top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar

Ponyo é uma peixinho dourado muito especial. Filha de um cientista e de uma deusa do mar. Quando ela encontra o jovem Sosuke, ela conhece Lisa, uma mulher triste e solitária após a perda do marido. Quando Ponyo lambe uma ferida de Sosuke, ela passa a poder se transformar em uma garotinha.

Sinopse:


O garoto Sousuke encontra um peixinho dourado preso em uma garrafa e decide libertá-lo, sem saber que se trata da deusa do mar Ponyo. Filha de um poderoso mago, ela se comove com a atitude do menino e usa a magia do pai para se transformar em humana. Dessa forma, acredita poder fortalecer a amizade com Sousuke. Porém, a substância de sua poção mágica pode colocar em risco o vilarejo onde mora o menino.




Quero antes de mais nada pedir desculpas pelo leve atraso nesta resenha. Infelizmente eu venho sentindo uma ressaca de Studio Ghibli nas últimas semanas e isso tem refletido nas minhas resenhas. Só consegui terminar de ver Ponyo hoje pela manhã. E, vendo Ponyo, eu fico feliz... eu recupero todo o meu entusiasmo de ver qualquer coisa do Studio Ghibli. Que animação linda; que animação simples e tão cheia de significados. Hayao Miyazaki consegue fazer coisas maravilhosas. Pensar que esta é uma das últimas animações do gênio por trás do Studio Ghibli me deixa até triste.

Ponyo é uma peixinho-dourada filha do cientista Fujimoto com a deusa do mar Gran Mamare. Durante uma de suas escapadas para conhecer o mundo, ela se encontra com Sosuke, um menino muito esperto que vive no farol no alto de uma colina. Sosuke é criado por Lisa, uma mulher atarefada que ajuda a cuidar de uma casa de idosos chamada Girassol. Lisa se sente muito solitária porque seu marido, Koichi, é o capitão de um navio e passa mais tempo no mar. Ponyo passa um tempo com Sosuke e após lamber uma ferida dele consegue se transformar em uma humana. Fujimoto vai atrás de Ponyo, só que esta foge de novo e volta para Sosuke agora como uma humana. Mas, Ponyo possui poderes incríveis e estes poderes colocam a Terra em risco. O único jeito de salvar a todos é Ponyo ser amada e desistir de seus poderes. E agora? Será que Ponyo descobrirá o verdadeiro amor?

Nessa reta final de resenhas do Ghibli, eu fico pensando nas vezes em que gostei de uma animação do estúdio. Sempre que eu olhava para a TV e eu nem sequer parava para olhar a hora ou me divertia tanto que abria um sorriso, era quando eu realmente gostava do que estava vendo. Isso aconteceu com O Serviço de Entregas da Kiki, Chihiro, Porco Rosso e Laputa. E mais uma vez aconteceu com Ponyo. Nossa, eu estou empolgado e feliz até agora. Pensar que o enredo é tão simples assim eu sinto vontade ainda mais de elogiar o trabalho de Miyazaki. Olhando depois de onde veio a inspiração para o enredo de Ponyo, eu fiquei pensando: "É... só podia ser coisa do Miyazaki mesmo". Ponyo é inspirado na história de "A Pequena Sereia" de hans Christian Andersen. Claro que Miyazaki deu o seu toque de magia e estranheza à história, mas nós percebemos que é típico dele quando vemos um peixe gigante com asas, medusas voadoras e trombas d'água no formato de peixes.

Para a criação de Ponyo, Miyazaki decidiu retornar às origens do studio Ghibli. Ele não usou elementos digitais para a composição das cenas. Todas as cenas foram feitas à mão o que ajuda a montar este ar de filme infantil. Mostrar a mente de uma criança em toda a sua imaginação foi o objetivo de Miyazaki em Ponyo. E o fato de ter feito a animação de maneira tradicional ajudou a realçar o trabalho de Toshio Suzuki. A recepção de Ponyo no Japão foi magnífica. Uma das melhores bilheterias do studio Ghibli e de uma animação japonesa no mercado doméstico. A versão em inglês de Ponyo foi distribuída pela Disney e contou com a dublagem de atores bem conhecidos do público como Cate Blanchet, Matt Damon e Tina Fey.

