top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "A Telepatia são os Outros" de Ana Rusche

Atualizado: 5 de abr. de 2022

Um local onde as pessoas passam por um treinamento de forma a abrir suas mentes e um produto capaz de propiciar o uso da telepatia. Em um romance repleto de mistério e misticismo, Ana Rusche nos leva a refletir o que nos conecta ao mundo em que vivemos.

Sinopse


“Uma casa se amarra pelo teto.”


Após a perda da mãe e sua demissão depois de quinze anos de trabalho em uma clínica de fisioterapia, Irene vê sua vida mudar significativamente aos 50 anos. O luto e a falta que sente da rotina fazem com que se sinta estagnada, perdida diante das decisões que precisa tomar para seguir adiante, até que uma súbita viagem ao interior do Chile põe Irene em contato com conhecimentos ancestrais de uma pequena comunidade rural e em meio a uma disputa internacional: um cientista americano está tentando patentear a telepatia!


“Mente na minha mente”


Entre conexões telepáticas, empanadas e intrigas, Irene terá pela frente uma jornada onde autoconhecimento e empatia se misturam quando se pode convidar os outros a partilhar de sua própria mente, e onde o poder da tecnologia sobre os modos de conexão entre as pessoas na era da internet é posto em xeque.




Uma personagem em busca de novos caminhos


Nossa protagonista é Irene, uma mulher de 50 anos que de uma hora para outra vê sua vida de pernas para o ar. Ela se dá conta que precisa se reinventar, buscar novos caminhos. E um convite inusitado de uma de suas amigas a coloca em um lugar inimaginável para ela. Sua amiga havia desistido de uma espécie de retiro espiritual em um lugar afastado do Chile e lhe repassou a viagem. Se trata de um lugar aonde as pessoas aprenderiam a entrar em contato com o seu interior e rever seus conceitos sobre a vida. Irene segue até lá, disposta a tentar algo diferente. Um programa de seis semanas com palestras e workshops parece ser algo relaxante para ela. Mas, durante sua estadia ela descobre que os membros da comunidade usam uma substância capaz de fazê-las ler os pensamentos uns dos outros, como se todos compartilhassem de uma mesma consciência.

"Aos 50, as pessoas não se preocupam mais se você vai ser mãe, se você irá casar. Muito menos se terá crianças. Aos 50, tudo bem não ter namorado, ficar em casa sempre cuidado da própria mãe. Afinal, aos 50, as pessoas perguntam somente sobre a saúde da sua mãe."

Conhecemos também Paco e Lucía, outros membros dessa comunidade que se tornam próximos de Irene. Lucía é alguém com mais tempo na comunidade, cuja consciência se tornou muito expansiva devido a uma habilidade natural. Uma espécie de empatia própria da personagem. Paco é alguém preocupado com a difusão dos conhecimentos das técnicas de telepatia para fins comerciais (isso é o que achamos a princípio). Existem outros personagens como María, uma das professoras do retiro e possui segredos misteriosos a seu respeito. No geral os personagens são bem conduzidos e possuem características e personalidades únicas. Os problemas deles acabam se tornando a mola propulsora da história. Cada um deles precisa resolver algumas questão particular como Irene e seus novos rumos ou Lucía que é uma pessoa insegura acerca de si mesma.


Me incomodou um pouco o fato de a Ana ter espalhado demais a narrativa entre os personagens. A gente começa a narrativa achando que vamos seguir os dilemas de Irene em sua viagem para o Chile. Mas, rapidamente vemos que isso não é o caso, e a história acaba se focando principalmente em Paco e Lucía. O resultado é que não há um foco em um só plot, mas em vários e isso prejudica o resultado final. A Telepatia são os Outros é uma novella, ou seja, um gênero limitado por uma quantidade específica de palavras (normalmente se situa entre 90 e 240 páginas). E isso acaba obrigando o autor a ser sucinto em alguns pontos como desenvolvimento de personagens, estabelecimento de tom e condução da narrativa. No caso aqui, a história precisava de algumas páginas a mais para trabalhar melhor os personagens e fechar pontas soltas.

