• Paulo Vinicius

Diários de Quarentena: Letícia Santos (Parte 1)

Iniciamos um novo projeto que vai durar algumas semanas com o relato de duas alunas do Ensino Médio sobre as suas vivências nesse período de pandemia. Acompanhem as alegrias, as dúvidas, os questionamentos, as reflexões.



No mundo real, fora deste mundo literário que me absorve diariamente, eu sou um professor de História e Sociologia do ensino público no Estado do Rio de Janeiro. Já há alguns anos eu tenho um projeto de incentivo à leitura que começou como uma atividade voltada para alunos do ensino noturno que não tinham projetos sendo realizados para eles. No ano seguinte, eu e a agente de biblioteca Paula Martins sentamos e montamos um projeto de clube do livro recorrente juntos e já aí se passaram quase dois anos. Esse ano fomos impactados pela pandemia e o clube teve que parar já que as aulas forma suspensas. Não temos previsão ainda de retorno e mesmo que retorne, não sabemos ainda como serão as coisas.


O clube parecia estar morrendo aos poucos. O que eu procuro explicar nas redes sociais e as pessoas não entendem é que eu trabalho em uma região afastada da região metropolitana do Rio de Janeiro e mesmo assim, longe do centro do município onde moro. O meu público alvo é de adolescentes entre 14 e 20 anos (apesar de eu dar aulas para adultos também) que tem uma situação financeira mais delicada. Nem todos tem o poder aquisitivo para ter uma internet em casa. De um clube em que eu tinha 23 alunos no início do ano e tinha vários planos, hoje eu tenho 5 pessoas ativas no grupo de whatsapp. Então pensei em um projeto: que tal se eu propusesse aos membros do clube que registrassem o seu cotidiano, falando da sua relação com a leitura, da sua relação com a família, das dúvidas sobre o isolamento. Foi um projeto que durou seis semanas. Eu, a agente de biblioteca Paula e a autora Ana Lúcia Merege analisamos os diários que nos foram entregues e escolhemos um vencedor. Vamos estar publicando primeiro o diário da aluna que ficou em segundo lugar no projeto que vai receber duas semanas de publicação e o da primeira colocada que vai receber quatro semanas.


Só um detalhe: Como editor, eu ficaria tentado a corrigir os erros de concordância e português delas, mas isso acabaria tirando um pouco da autenticidade da escrita das meninas. Por essa razão, peço aos leitores que entendam que se tratam de escritoras em formação ainda e portanto ainda não possuem alguns tiques e macetes de autores mais experientes. No mais, me sinto realizado com esse projeto e feliz de ter alunas tão talentosas e expressivas.


________________________________________________________________________


Domingo, 03/05/2020


Me sinto como a Anne Frank escrevendo um diário, não estou escondida mas estou em quarentena. Sempre tive vontade de escrever um diário, agora eu posso colocar essa vontade em prática. Vou contar como foi meu domingo, que foi muito divertido. De manhã eu acordei cedo, ajudei a minha mãe e fiz algumas coisas em casa. Lá para meio dia eu fui para casa do meu namorado, ele mora na outra rua é superar perto da minha casa. A gente ficou na rua com nossos amigos soltando pipa, corremos atrás de pipa e perdemos umas 3 também. Conversamos e rimos a tarde toda, depois eu voltei para casa e meus tios estavam no terreno que é em frente a minha casa, resolvi ficar um pouco com eles já que eu vivo no quarto. Quando estava escurecendo eles foram para casa e eu entrei, fiz o que tinha para fazer e joguei a noite toda até 01:00 e depois fui dormir. Esse foi meu domingo e a primeira vez que escrevi no diário.

Terça feira, 05/05/2020


Ontem foi segunda e eu não fiz nada, apenas as atividades da escola o que tá sendo bem complicado porque os professores estão passando muita coisa e não tô dando conta. Hoje foi terça, fiz as obrigações de casa e estou feliz por meu cachorro Scooby ter melhorado. Ele estava muito triste e não queria brincar meu pai levou no veterinário e a moça disse que ele estava com catarro no pulmão. Mas já faz uns dias que meu gato Tomtom morreu e ele era muito próximo do Scooby, acho que isso afetou ele e fez ele ficar triste. Eu também fiquei arrasada, meu gatinho foi embora não gosto nem de lembrar. Mas então, continuando a contar meu dia, meu namorado o Luiz veio para minha casa e ele faz curso no Senai, então quase todos os dias ele vem para cá e estudamos juntos só para não ficarmos entediados com as aulas. À noite ele foi embora, eu joguei um jogo de computador chamado PxG.

