top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "A Busca Onírica por Kadath" de H.P. Lovecraft

A busca de um homem por uma lendária cidade depois do pôr do sol o levará aos recantos mais sombrios do mundo dos sonhos. Randolph Carter irá conhecer de perto males ancestrais.

Sinopse:


A busca onírica por Kadath pertence ao Ciclo dos Sonhos e é protagonizada por Randolph Carter, o alter ego de Lovecraft. Depois de sonhar com uma fabulosa cidade ao pôr do sol e de acordar sem ter contemplado a grandeza do maravilhoso panorama criado por sua fantasia, Carter pede a permissão dos deuses da terra para visitar a cidade. Para cumprir a jornada, ele mergulha no mundo dos sonhos e empreende uma jornada repleta de perigos em busca de Kadath. A novela nasceu durante o embarque de Lovecraft em seu período declaradamente "dunsaniano", devido às peças de teatro e obras de fantasia do irlandês Edward John Moreton Drax Plunkett, mais conhecido como Lord Dunsany. O autor de A busca onírica por Kadath maravilhou-se ao perceber inúmeras semelhanças estilísticas e temáticas entre as obras do barão e seus próprios escritos incipientes — semelhanças entre as quais se encontrava "a incrível aptidão para criar nomes próprios musicais, atraentes e maravilhosos" que mais tarde atribuiria ao fantasista irlandês.




Essa não é a minha primeira experiência com Lovecraft. Já havia lido O Chamado de Cthulhu em outra oportunidade e a história também não havia batido com o meu gosto literário. Sofri até mesmo com o estilo de escrita que fez com que um conto simples demorasse muito mais tempo para mim. Enfim, antes de lerem a minha resenha, saibam que ela foi afetada demais pela minha experiência de leitura que foi péssima. Em nenhum momento eu me senti à vontade lendo o autor. Não sei responder se foi a escrita do autor mais antiga (apesar de eu adorar histórias góticas... Mary Shelley é uma das minhas autoras favoritas), se foi a tradução que não estava boa ou se eu não estava em um bom momento para ler este livro. Ou uma conjunção de fatores.

A resenha que segue é apenas da novella A Busca Onírica por Kadath. Pretendo fazer uma outra postagem falando sobre os contos que estão nesta edição da Hedra.

O autor nos apresenta um personagem que segue uma busca por uma cidade mítica após um lugar chamado Kadath, onde vive um terror antigo. Somos guiados pelo personagens por lugares assustadores onde criaturas como gugs, ghouls e shantaks habitam a cada esquina. Ou seja, estamos diante de uma jornada fantástica onde somos apresentados a esses lugares e o autor aproveita para construir a mitologia por trás de seu mundo. Ao longo do percurso o protagonista passa por uma série de dificuldades e precisa ultrapassar diversos obstáculos. O que podemos ver no romance é um enredo de uma jornada por um lugar obscuro e repleto de perigos, algo que estava bem na moda na época em que Lovecraft publicou a novelleta. Jules Verne já havia tentado isso em obras Viagem ao Centro da Terra. A diferença é que o autor inseriu elementos de terror e abstração ao que experimentávamos durante a narrativa.

A ambientação é criada de forma a causar confusão no leitor. Por se tratar de um lugar onírico, um mundo dos sonhos, tudo é criado com algum tipo de simbologia ou significado ulterior. Então, por exemplo, nós encontramos os ghouls que são criaturas corcundas que devoram os mortos, os noctétricos, criaturas voadoras que levam suas presas até o seu amo, um dos Outros Deuses. Sejam as catacumbas que ficam nos planos inferiores, à planície de Leng ou até o palácio de ônix, tudo tem algum tipo de significado: medo, pavor, morte, terror, apreensão. Símbolos esses representados pelas criaturas com quem Carter interage ou os lugares que ele percorre. Ao mesmo tempo em que a ambientação é muito boa, eu a achei confusa. Ao longo de toda a narrativa, o autor se perde remetendo momentos da jornada do personagem a histórias insólitas deste mundo onírico. Cita lugares e pessoas, sem termos tempo de nos acostumarmos à sua escrita ou à jornada de Carter. Em vários momentos, algo que era para ser uma descrição de uma situação ou de um acontecimento se torna um fluxo de pensamento enlouquecedor do qual vamos levar várias páginas para nos recuperar. E todas essas referências em nada contribuem com a jornada do personagem.

