top of page
  • Foto do escritorAmanda Barreiro

Resenha: "Cem Anos de Solidão", de Gabriel Garcia Márquez

Marco da literatura latino-americana, Cem Anos de Solidão traz as histórias entrelaçadas da família Buendía na mítica Macondo, onde o maravilhoso coabita o peculiar dia-a-dia do povoado.

Sinopse


Edição comemorativa em capa dura de 50 anos de publicação da obra-prima de Gabriel García Márquez. Neste que é um dos maiores clássicos da literatura, o prestigiado autor narra a incrível e triste história dos Buendía – a estirpe de solitários para a qual não será dada “uma segunda oportunidade sobre a terra” e apresenta o maravilhoso universo da fictícia Macondo, onde se passa o romance. É lá que acompanhamos diversas gerações dessa família, assim como a ascensão e a queda do vilarejo. Para além dos artifícios técnicos e das influências literárias que transbordam do livro, ainda vemos em suas páginas o que por muitos é considerado uma autêntica enciclopédia do imaginário, num estilo que consagrou o colombiano como um dos maiores autores do século XX.





A Alma Latina


Cem Anos de Solidão, o clássico que redefiniu a literatura latino-americana ao inverter o eurocentrismo e exportar para o mundo, pela primeira vez, um bestseller; o romance que registrou, simbolicamente, os anseios e dores de um povo oprimido, colonizado e marginalizado; e que, por fim, entre alegorias, misticismos e duras realidades, conseguiu alcançar a essência carregada por toda a América Latina.


Elogios não faltam à obra de Gabriel Garcia Márquez, mas muitas vezes o peso do clássico afasta leitores acreditando estar diante de uma criação beirando o sagrado, tamanha a reverência atribuída ao autor e ao livro. É justamente pensando nisso que eu quero apresentar uma análise mais acessível e descomplicada.


Cem Anos de Solidão narra a história da estirpe Buendía ao longo de sete gerações, desde a fundação da cidade fictícia de Macondo até sua glória e posterior derrocada. Este é o primeiro desafio da leitura: conseguir distinguir cada membro da família (até porque os nomes se repetem o tempo todo), recordar quem é quem e descobrir o que cada um representa. É mandatório utilizar o auxílio de uma árvore genealógica; do contrário a leitura torna-se incrivelmente confusa e desgastante. Acredito que a maior parte das edições físicas possua uma imagem dos Buendía para consulta, mas, de qualquer forma, deixo uma aqui para que vocês possam se localizar.

Notem que a família Buendía é representada em vermelho na árvore genealógica. Apesar de parecer complicado, existe um padrão bem definido entre os personagens, especialmente no que diz respeito aos homens, mas ainda vou chegar lá.


A narração é feita em terceira pessoa e acompanha cada familiar, geração após geração. A escrita de Gabo é feita de forma tão intimista e desinibida que nos permite ter um olhar panorâmico sobre toda a família, nos apresentando as peculiaridades e as nuances de personalidade de cada um, suas motivações e ímpetos, seus medos e comportamentos repetidos. Certos e errados não existem: os personagens apenas são. Tudo é muito cru e verdadeiro em Macondo.


Aliás, precisamos falar sobre Macondo. Baseada nas memórias de infância de Gabriel Garcia Márquez, Macondo reúne uma porção de curiosidades, mas a verdade é que ela não existe de fato. Sua trajetória marca, de forma crítica e politizada, a representação da Colômbia. As ditaduras e as guerras que arrasaram a América Latina, os regimes políticos, a vida militar, a repressão e a miséria causada por um governo ausente e sucateado pelas grandes potências encontram ecos profundos nas palavras do autor em uma narrativa forte e muito comovente. Tudo isso permeia Macondo, muitas vezes através de símbolos requerendo certa sensibilidade para serem compreendidos, mas ali presentes e compondo toda a beleza de Cem Anos de Solidão.

Arte de Luisa Rivera para a edição comemorativa de 50 anos em espanhol.

Tudo é possível em Macondo. Pode chover durante quatro anos, onze meses e dois dias, pode-se conviver com fantasmas e memórias, pode-se viver por mais de cem anos ou pode-se morrer, cansar da solidão e retornar à vida. Nunca se sabe onde a fantasia começa e a realidade termina, e vice-versa, porque tudo ali é mágico. Os mitos caminham juntos ao dia-a-dia embrutecido e funcionam como (em uma análise muito superficial) a válvula de escape para uma dose insuportável de crueza e crueldade. O absurdo dá o tom à narrativa, provoca estranheza e até mesmo indignação, mas, afinal, não seria esse o objetivo de uma mente inquieta e apaixonada pela história do seu povo?