Quarta feira, 06/05/2020


A minha quarta feira não foi muito agitada, estamos de quarentena quase não tem muito o que fazer. Hoje os meus pais foram trabalhar o dia todo e como eu fiz as coisas de casa ontem, acordei um pouco mais tarde kkkkkk Acordei quase na hora de fazer os trabalhos da escola, então tomei café, joguei um pouco e depois esperei os trabalhos chegarem. Aaaah! Saudade da escola pois não tinha tantos trabalhos para serem feitos. Quando acabaram e eu fiz o que deu, eu fui ler um pouco de mangá, atualmente eu leio Tokyo Ghoul:re e Wotakoi - O amor é difícil para otakus são meus preferidos, e estão me falindo também.

Quinta feira, 07/05/2020


Hoje é aniversário do meu irmão, ele fez 8 anos. Me pediu presente mas minha mãe não me deixa sair para o centro então quando tudo isso passar a gente sai e vai no cinema juntos. Domingo vamos comemorar o aniversário dele, fazer um bolinho e uns salgados só para gente e os meus únicos tios que moram aqui. A noite choveu bastante e acordei com muito frio, mas estava um dia muito gostoso então eu fiquei vendo série o dia todo. A noite eu fiz alguns trabalhos e fiquei jogando depois. Esse corona vírus chegou e mudou o mundo. Eu tava juntando um dinheiro para ir ver um filme no cinema que seria lançado em 30 de abril e olha que loucura, não podemos nem ir ao mercado. Isso é muito assustador porque nossas vidas podem mudar em um segundo.

Sexta feira, 08/05/2020


Acordei com muitooooo frio, o tempo mudou e está muito gostoso!! Eu lavei o cabelo nesse frio pois ele estava um pouco sujo e é muito bom ver meus cachinhos, vai fazer um ano esse mês que fiz a transição capilar e ele já está todo enroladinho, são meus bebês. A tarde eu fui para casa do Luiz e ficamos em frente a casa dele estudando porque eu tava com muito frio e queria aproveitar o sol, além da saúde também! A mãe dele fez esfiha e estava muito boa. Depois voltei para casa e fiquei vendo algumas fotos antigas e nelas tinham fotos dos meus avós e meu cachorro que morreram, eu chorei mas depois pensei que eles estão em um lugar melhor, mas ainda sinto muita falta deles e de todos os que eu perdi. E termino minha noite jogando com minha gatinha chamada Pretinha, ela está com frio e veio pro meu quarto, tá dormindo desde a tarde.

Sábado, 09/05/2020


Hoje foi um dia feliz. Eu namoro a 3 anos e alguns meses e hoje ganhei uma aliança de compromisso, pode parecer coisa boba mas para mim é importante e me sinto feliz por isso. Amanhã será a comemoração do aniversário do meu irmão, e dia das mães. Estou animada para ajudar minha mãe e pôde passar um tempo com ela...espero que ela fique bem porque minha vó morreu no natal e sentimos muito a falta da minha vó. Eu não fiz muita coisa mas foi um dia agradável e feliz.

Domingo,10/05/2020


Hoje foi um dia louco! Eu acordei cedo porque era festa do meu irmão e tinha que ajudar a minha mãe, passei o dia todo com ela fazendo as comidas e isso foi bom, afinal era o dia das mães. Ela precisou de algumas coisas e eu tive que ir ao mercado e foi muito sinistro. Eu cheguei lá e só está entrando de máscara então eu já levei a minha, tinha um moço na porta colocando álcool em gel. O mercado estava cheio demais e eu fiquei com muito medo, então tentei pegar as coisas que minha mãe queria rápido. Enquanto eu tava na fila só pensava em como tudo isso surgiu rápido, as máscaras, o distanciamento nas filas, a quarentena, tudo isso me assusta porque e se isso não acabar logo? A gente vai viver assim até quando? Depois do mercado eu voltei para casa e fiz a higienização em mim e nas compras. Trabalhamos a tarde toda fazendo os preparativos e a noite foi a festa, foi bem divertido a gente brincou da dança da cadeira e comemos muitoooooooo. Eu fiquei feliz pois meus únicos tios estavam aqui conosco, contarei sobre eles outro dia.

