes. Ela acaba cedendo e isso acaba fazendo com que ela faça uma reflexão sobre sua vida.


Só vou falar de um tema só. O quanto esse simples dispositivo mexeu com a relação entre mãe e filha. É incrível isso. A gente pensa que uma mãe faria qualquer coisa por uma filha ou um filho. Mas até que ponto isso é verdade? Qual é o limite que podemos esticar essa corda? Nessa narrativa emocionante, a ligação entre Ann e Penny é muito próxima, talvez mais ainda por conta dessa dor compartilhada. A necessidade do sacrifício da mãe por sua filha coloca em xeque a própria saúde da pessoa mais velha. Penny é uma mulher independente e ativa e não se deixa levar pelas dores provocadas pela doença de sua filha. Claro que isso é desgastante e a gente percebe isso na maneira como Jo Walton descreve o quanto elas são debilitantes. Por outro lado, pense no seguinte: você pode se livrar da dor; basta apertar um botão e devolver a dor para a sua filha. Ser ou não ser egoísta? Esse conto é de uma profundidade terrível e só quem é pai vai realmente compreender aonde a autora quer realmente chegar.










Ficha Técnica:


Nome: A Burden Shared

Autora: Jo Walton

Editora: Tor.com

Número de Páginas: 19

Ano de Publicação: 2017


Avaliação:

Link de compra:

https://amzn.to/31IUVDk


Tags: #aburdenshared #jowalton #torcom #paisefilhos #doenca #compartilhar #familia #maternidade #ficcoeshumanas






0 comentário