top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "Cartas no Corredor da Morte" de Cláudia Lemes e Paula Febbe

Atualizado: 6 de jun. de 2019

Dois prisioneiros condenados à morte trocam cartas. Nelas, eles trocam confidências sobre seus assassinatos. Neste relato perturbador, vamos nos embrenhar nos labirintos da mente destes criminosos. 

Sinopse:


Dois serial killers no corredor da morte trocam cartas reveladoras sobre como praticaram seus crimes e como funcionam suas mentes doentias. O laço de cumplicidade entre eles se intensifica quando ambos planejam, mesmo trancafiados, uma nova e espetacular morte.

Cartas no corredor da morte é um livro epistolar escrito por Cláudia Lemes e Paula Febbe e violento tal qual a mente de assassinos em série. Nele, as autoras constroem e apresentam as lógicas distorcidas de criminosos que banalizam a vida humana em busca de uma falsa racionalidade.




A mente de um criminoso é tortuosa e repleta de concepções que não conseguimos entender. Sem dúvida alguma, eles não representam a normalidade do status quo. Eles entendem a realidade e a relação com as pessoas por um outro viés. O que para nós é abominável, para eles é justificável. Isso não os torna alienígenas, apenas pessoas que se libertaram do mundano e chegaram a um nível que os torna impróprios para conviver em sociedade. Gurniak e Love representam dois homens em um outro estado mental. 

Aliás, antes de começar, fica o meu aviso para o leitor: se você tem gatilhos relacionados a estupro ou situações violentas, não leia. É um livro forte que vai apresentar situações que envolvem sexo, sangue, violência. Se você também não estiver no momento psicológico adequado, também fica a minha sugestão de não encarar a leitura. Eu curti muito a escrita das autoras, e elas tem uma ótima visão sobre a psiquê de criminosos. 

A trama de Cartas no Corredor da Morte é bem simples e fácil de entender. São dois homens se abrindo um para o outro a respeito das suas experiências. São criminosos com mentalidades diferenciadas: Love possui uma mente liberta de pudores e suas experiências sexuais revelam um pouco desse lado; Gurniak é um homem em uma missão de "purificação". Enquanto que Love é um hedonista, Gurniak sai em busca de padrões para as coisas. Para ocorrer a salvação é preciso seguir um plano. E este plano envolve mortes e mutilações. Na mentalidade dele, é tudo em prol de um objetivo maior. A paranoia do personagem é tão forte que ele se coloca no papel de um messias salvador, que a partir de sua automutilação (um sacrifício necessário) ele se coloca a serviço de forças superiores. Para ele, o mundo se encontra em decadência e cabe a ele cumprir esse propósito. Em sua mente tortuosa, sua irmã Sophie é tudo o que existe de puro na humanidade. Não vou estragar a surpresa dos leitores, mas basta saber que Sophie funciona como uma figura angélica para a podridão transparente de Gurniak. 

Já Johnny Love é fruto de suas experiências ao longo da vida. Tendo sido estuprado cedo em sua vida, o personagem desenvolve uma visão aberta sobre sua sexualidade. Provavelmente ele não desenvolveu os diques que a sociedade coloca em nossos egos, nos impedindo de sermos totalmente livres com nossa sexualidade. Sua visão sobre seu corpo e como ele deve usá-lo é agressiva para nosso olhar repleto das concepções pudoradas de nossa sociedade. Mas, para ele, sua libertinagem é um ataque de volta ao mundo que o marcou. Uma coisa que teria sido interessante na visão de Love seria se as autoras tivessem focado mais nessa relação que ele teve com os frequentadores do sex shop. Sem dúvida alguma foi um momento marcante na vida do personagem. Representou uma transformação ao ver como o homem é hipócrita e contraditório em seu discurso. 

A história tem duas partes (não vou dar os nomes delas porque tenho receio de dar spoiler). A gente vê a relação entre os dois personagens surgindo de duas formas. Na primeira parte a relação é de Love sendo um homem submisso às vontades de Gurniak. A idolatria de Love por Gurniak o coloca de uma forma em que o personagem quer saber como funcionam os meandros da mente do outro. Em determinado momento, o personagem quase perde o contato com o outro ao tê-lo desagradado. Mas, pouco a pouco vemos essa relação se invertendo drasticamente. Na segunda parte é o contrário. É Gurniak quem precisa de Love por conta de alguns desdobramentos que acontecem na narrativa. E a forma como essa hierarquia funciona é que vai nos encaminhar em direção ao final. 

A escrita das autoras é sensacional. Pelo que eu entendi, cada uma incorporou um dos personagens. O engraçado: como eu já tinha lido um ebook da Cláudia Lemes, eu logo imaginei que Love fosse a parte da autora. Sim, elas escreveram cartas uma para a outra, e foram essas cartas que compõem a narrativa do livro. Logo, a escrita é feita de forma epistolar. Mas, tudo foi feito de uma maneira tão orgânica que esse é um daqueles livros que lemos em uma única sentada, tamanha a velocidade imposta pelas autoras. As palavras empregadas por ambas são muito bem encadeadas e o leitor consegue facilmente se envolver na narrativa. Podemos dizer que a história começa bem tranquila e aos poucos as autoras vão impondo o seu estilo. Passamos do hediondo até o grotesco em pouco tempo. E o melhor é que isso tudo funciona de forma natural para elas. Não há uma forçação de barra para iniciar um trecho mais violento. Nada disso. Os personagens enxergam a violência e a morte como coisas corriqueiras. Por essa razão eles conseguem transformar coisas comuns em ataques severos a uma pessoa. 

Fica também os meus parabéns à edição da Monomito Editorial que possui uma diagramação muito boa, fontes grandes. A revisão do texto está excelente. Não me recordo de ter encontrado erros de revisão (se teve, devem ter sido bem poucos mesmo). Essa é uma daquelas narrativas que o leitor precisa ir preparado: não é uma narrativa tranquila, com bastante tensão em alguns momentos. Mas, também mostra a qualidade da escrita tanto da Cláudia como da Paula ao fazer o leitor se importar e se envolver com estes personagens. 


Ficha Técnica:

Nome: Cartas no Corredor da Morte Autoras: Cláudia Lemes e Paula Febbe Editora: Monomito Editorial Gênero: Thriller/Suspense ​Número de Páginas: 128 Ano de Publicação: 2019

*Material enviado em parceria com a editora Monomito





0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.