Segunda feira, 11/05/2020


Eu acordei tarde porque dormi tarde ontem, esse é o bom da quarentena mas preferia está me arrumando para ir a escola porque eu não aguento mais tanta matéria que os professores passam. De tarde minha mãe chegou do trabalho. Ela trabalha em trailer que vende jantas na praça do meu bairro, mas hoje ela trabalhou na casa da mulher lavando o que sujou do trailer, tenho muito orgulho da minha mãe porque ela tem problemas de saúde mas não desiste de ganhar o próprio dinheiro. Já anoitecendo eu e minha mãe ouvimos um latido de um cachorrinho que parecia estar pedindo ajuda, pegamos ele e ele estava faminto, demos bastante água, leite e um pouco de comida, deixamos ele em uma mini casa que tem no quintal e ele parece ter epilepsia, foi horrível ver ele tendo convulsões o tempo todo. Ele era da vizinha que faleceu, porém a filha dela vem dia sim e dia não para cuidar dele, mas não sabíamos que ele estava tão doente. Colocamos em um cômodo sem móveis porque depois das conclusões, ele levantava e batia a cabeça em tudo. Espero que ele fique bem e que ela consiga cuidar dele melhor que a gente…

Terça feira, 12/05/2020


Tive uma noite horrível por causa do cachorrinho, ele chorou a noite toda e a gente não podia fazer nada para parar o sofrimento dele, foi angustiante. De manhã levamos ele para a vizinha e explicamos o que houve, ela já sabia que ele tinha aquelas crises e disse que não era só ele, tinha a cadela e mais outro filhote com os mesmo sintomas, ela falou que estava dando um medicamento mas não sabia se estava realmente ajudando. Depois disso, voltei para casa e fiquei fazendo alguns trabalhos, meu namorado veio para cá e depois das aulas a gente ficou assistindo série The Walking Dead, é boa mas morre muito personagem então não é bom se apegar a eles. Depois que ele foi embora eu fui assistir televisão, e vi uma reportagem no jornal como algumas pessoas estão ajudando as que necessitam nesse momento difícil, graças a Deus ainda existem pessoas boas e pessoas que não tem muito mas dividem o que tem. Quando eu for maior e tiver um trabalho espero conseguir ajudar as pessoas que necessitam ao meu redor.

Quarta feira, 13/05/2020


Hoje foi dia de faxina na casa foi cansativo mas depois que a gente ver tudo limpinho e cheiroso ver que valeu o esforço. Assim como a maioria dos dias a tarde e a noite eu não faço muita coisa, as vezes eu leio, e quase sempre jogo. Eu vou contar um pouco sobre mim para que não fique um dia chato. Eu sou Baiana e vim para o Rio de Janeiro com 7 anos, nós mudamos porque na Bahia não se tinha muitas oportunidades e aqui o meu pai tinha conseguido um trabalho que podia nos manter razoavelmente. Assim que chegamos minha mãe descobriu que estava grávida, foi uma grande felicidade para a família e eu também fiquei feliz de ter mais um irmão. Meu pai batalhou e ralou muito para conseguir comprar um terreno e construir a casa, eu lembro que tinha dias que eu não o via pois ele pegava turno de dia e noite, naquela época ele pegou uma doença que os pelos da barba e do cabelo caiam de cansaço e estresse, depois que ele conseguiu construir a casa ele pôde descansar um pouco e melhorou. Nos mudamos com apenas dois quartos e o banheiro pronto, seria melhor se mudar logo para não continuar pagando aluguel, meu irmão já tinha nascido e já estava grandinho, depois disso nossa vida melhorou até a crise no país chegar e o meu pai perder o emprego...ele é um homem sábio e decidiu investir em ser autônomo, comprou um caminhão pequeno para fazer frete e é isso que nos sustenta até hoje!! Somos muito felizes porque conquistamos muitas coisas, e eu acredito que se estivéssemos na Bahia não teríamos conseguido o que temos aqui.