Eu preciso usar um parágrafo para falar sobre a trilha sonora. A cada nova animação, Joe Hisaishi consegue ficar ainda melhor. Ponyo tem uma trilha sonora linda e que se encaixa muito bem com as cenas da animação. A música que toca quando Ponyo segue o carro de Lisa e Sosuke correndo por cima dos peixes mostra todo o drama daquele momento (parece até uma cena de perseguição típica de filmes de ação). Ou quando a cena exige algo mais bucólico como quando Sosuke e Ponyo estão navegando no pequeno navio em direção à casa de idosos. Hisaishi consegue complementar muito bem o que Miyazaki tenta passar nas cenas. A tal ponto que eu não consigo imaginar a animação sem a música e vice-versa.

Um dos elementos de enredo usados por Miyazaki é o realismo mágico. Se em outros filmes, o diretor brincou com uma relação com este subgênero, aqui fica bem claro que nós podemos inseri-lo nele apesar de Miyazaki não ser (obviamente) um autor latino-americano. Mas é clara aqui, mesmo sendo uma animação mais voltada para o público infantil, a centelha da obra de um Jorge Luis Borges e de um Gabriel Garcia Márquez. A magia é tratada com muita naturalidade por personagens que vivem em um mundo real. Quando Lisa descobre que Ponyo era o peixinho dourado de Sosuke, ela simplesmente dá de ombros e prepara um chá. Depois ao sair de casa, ela comenta com Sosuke que ela está percebendo a presença de forças que ela não sabe explicar. Mas, a personagem demonstra muito respeito e compreensão pelas forças mágicas que cercam Ponyo. Eu evitei em outras obras mencionar o realismo mágico porque a trajetória de Miyazaki não incluía relações com esse tipo de histórias e é muito complicado situar alguém fora do universo literário latino-americano nesta seara. Mas, é impossível não colocá-lo aqui.

Diferentemente de "A Pequena Sereia", Ponyo não trata do amor de um homem por uma mulher, mas de um amor fraterno. Um amor entre irmão e irmã. A história mostra o total desprendimento de Sosuke. O menino demonstra seu amor pelos mais velhos que habitam a Girassol. E seu amor é recompensado pelo amor demonstrado por Ponyo. Chega a tal ponto que Ponyo faz o que ela pode para conseguir ficar ao lado de Sosuke e de Liza. Essa mensagem passada pela história é fantástica; não temos aqui a melhor adaptação do conto de fadas de Hans Christian Andersen, mas Miyazaki certamente pegou a essência do que o autor quis dizer.

Alguns outros temas são abordados ao longo da animação, mas Miyazaki acaba não dedicando a devida atenção a ele. Por exemplo, Fujimoto parece não gostar da humanidade porque esta estaria jogando muito lixo nos mares. Possivelmente este seria o motivo pelo qual o cientista sentiria tanto rancor da raça humana. Mas, ficou por isso mesmo. Ou não é trabalhado como Fujimoto e Gran Mamare se conheceram. Apenas que ela é uma deusa do mar que vem quando o cientista chama por ela. Mesmo com muitos furos no roteiro, Miyazaki consegue passar uma história bonita e interessante.

Ponyo é uma animação até subestimada no Brasil (vi poucos falando a respeito) e que é um dos trabalhos mais bonitos do estúdio. Com uma trilha sonora que beira à perfeição e cenários lindamente desenhados, Ponyo pode ser recomendado para todas as idades. Graças a esta animação recuperei o meu entusiasmo em assistir as animações restantes do Ghibli.

Volto na próxima semana!!

Ficha Técnica:


Nome: Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar

Diretor: Hayao Miyazaki

Produtor: Toshio Suzuki

Roteirista: Hayao Miyazaki

Livremente inspirado em A Pequena Sereia organizado por Hans Christian Andersen

Estúdio: Studio Ghibli

País de Origem: Japão

Tempo de Duração: 103 min

Ano de Lançamento: 2008





0 comentário

Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.