top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Hotel New Rose, de William Gibson

Uma história que podemos associar a uma espécie de Romeu e Julieta futurista. Um hacker chamado Sanjii acaba se vendo envolvido em uma guerra entre duas corporações. E ele encontrará um motivo para viver.



Na história, o narrador e sua parceira Fox fazem espionagem industrial. Grandes corporações como a Hosaka e a Maas pagam por seus serviços: geralmente eles pegam algum biólogo ou tecnólogo para que a corporação possa retirar informações sobre os últimos projetos da concorrente. A história se parece um pouco com um Romeu e Julieta no futuro, com os dois sendo parceiros e amantes. Sanjii é uma hacker que se alia a eles para extrair um biólogo desejado pela Hosaka que, no momento, trabalha para a Maas. O narrador é contratado para leva-lo até um laboratório na África para que ele continue suas pesquisas para a Hosaka. Não vou contar muito sobre a história já que várias surpresas esperam pelo narrador durante esse conflito entre as corporações.


Na minha opinião, Hotel New Rose é a essência do que Gibson acha que pode ser o futuro caso o capitalismo corra frouxo. É quase como um panfleto revolucionário. Para ele, as corporações representam o que existe de pior no capitalismo. Mostra como o sistema procura se beneficiar a todo custo dele para lucrar, não importando o que aconteça com aqueles que vivem à margem do seu punho de ferro. Durante os acontecimentos, vemos que, pelo biólogo ser da Maas, a Hosaka não se importa em matar aqueles ao redor do biólogo. Em uma cidade caótica do século XXI, os espiões industriais protagonistas do conto são meras peças de um imenso tabuleiro de xadrez.

E, nessa guerra corporativa, o amor pode se transformar de uma hora para outra. O amor de Sanjii pelo narrador consegue sobreviver a uma pilha de créditos? Ou a vantagens corporativas? Ou a um sem limite no fornecimento de drogas? Toda a ambientação feita por Gibson é claustrofóbica ao extremo. Mas, ao mesmo tempo, a prosa é completamente diferente de outras histórias. Apresenta um certo lirismo ao falar do amor do protagonista por Fox. E como as ações dela na metade da história o fazem se sentir entristecido. 


O desenrolar da história acontece de trás para a frente. O narrador se encontra cercado no Hotel New Rose esperando ser morto pelos assassinos da Hosaka. Durante essa situação ele descreve os acontecimentos que o levaram até ali. É um flashforward bem leve, apenas fazendo com que o narrador se torne o contador de sua história e apresente suas motivações. A escrita de Gibson não me incomodou nesse conto; reafirmo que o autor é um excelente contista porque faz com que sua escrita permaneça contida em um universo de poucas linhas ou páginas. 

Achei que Gibson contou um pouco de como ele se sente no mundo de sua época. O fato de o protagonista esperar matar ou se suicidar é a maneira como muitos revolucionários pensavam o mundo na década de 70. Mundo esse que era claustrofóbico e poderia acabar a qualquer minuto em um apertar de botão. E isso porque as grandes multinacionais não possuíam a amplitude que possuem no século XXI. Fiquei até curioso para ler Território Fantasma, um dos romances escritos por Gibson neste século. Hoje as corporações agem em todas as esferas de vida das pessoas. E a espionagem industrial continua correndo solta, vide a trilogia Blue Ant de Gibson que trata justamente desse assunto. 

Em 1998, Abel Ferrara adaptou Hotel New Rose para o cinema. Ele manteve quase toda a sequência de fatos do conto. Contou com Christopher Walken como Fox e o narrador ganhou o nome de X, sendo interpretado por Willem Dafoe. Abel Ferrara entendeu que Sanjii era uma japonesa e colocou Asia Argento interpretando a personagem. Já o renomado biólogo desejado pela Maas é interpretado curiosamente por Yoshitaka Amano (sim, gamemaníacos, é o mesmo de Final Fantasy). O filme teve pequena aceitação pelo grande público e foi considerado um filme B (como muitos filmes de Christopher Walken). Aqueles que desejarem ver o filme, ignorem completamente a capa e os pôsteres do filme: não é um filme pornô, é cyberpunk por incrível que apareça. Infelizmente Abel Ferrara aproveitou bastante da beleza de Asia Argento e fez algumas escolhas que prejudicaram muito a crítica do filme.




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.