Quinta feira, 14/05/2020


Ontem de noite choveu e hoje amanheceu bem frio, ainda estou preocupada com os cachorros espero que eles estejam melhorando, meu desejo é de ajudar mas eu não tenho condições para isso. Como eu havia dito, meu pai é autônomo e ele trabalha com fretes e mudanças, eu tenho medo dele fazer algum trabalho e contrair o vírus, todos nós tomamos todas as medidas de segurança principalmente ele. No caminhão tem luvas, álcool em gel e as máscaras, ele não pode parar porque as contas também não vão, então oramos a Deus para que nos livre de todo o mal. A noite a gente saiu para dar uma volta na cidade de caminhão, eu sinto saudade de ir no centro, comprar meus mangás, bijuterias, dos lanches… Eu fiquei observando as casas, imaginando como cada família está reagindo a tudo isso, algo que é tão pequeno e que contagiou o mundo todo. Isso só mostra como somos seres pequenos diante das doenças e de desastres da natureza.

Sexta feira, 15/05/2020


O clima me faz sentir vontade de fazer as coisas, como por exemplo hoje acordei com vontade de desenhar e ler porque o clima estava frio. Não sei se isso acontece apenas comigo mas eu gosto, dias de chuvas me trazem paz me deixam feliz. Eu não fui desenhar mas eu fui ler Harry Potter e a Pedra Filosofal, eu amo esse tipo de história. Li uma saga que era sobre príncipes indianos que foram amaldiçoados e viraram tigres, nisso um deles conheceu uma menina chamada Kelsey em um circo, ela percebeu que o tigre olhava para ela de uma forma diferente, com tristeza e nisso ela é chamada para viajar a Índia para acompanhar o tigre. Ele podia virar homem por algumas horas e em uma dessas horas ele se transformou e explicou para ela, daí começa uma grande aventura. Essa é a minha saga preferida, sempre que eu posso indico ela para as pessoas. No fim do dia eu ajudei o meu irmão com as tarefas dele e fiz as minhas. Sobre os cachorrinhos eles ainda estão vivos, eu não sei a condição deles mas acho que a moça levou no veterinário e passou um remédio para diminuir as crises.

Sábado, 16/05/2020

Meu dia não foi agitado eu apenas fiz as obrigações de casa e a tarde eu fui para casa do meu namorado. A gente ficou jogando videogame e depois ficamos na rua pegando um solzinho hehe. Hoje eu realmente não fiz nada demais. Em relação aos estudos eu estou fazendo o que posso, mas alguns professores estão passando muita coisa e eu não estou conseguindo dar conta.

Domingo, 17/05/2020

Hoje os meus pais saíram para fazer compras e eu sempre fico receosa com isso, tenho medo deles pegarem esse coronavirus e ficarem isolados, mas Deus está cuidando e nos livrando de todo mal. Depois eu ajudei a minha mãe e joguei com meus amigos virtualmente, foi bem divertido sinto saudade de sair com eles, era muito bom. Quando deu de tarde meu namorado veio para cá e a gente ficou assistindo série, ele me disse que a mãe dele foi comprar algumas coisas que precisava e soube que uma moça que estava trabalhando na casa de alguém tá com coronavirus, mas que já se recuperava. Eu fiquei preocupada porque eu acho que a moça é daqui do bairro e é triste por mais que a gente tente evitar, existem pessoas que precisam trabalhar e infelizmente vão contrair o vírus. A noite ele foi embora e eu fui ler Harry Potter, li um pouco e fui jogar. Estava pensando, espero que tudo isso passe quero voltar a escola, e ver meus amigos, poder voltar a trabalhar para ajudar meus pais, ir ao cinema, ir comprar mangá e simplesmente ir ao mercado sem medo. Acredito que isso um dia passe, mas não sei se voltará a ser como antes sempre vou ter um leve receio.