A escrita de Lovecraft é feita em terceira pessoa a partir do ponto de vista do Carter. Acompanhamos sua jornada como se fôssemos seus olhos e observássemos suas ações. Estamos diante de um discurso indireto onde não há diálogos, salvo em alguns momentos em que ele cita determinadas falas (ele vai citar algumas lá no final). A novelleta não tem separações ou subseções, sendo um romance escrito de forma direta. Isso me incomodou porque acaba não criando espaço para o leitor respirar um pouco antes de continuar a trama. Não temos separações de cena, ou trocas de ângulo. São 118 páginas de escrita pura, descritiva e direta. Para mim, apesar de ser um romance pequeno, foi bem cansativo. Uma escrita bem pesada e carregada; nesse sentido não sei dizer se se trata da escrita do próprio Lovecraft ou da tradução. Até penso em pegar a tradução da DarkSide para saber se existe alguma diferença entre versões.

Não há bem uma construção de personagem. O que vemos é que o protagonista não muda muito ou se desenvolve ao longo da narrativa. Isso não é uma falha, já que a proposta das narrativas de jornada é apenas apresentar a jornada em si. Nos escritos contemporâneos é que a ideia de jornada se confundiu com a noção de jornada do herói. Quem ler qualquer romance de Jules Verne vai se tocar desse detalhe: os personagens não evoluem psicologicamente, sendo apenas a sua jornada que chega ao fim de alguma forma. Por outro lado, Carter segura bem a trama em torno de si e até vemos a presença de algumas menções feitas a outras histórias e contos de Lovecraft como o fato de Carter ter salvado um gato em outra história, ou o encontro com Pickman, personagem oriundo de outro famoso conto do autor, O Modelo de Pickman.

Enfim, eu espero que os fãs do autor não fiquem chateados comigo. É simplesmente que a narrativa não funcionou para mim. O motivo não vou saber dizer. Eu queria aquela sensação de medo e apreensão que vemos em outras histórias como O Chamado de Cthulhu ou o pavor cósmico de O Modelo de Pickman. Tal não se sucedeu aqui e admito que foi uma leitura bem arrastada. Não recomendo o conto para quem quer começar a ler Lovecraft. Para tal existem histórias mais acessíveis como Nas Montanhas da Loucura ou O Terror que Veio do Espaço.


Ficha Técnica:

Nome: A Busca Onírica por Kadath Autor: H.P. Lovecraft Editora: Hedra (no Brasil) Gênero: Terror Número de Páginas: 170 Ano de Lançamento: 2008 (no Brasil)

Link de compra: https://amzn.to/2CfGLz1






6 comentários

6 comentarios


Bruno Lerman
Bruno Lerman
24 oct 2022

O cara do "Sandman"né. Tá na hora de largar o Stephen King...

Me gusta

Bruno Lerman
Bruno Lerman
24 oct 2022

Cara, ele criou do nada um Universo de pesadelo! Celephais tem a ver com essa história, é mais curta e "palatável". O estilo às vezes enche o saco mesmo, mas não há autor que se compare a ele. Isso não é um elogio, muito menos uma crítica. Lovecraft é singular e acho que o fato de ele ter sido resgatado após décadas diz muito sobre nossos tempos.

Me gusta
Bruno Lerman
Bruno Lerman
24 oct 2022
Contestando a

Ele fez um tributo ao "Guia do Mochileiro das Galáxias". Mais um monte de coisas. O trabalho dele remete ao Joseph Campbell!

Me gusta
bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.