• Paulo Vinicius

Resenha: "Truque na Manga" de Diego Mendonça

Três piratas espaciais tentam enrolar um poderoso ser que mantém um planeta como seu refém. Eles precisam de um item que está de posse da criatura. Mas, será que o blefe deles irá funcionar?



Essa é uma daquelas histórias que transbordam descontração. Brinca com clichês do gênero e não se assume com seriedade. Dá para entender por que o Diego Mendonça teve forte inspiração em Guardiões da Galáxia até porque a protagonista tem todo o jeitão do Star Lord. Se vocês forem levar a narrativa a sério, esqueçam. Essa é uma daquelas histórias que você desliga a mente e só se diverte mesmo. Ótimo entretenimento e eu gostei bastante do banter, da troca de farpas entre os personagens. A ponto de o autor brincar com o absurdo e citar os 12 trabalhos de Hércules. Em uma narrativa com piratas espaciais, com apenas uma terráquea no grupo em outro planeta. É tão nonsense que eu nem sei por onde começar. E é divertido pacas.


Temos um grupo de piratas espaciais que estão buscando um item para consertar sua nave. Este item está em uma caverna sendo protegido por uma criatura muito poderosa que controla todo um planeta. Ele funciona quase que como um deus local. Diva, a capitã do grupo decide blefar contra a criatura. Ameaça-a de destruição, chantageia e faz o possível para evitar o confronto embora esteja claramente intimidando-a. A criatura inicia todo aquele discurso clichê de supervilão poderoso que diz transformar todos eles em pó, que seu poder é o maior nessa região do universo, que é invencível. Enfim, vocês já conhecem a rotina. Só que os personagens começam a provocar e tirar uma com a cara da criatura. A ponto de deixá-la bastante irritada. E aí? Como essa confusão vai terminar?


Bem humorado, divertido. São dois adjetivos que colam bem nessa narrativa. Aqui não há grandes discussões sobre o destino da humanidade, ou quem somos no universo. É uma grande brincadeira com clichês do gênero. E é totalmente válido. Talvez alguns leitores não curtam a abordagem, mas para mim valeu a pena porque foi uma leitura que se situou entre duas leituras mais pesadas. A propósito, os piratas espaciais presentes aqui são os mesmos do conto Verde e Amarelo, de Multiverso Pulp vol. 2: Space Opera. Mostra que o autor está buscando aprimorar sua habilidade como escritor. E eu acredito que aqui ele foi mais feliz do que em seu outro conto. Talvez se ele permanecer nessa vertente de histórias possa vir a produzir materiais muito legais no nível de um Douglas Adams.











Ficha Técnica:


Nome: Truque na Manga

Autor: Diego Mendonça

Editora: Revista Trasgo

Número de Páginas: 27

Ano de Publicação: 2020


Avaliação:

Link de download


Tags: #truquenamanga #diegomendonça #revistatrasgo #piratasespaciais #clichês #blefe #humor #ficçõeshumanas







0 comentário