Segunda-feira, 18/05/2020

Acordei tarde e de mal humor mas decidir fazer uma faxina na casa para amanhã acorda tarde sem preocupação. Então eu comecei pela louça, depois limpei a casa, o banheiro, o fogão, limpei alguns móveis, e por último lavei a área de serviço, ufa! Escrevendo é tão rápido mas na prática demorou um pouco, quando acabei fiquei satisfeita pela casa está cheirosa e limpa e minha mãe agradece muito hehe. De tarde um moço que trabalha com fretes em caminhão ele viaja pelo Brasil todo, iria vir aqui para nos entregar o que a minha avó da Bahia mandou. Ele chegou e ela mandou várias coisas gostosas, eu comi muitooooo!! Sinto saudade da comida de lá, é muito gostosa. Quando eu viajava para a Bahia meu avô comprava bastante pão porque o pão de lá é diferente e tem vários sabores, ele gostava de me ver enchendo a barriga e ficava rindo. Ahh saudade…

Terça-feira, 19/05/2020

Hoje é o aniversário da minha amiga e a gente não pode comemorar, queria pôde está saindo agora para gente ir na pizzaria, ou no shopping, ou até mesmo na casa dela comemorando...mas no momento não podemos. Hoje eu acordei triste e desanimada, eu não sei o motivo disso apenas tem dias bons e outros ruins, não é mesmo? Eu não tenho muito o que escrever hoje…

Quarta-feira, 20/05/2020

Gostaria de ir para a Bienal, ano passado eu fui com a escola e foi um dos melhores passeios que já fiz em toda vida escolar. Eu simplesmente amei, conseguir comprar a coleção completa do livro Game Of Thrones. No dia que fomos estava chovendo muito mas isso me animou ainda mais, acho que chuva combina com livros isso me traz paz, eu não sei explicar apenas sinto. Fico pensando, será que ano que vem a gente vai tá indo para Bienal novamente? Será que esse vírus vai ir embora até lá? Será que nunca mais poderá ter aglomeração? Penso nisso e fico triste de imaginar se a resposta for não. Em outro passeio que fui com a escola foi ao museu eu não me lembro o nome mas sei que eu amei, tinha pinturas, esculturas, tumbas, sabe várias coisas interessantes de se ver. Gosto muito de passeios escolares, me divirto e sempre levo bastante lanche e nem como tudo hehe. Esse ano de 2020 a gente teria vários passeios, infelizmente não vamos ter mais. Também sinto saudade da escola, o almoço era muito bom principalmente quando era frango grelhado ou strogonoff são os melhores de todos. Dos professores, cada um com seu jeitinho, aí aí que coisa, tudo pode mudar em um dia, minutos ou segundos. Me lembro da última aula, foi numa sexta feira meus professores falaram que provavelmente a gente ficaria suspensos por 15 dias ou mais, algumas pessoas ficaram felizes mas eu fiquei receosa porque isso não era normal. E desses 15 dias surgiram mais 15 e mais 15 e já estamos sem aulas a meses, que tristeza.

Quinta-feira, 21/05/2020

Ontem eu dormi muito tarde e por consequência acordei tarde hoje, minha mãe não estava no seu bom dia e me senti culpada por acordar tarde e não conseguir ajudá-la. Eu tenho algumas matérias para copiar, isso tem desanimado mas me esforço para não desistir das aulas online. Meu namorado veio para cá hoje o nome dele é Luiz, ele estuda no Senai e faz dois cursos de manhã e de tarde. Nesse dois cursos a gente estudou juntos, para tentar passar e ficamos nervosos eu não passei em nenhum dos dois mas ele conseguiu, eu fiquei muito feliz por ele e sei que minha vez vai chegar! Depois que nossas aulas online acabaram a gente ficou jogando um pouco mas ele teve que ir embora porque amanhã tem dois trabalhos para entregar. Eu fui ler um pouco e depois fui assistir Dorama que são séries japonesas, estava assistindo uma que a menina é famosa mas algo aconteceu com ela sem explicação, uma vez no mês por uma semana ela se transforma em uma pessoa diferente, pode ser criança, adolescente, jovem, adultos e idosos, ela conhece um rapaz que é rico e eles fazem um contrato, mas ele tem um segredo, ele não consegue enxergar os rostos das pessoas, então ao decorrer do Dorama eles vão se aproximando e passam por coisas boas e ruins, mas no final eles ficaram juntos.

