top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

Resenha: "Às Moscas, Armas" de Nelson de Oliveira

Uma coletânea de ficções relâmpago de Nelson de Oliveira que misturam problemas do cotidiano até situações insólitas. São pequenas pílulas de reflexão para que possamos pensar sobre alguns temas.



Sinopse:


Shakespeare dizia que somos feitos da mesma matéria dos sonhos. Aproveitando o lampejo do bardo britânico, garanto que os contos de Nelson de Oliveira reunidos nesta coletânea são feitos da matéria mais pura que existe no universo: os sonhos da infância. Às moscas, armas! é uma coleção de pessoas normais em situações insólitas, de pessoas insólitas em situações normais e de pessoas insólitas em situações insólitas. Vinte e quatro ficções breves, duas dúzias de sonhos lúcidos que desvelam a maquinaria mirabolante da realidade. Cuidado com o que você desconhece! Forças transformadoras coordenam este mundo, subvertendo tudo de fora para dentro. Se você acha que está seguro, bendita seja tua santa inocência. É melhor não ler este livro.




Múltiplos olhares sobre o cotidiano, que pode ou não ser insólito


O gênero da flash fiction ainda é pouco explorado pelos escritores brasileiros. Vejo mais este gênero em colunas de jornal ou em algumas revistas. Por isso, não me é estranho que um escritor como Nelson de Oliveira saiba explorar muito bem histórias desse tipo. Alguém que tem uma veia jornalística em sua escrita consegue ser capaz de escrever narrativas interessantes mesmo em tamanhos reduzidos. A flash fiction (ou ficção relâmpago ou miniconto) é um gênero que não permite muito o desenvolvimento narrativo ou de personagens porque ela se estrutura em no máximo 1000 palavras. O autor precisa ser capaz de entregar sua mensagem de uma forma concisa e direta. Não digo que todos os contos dessa coletânea sejam flash fictions (até porque não creio que o Nelson tenha se imposto essa limitação, em específico), mas acredito que ele tenha se proposto a escrever micro contos que fossem o mais diretos possíveis.


São pequenas pílulas narrativas que se debruçam sobre uma diversidade de temas. Como o próprio autor aponta no final do livro eram contos espalhados e que foram publicados em diversas revistas e acabaram reunidos em uma coletânea. Portanto, eles não seguem nenhuma temática específica. Tem contos estranhos como Ah! onde os personagens se transformam em bolas luminosas saltitantes que acabam infectando outras pessoas assim que entram em contato. Ou seja, o insólito é enxergado como normal ou acidental e o narrador apenas segue descrevendo aquilo que está acontecendo.


Tem ótimas críticas aos leitores e ao mercado editorial como em Daltonismo e Inveja. No primeiro Nelson critica os leitores que acabam se posicionando especificamente sobre algo que ele não sabe se o escritor quis dizer. Rixas como a de Capitu (se ela traiu ou não Bentinho) que já se tornaram lendárias. Ao invés de apreciar a escrita de Machado de Assis por aquilo que ela é, o leitor acaba se envolvendo em uma insossa disputa que não leva a lugar algum. Ou Inveja onde ele descreve a estranha relação entre o Escritor Que Não Sabia Escrever Bem e O Escritor Que Sabia Escrever Bem. A analogia é ótima e, mesmo sendo feita de uma maneira clara, ainda funciona sutilmente.


Outros são verdadeiras experiências de escrita como Quinze Minutos e Avenida Rashomon. No primeiro, Nelson mostra um dia comum na vida de dez funcionários de uma empresa que possuem quinze minutos de intervalo para uma refeição. O autor mostra esse dia se repetindo diversas vezes com apenas algumas variações. A repetição serve para mostrar como isso se torna algo monótono e vazio depois de algum tempo. As variações narrativas no dia de cada um são mínimas, seja com uma troca de refeição, seja com um acontecimento extraordinário, seja com um tempo menor. Essa experiência mostra ao leitor como trabalhar repetições de uma forma interessante (exige até um pouco de observação da parte deles). Já Avenida Rashomon simplesmente são pontos de vista acerca de um mesmo acontecimento. Em um parágrafo. Digamos que um detetive está fazendo um recolhimento de testemunhos sobre um atropelamento. Mas, cada um fornece um relato diferente do que aconteceu. Ao final, o que o detetive consegue assimilar é uma versão bizarra de telefone sem fio.


Não quero entregar muito mais sobre os contos porque eles podem ser aproveitados em qualquer ordem e lidos até mais de uma vez (eu recomendo!) para captar a essência do que Nelson de Oliveira quer dizer. Em alguns momentos ele é capaz de escrever algo simples e direto, enquanto em outros a mensagem está mais escondida dentro do texto. Ou pode ter múltiplos significados. São vários contos e alguns deles vencedores de prêmios como O Homem Só. É óbvio que não dá para dizer que vamos gostar de todos os contos e quase todas as coletâneas são assim. Mas, certamente vai te dar bons momentos de leitura.


Ficha Técnica:


Nome: Às Moscas, Armas

Autor: Nelson de Oliveira

Editora: Link Editora

Gênero: Ficção Especulativa

Número de Páginas: 118

Data de Publicação: 2018


Link de compra:


*Material enviado em parceria com o autor








0 comentário

Kommentare


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.