“O mundo terá acabado de se foder no dia em que os homens viajarem de primeira classe e a literatura no vagão de carga.”



A Família Buendía


Tão iguais e tão simbolicamente diferentes, os Buendía são uma família inesquecível. Aliás, passamos a nos sentir parte dessa "casa de loucos", como um parente assistindo a tudo de um patamar privilegiado. Assim conhecemos cada um.


A família Buendía já começa com um problema, uma espécie de pecado original: José Arcádio Buendía e Úrsula Iguarán são primos. O parentesco do casal contamina toda a estirpe e os lança num abismo de pecados, amores proibidos e reprimidos, medos e a maldição da solidão.


A maior confusão está entre os homens Buendía, todos José Arcádios ou Aurelianos. É fácil traçar um perfil padronizado entre eles, uma vez iniciada uma leitura atenta. Enquanto os José Arcádios são inventivos, impulsivos e visionários, os Aurelianos mantém-se introspectivos, inteligentes e sempre carregam em si uma centelha de dom sobrenatural. Deles, José Arcádio Buendía, o patriarca, é quem primeiro personifica a mitologia de Cem Anos de Solidão, o início da "insanidade" da estirpe, da inquietação na alma e no corpo.

Remédios, La Bella - Estátua em Aracataca, Colômbia.

Já as mulheres... Cada uma delas é um universo em si só. As mulheres movem a trama e funcionam como a espinha dorsal do romance, sustentando a casa, a família e a cidade. Úrsula, por exemplo, é a incansável matriarca, o mais próximo que pode haver de uma heroína para a história. É sua a primeira e a última palavra, a iniciativa e a execução, a força e a inteligência. É muito interessante ver como Gabo representou suas mulheres de forma tão moderna, muitas vezes desconstruindo a imagem subalterna e machista tão típicas do período e da cultura latino-americana. Quando inferiorizadas, logo percebe-se a crítica social por trás daquela construção. É o caso de Remédios, a Bela, cuja infinita beleza é também sua maldição, tão admirada e desejada por todos os homens.


O autor explora diversos papéis sociais femininos e seus estigmas, problematiza relações e lança um olhar crítico à dinâmica familiar tão comum à sua época: pais distantes, diálogos escassos e uma casa cheia de desconhecidos. Extrapolando as questões individuais observadas, percebemos claramente a representação da problemática macro no universo micro dos Buendía se estendendo à pesadas críticas sociais, culturais e políticas.

Arte de Luisa Rivera para a edição comemorativa de 50 anos em espanhol.

Gabriel Garcia Márquez foi uma das vozes mais expressivas da América Latina e não há o que se falar da genialidade de sua prosa que já não tenha sido dito. A experiência de ler Cem Anos de Solidão é indescritível e, sem dúvidas, muito pessoal, lançando nuances diferentes sobre o leitor a cada fase da leitura, oras conversando de forma mais direta, oras mais distante, mas sempre impactante e transformadora.


Cem Anos de Solidão é, enfim, uma teia de acontecimentos simbólicos, familiares e sociais, políticos e, inevitavelmente, humanos, entrelaçados entre a realidade e a fantasia, o tangível e o absurdo, o grotesco e o belo. Sua narrativa é poderosa e complexa, cheia de interrupções e fugas à linearidade, mas sua mensagem perpassa qualquer dificuldade e torna-se parte indissolúvel do leitor, que, arrebatado pelas borboletas amarelas tal qual as personagens, nunca conseguirá se esquecer da magia de Macondo.


"Os filhos herdam as loucuras dos pais."





Ficha técnica:


Título: Cem Anos de Solidão - Edição Especial

Autor: Gabriel Garcia Márquez

Tradução: Eric Nepomuceno

Páginas: 432

Ano de lançamento: 2017

Editora: Record

Gênero: Realismo Mágico


Link de compra:

https://amzn.to/2YgRzGB








1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1件のコメント


Celso Mello
Celso Mello
2023年7月03日

Está resenha sobre Cem Anos de Solidão é muito apropriada. Lendo-a após a leitura do livro ajuda muito a concatenar as ideias, mensagens e intenções do autor. Realmente, como disse a resenhista, a leitura é "desconfortável" em algumas situações, principalmente em relação aos nomes que se repetem, mas isso não tira a excelência do livro. Parabéns pela resenha.

いいね!
bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.