Sexta-feira, 22/05/2020

Hoje eu acordei com muita preguiça e fiquei assim o dia todo. Meus pais continuam trabalhando, antes dessa pandemia começar meu pai tava construindo uma casa em cima da nossa para no futuro pôde alugar, mas como os meus tios vieram da Bahia e estão morando em uma minúscula quitinete eles vão vim morar nessa casa. Falta pouco para acabar e claro que a casa por enquanto não terá algumas janelas, por enquanto só vai ter o necessário mas já é bem melhor do que pagar aluguel. Eu vou contar um pouco sobre a vinda dos meus tios para o Rio de Janeiro porque eu não fiz nada hoje e não quero deixar em branco. Meu tio tinha sido demitido lá na Bahia e ele não via outro jeito de ser contratado, então meu pai sugeriu dele vim morar aqui e tentar algo novo, isso demorou mas ele achou que seria melhor e venho sozinho em 2019, ficou morando com a gente por alguns meses. Ele saia para ajudar meu pai em fretes e em um desses eles tiveram a idéia de que meu tio poderia vender pastel e batatas fritas na praça aqui próximo. E isso aconteceu, e estava dando resultados bons. Ele decidiu que seria a hora de buscar minha tia e minha prima, elas vieram para cá e passamos o natal e ano novo juntos, foi muito bom. Em janeiro desse ano, 2020 meu pai ajudou o meu tio a comprar uma Kombi para ele ir onde quisesse sem que dependesse do meu pai. Tudo estava dando certo até um dia a gente acordar e descobrir que roubaram a Kombi do meu tio, eu lembro que nesse dia acordei assustada porque minha mãe estava chorando, e o meu pai estava completamente apavorado. Eles ficaram o dia todo procurando, foram na delegacia mas ate hoje não tivemos nenhuma notícia sobre. Eu fico triste, ele investiu tudo que tinha na Kombi para que pessoas do mal viessem e tirassem a esperança deles. E com essa pandemia meus tios não tem ido trabalhar na praça, logo, não estão com outra fonte de renda, mas tenho esperança que um dia tudo será resolvido e quem fez esse mal a eles, um dia pagará.

Sábado, 23/05/2020

Resolvi fazer uma faxina na casa novamente porque tava precisando, com todos em casa a sujeira vem rápido, e prefiro ir limpar logo antes que minha mãe mande. Acordei cedo e fiquei até 14h limpando e arrumando tudo, quando acabei minha mãe chegou do trabalho e foi deitar porque ela iria trabalhar a noite toda, eu fui assistir série e fiquei até a noite. Como esse diário será publicado, quem estiver lendo recomendo que ouça essa musica “ Empire State of Mind ” essa musica me faz muito bem, eu sinto uma enorme paz com ela, eu não consigo explicar mas gosto disso. Nesse momento difícil eu tenho me agarrado ao jogo, as músicas, aos livros, a esse diário, a essas coisas que a gente pode viajar e podemos imaginar coisas boas, um lugar para onde a gente possa fugir de tudo isso. Quando isso acabar me pergunto se as pessoas vão dar mais valor as coisas simples da vida como um abraço, um aperto de mão, um beijo no rosto, se elas vão valorizar mais os avos e parar de falar que eles são velhos chatos. Eu perdi a minha avó e a gente nunca foi muita próximas por questão da distancia de estado, mas eu sinto falta dela, ela me dava parabéns todos os anos e nunca esquecia a data... é algo tão simples mas quando perdemos vira algo valioso que nunca mais vamos ter.



Continua ------------>


Tags: #diariosdequarentena #leticiasantos #clubedolivro #literatura #leitura #livro #pandemia #preocupacoes #adolescencia #vida #familia


*Letícia Santos tem 16 anos, mora no bairro da Amendoeira, em Itaguaí, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Cursa o segundo ano do ensino médio e seus mangás favoritos são Wotakoi e Tokyo Ghoul:Re.

ficções humanas rodapé.gif

Todos os direitos reservados.

Todo conteúdo de não autoria será

devidamente creditado.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

O Ficções Humanas é um blog literário sobre fantasia e ficção científica.