"A classe observa em silêncio. O jornal sacrificado ao fogo é carcomido pelas labaredas. Primeiro pelas pontinhas. Termina embaralhando as letras e libertando aquelas moléculas de verdades constrangedoras aos ares. Um fogaréu. Apaga-se em pontos incandescentes, em fuligem."

Uma pequena vingança


Eu adorei a escrita da autora. Linda, poética e delicada. Não tem como você não se encantar pelos parágrafos tão bem construídos por ela. Às vezes, a concentração em conduzir a narrativa age em detrimento da escrita. Tal não é o caso aqui. A preocupação com um tom reflexivo (e algumas vezes crítico) é a marca da autora. Isso se reflete em diálogos que ajudam a construir os personagens, estabelecendo-os como introspectivos, alegres, misteriosos. Já a parte descritiva nunca passa do ponto e nos faz realmente acreditar que o tema da história é real (ou será que é, hein?). A narrativa é em terceira pessoa, mudando o seu foco de acordo com a necessidade da autora em apresentar algum ponto do plot. Os capítulos são de tamanho mediano, porém, a escrita da autora é tão gostosa que as páginas vão passando rapidamente sem nos darmos conta.


O tema principal é a telepatia. E quando eu vi qual seria a temática, logo franzi o cenho. Fazia tempo que a telepatia não era encarada como um tema sério na ficção científica. A gente até tem algumas exceções como no caso de Interferências, da Connie Willis, mas esse era um poder mais explorado na Era de Ouro do scifi (nas décadas de 1950 e 1960). Imaginei aqui que ou a Ana Rusche fazia algo inovador ou ela iria tentar alguma coisa retrô. E qual não foi a minha surpresa que ela optou pelo primeiro caso. Diga-se de passagem ela realmente conseguiu entregar algo inovador. Ao perceber o quanto a humanidade hoje precisa se relacionar um com o outro, ela encontrou uma boa maneira de encaixar a telepatia nesse dilema pós-moderno. E ela avança um pouco mais além no final da narrativa ao propor uma forma curiosa de acessarmos uma vasta gama de informações.

"O contato é fugido, uma onda de agitação vinda de Lucía. Irene respira firme e procura tranquilizar a outra, tranquilizar-se, ensaboa os cabelos e fecha os olhos sob a água. O coração galopa com a conjunção estranha. Do outro lado, Lucía emana uma onda de suavidade. Então, arisco como surgiu, o vínculo se desfaz."

O curioso de tudo é que o antagonismo surge de uma vingança tola. De alguém que, para um determinado personagem, o ofendeu de uma forma que o outros não compreenderam como tal. Fica a reflexão de o quanto os sentimentos negativos que nutrimos pelo próximo podem agir em detrimento do bem alheio. A vontade de ser notado, de amar e ser amado. Esses sentimentos podem agir nas duas direções do espectro. A autora consegue captar isso, nos colocando não diante de um vilão, mas de uma pessoa que, por seu comportamento mesquinho, coloca tudo a perder. Fica óbvio logo de cara que esse(a) personagem vai ser o ponto de inflexão da narrativa. Isso é bem previsível. Mas, o que me deixou surpreso foi a razão pela qual ele conduz suas ações.


A Telepatia são os Outros é o primeiro livro da coleção Universo Insólito, uma nova aposta da Editora Monomito que vai trabalhar com temas de ficção especulativa. Teremos fantasia, ficção científica e terror. A partir desta primeira leitura já é possível perceber como será o foco dessa coleção. Leituras envolventes, instigantes, retomando ou não temas que eram clichês e os reapresentando a leitores contemporâneos. Recomendo a todos os que gostam de uma boa história a leitura dessa pequena pérola.


Ficha Técnica:


Nome: A Telepatia são os Outros

Autora: Ana Rusche

Coleção Universo Insólito vol. 1

Editora: Monomito Editorial

Gênero: Ficção Científica

Número de Páginas: 120

Ano de Publicação: 2019


Link de compra:


*Material enviado em parceria com a editora









Commentaires


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.