top of page
  • Foto do escritorPaulo Vinicius

#EspalheFantasia: Alterando o Familiar - Tigana, de Guy Gavriel Kay

Escrito por Joshua Palmatier

Traduzido por Paulo Vinicius F. dos Santos

Artigo original em: https://bit.ly/39CfP8g




Como um aspirante a escritor e um leitor voraz de fantasia há anos (e anos) atrás, o aspecto que mais me intrigava e me mantinha lendo e escrevendo fantasia era o estilo único do mundo que poderia ser encontrado entre as páginas de cada livro. As magias arcanas, as criaturas de outro mundo, e as raças e criaturas nunca antes vistas que habitavam o mundo capturavam minha imaginação e me levavam aos novos reinos de temor e imaginação. Afinal, é por isso que se chama fantasia, não é? O "novo" é o motivo pelo qual nós tanto curtimos, certo?


Então imagine o meu choque completo enquanto lia Tigana, escrito por Guy Gavriel Kay que era o familiar que fazia do novo tão especial.


O livro mudou a forma como eu escrevia e a maneira como eu lia romances de fantasia. Percebi que, como um escritor aspirante, estive tentando construir mundos da maneira errada. Estava tentando criar mundos novos com uma roupagem totalmente nova - novas culturas, novas raças, novas magias, novo tudo. Mas depois desta epifania, percebi que a única razão para todo esse novo - toda a magia, todas as criaturas - ser tão interessante era porque estava em contraste com um pano de fundo que era essencialmente 90% familiar. A ideia de que para a fantasia trabalhar bem, para ter tamanho poder como ela tem, viria do fato de que a maior parte do mundo onde ela se passa é essencialmente o mundo real era, francamente, assombroso.


Não era necessário criar uma nova criatura ou uma nova cultura; eu poderia pegar um cenário do mundo real - passado ou presente - e torná-lo a base para uma criatura ou uma cultura. Tudo o que eu precisava fazer para tornar o familiar algo novo e revigorante era mudar pequenos aspectos daquele mundo, ou adicionar algo novo e determinar o quanto o mundo poderia ter que mudar para acomodar aquilo.


Em Tigama, Guy Gavriel Kay cria um mundo centrada na cultura da Itália. Não, a península não é em forma de uma bota, e não, a cultura não é exatamente como a Itália renascentista, mas o sabor da Itália está lá - na estrutura de palavras, os nomes de lugares, os personagens; nos gestos, nas tradições, na força da vida cotidiana que faz as pessoas tocarem a vida. Por trás da fachada de fantasia existe uma fundação baseada no mundo real que é reconhecível e é esta familiaridade que fornece as bases para o leitor e provem a ele a estabilidade para quando a verdadeira magia do mundo começa.


Desnecessário dizer, eu devorei Tigana e então A Song for Arbonne e toda a trilogia The Fionavar Tapestry e os muitos outros mundos criados por Guy Gavriel Kay. Ele é um mestre em pegar um cenário reconhecível de nosso mundo - um lugar ou uma cultura - e transformá-lo em algo completamente de outro mundo, enquanto ainda mantém o senso de familiaridade, aquele senso de eu já estive lá. E não é isso que é um dos elementos essenciais da escrita de fantasia? Todos nós não estamos tentando criar um mundo que faça o leitor se sentir como se já tivesse vivido lá?



A imagem de uma riselka, ser misterioso de Tigana

Como ele faz isso é pura magia, e devo confessar que após anos de estudo de não apenas os romances de Guy Gavriel Kay, mas praticamente cada outro romance de fantasia que eu li, ainda não consegui dominar completamente a sua arte. Certamente existem alterações óbvias para trazer o leitor para fora do mundo familiar e levá-lo ao reino da fantasia, tal como ter duas luas ou mudar a geografia, mas estes são meras mudanças cosméticas. A arte de Kay é muito mais sutil. Ele altera o familiar através de todos os aspectos da vida, até os rituais cotidianos arbitrários, incluindo mitos e lendas e superstições, tal como a extremamente poderosa lenda da riselka em Tigana. Mesmo pensando agora na riselka me dá calafrios na espinha, evocando tão efetivamente o final assustador de Tigana. Kay consegue pegar cada mudança - seja ela cosmética ou outra coisa - e incorporá-la perfeitamente ao familiar. Cada mudança não apenas altera o mundo, fazendo-o parecer mais fantástico, mas também se comunica com o mundo, moldando-o tão profundamente que o leitor não pode imaginar a remoção deste aspecto do mundo. Este se torna intrínseco e se liga a cada outro aspecto do mundo, até que ele só consiga ser enxergado como um todo, sem partes separadas. E que este todo é também completamente novo, mesmo com aquela base de familiaridade.


Muitos escritores, quando falam do trabalho de Guy Gavriel Kay, falam de sua perícia e capacidade lírica com a linguagem. Sua escrita é evocativa, mesmo impressionística em certos lugares, e certamente transporta o leitor para um mundo diferente com escolhas simples de palavras e viradas narrativas. Mas para mim, a verdadeira arte no trabalho de Kay não é apenas o uso da linguagem, mas a forma sutil que ele dobra o que é tão obviamente um cenário familiar em algo fantástico e misterioso e completamente diferente. Este é o poder da narrativa de Guy Gavriel Kay, e não é nada menos do que extraordinário.


Participantes do #EspalheFantasia:


Clecius Alexander Duran (autor) --> www.cronicasdaluacheia.com.br Instagram: https://www.instagram.com/cleciusduran/

Nikelen Witter (autora) --> http://nikelenwitter.com Instagram: http://instagram.com/nikelenw



Joshua Palmatier é um escritor e matemático. Nasceu na Pennsylvania, mas viveu em vários outros estados por toda a sua vida e atualmente mora em Binghamton, Nova York, e é professor titular de matemática em Oneonta. Threading the Needle, a continuação de Shattering the Ley, foi lançado em junho de 2016 pela editora DAW.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.