top of page
  • Foto do escritorAmanda Barreiro

Artigo: Literatura feminina - vozes que gritam liberdade

Quando a luta se transforma em arte e a arte transforma o mundo.

A imagem mostra uma mulher de cabelos lisos, amarrados em um coque atrás da cabeça, segurando no livro aberto, de forma a esconder o próprio rosto. Acima do livros há quatro borboletas de diferentes tamanhos, e mais uma borboleta na lombada. A ilustração da capa do livro mostra várias folhagens e flores, que formam uma imagem que remete ao rosto da mulher. A imagem está em tons de sépia.
Fonte: Pinterest.

Homens nunca precisaram escrever sobre o ser homem. Suas guerras, odisseias e conquistas sempre foram ideais natos de virilidade. Às mulheres, as costuras, as crianças e a manutenção do lar. O que é, então, ser mulher, além de utilidades e benefícios à sociedade patriarcal?


Desde os primeiros registros, as mulheres sofrem para conseguir se expressar. Por séculos ocultas por pseudônimos, apenas muito recentemente na história literária elas vêm conseguindo publicar seus livros e contar suas experiências, mostrar ao mundo suas criações e dar voz a tantas narrativas quanto possível, tudo isso com a expertise de gerações que aprenderam sozinhas a lutar pela palavra.


Me peguei com enorme dificuldade para selecionar autoras que me inspiram a fazer este tipo de artigo. A verdade é que, em uma vastidão de autores homens consagrados na literatura mundial, em especial no que diz respeito à fantasia e à ficção científica, despontam apenas algumas mulheres. Nomes como Ursula K. Le Guin, Margaret Atwood, Octavia E. Butler e, recentemente, N. K. Jemisin são razoavelmente respeitados dentro da comunidade por terem notoriedade na literatura - são autoras premiadas, reconhecidas como influenciadoras de toda uma geração de escritores etc. Fatos inegáveis, ainda que questionados por uma parcela conservadora e intolerante dos fãs. Infelizmente, essa realidade não alcança todas as mulheres: a maioria continua desconhecida ou, quando muito, restritas a um público essencialmente feminino.

As mulheres continuam desacreditadas no mercado editorial. Constantemente lembradas apenas pelos romances e pela literatura young adult, por uma literatura considerada inferior e fútil, excessivamente feminina, grandes autoras ainda encontram dificuldade em publicar gêneros como a ficção científica, por exemplo. A indústria cultural tenta insistentemente subjugar suas escritoras a moldes pré-fabricados, buscando novas J. K. Rowlings ou mais uma releitura de O Conto da Aia, fórmulas de sucesso já comprovado. Ainda procuram na literatura feminina o modelo enlatado ditado pelos homens que as antecederam, em uma comparação ridícula e datada a Asimov ou Tolkien como o único padrão aceitável. A verdade, no entanto, é que se cria um conjunto de regras implícitas para desacreditar trabalhos femininos, criando obstáculos muitas vezes intransponíveis.


Partindo dessas reflexões, observamos também que as mulheres representam uma importante parcela do público leitor e sempre foram expostas a narrativas com pouquíssima participação feminina. Essas influências são marcantes quando se observa, ainda hoje, a predileção por protagonistas masculinos mesmo entre autoras aclamadas, a exemplo de Harry Potter, e não Hermione, como o herói da saga.


Foi preciso, então, reinventar e ressignificar a literatura como um espaço de fala, quando sempre representou exclusão para a mulher, e não apenas na literatura fantástica. É aí que entra a descoberta pelo verdadeiro ser mulher, levando a reflexões como papel social, gênero, identidade e representatividade, por exemplo. Voltamos aos questionamentos iniciais: o que é ser mulher para além da filha, da esposa e da mãe? Como escrever sobre o que sequer se consegue expressar, dadas as construções identitárias criadas pelo patriarcado? Em um árduo caminho de autoconhecimento e empoderamento, despontam mulheres que aprenderam a luta que é falar de si mesmas e o poder contido em suas palavras.


"Elas entenderam a força que tinham, todas ao mesmo tempo" - Naomi Alderman, O Poder.

Hoje, inúmeras autoras se lançam escritoras a cada ano, mas esse número ainda é relativamente pequeno e, novamente, restrito. Especificamente na literatura fantástica, acompanhamos o desenvolvimento de várias mulheres decididas a ganhar espaço, como Sarah J. Maas, Leigh Bardugo, Sabaa Tahir e Christelle Dabos, isso só para falar de uma geração mais recente. Autoras fortes, com suas protagonistas fortes, escrevendo sobre aquilo que as encantam. Elas são comumente associadas a uma literatura feita para meninas e mulheres, mas, a bem da verdade, o desconhecimento de seus trabalhos por parte do público leitor masculino revela o preconceito intrínseco para com o ser mulher. No fim das contas, está tudo bem se a fantasia delas sequer se aproxima de Tolkien ou George R. R. Martin: não é isso que elas querem, de qualquer forma.


É tempo de reconhecer a importância do viés feminino na fantasia, na ficção científica, no terror e em todos os gêneros que sempre represaram o potencial de suas escritoras; mais ainda, é tempo de ler mais mulheres, conhecer suas narrativas e expandir a noção estreita que se tem de literatura de gênero, admitindo que a diversidade é o que provoca, instiga e agrega. Sendo uma das formas mais interessantes e gratificantes de aprendizagem, reflexão e conhecimento, o aprisionamento na bolha da leitura confortável não condiz com a verdadeira natureza do ato. É necessário um mundo com mais mulheres protagonistas de suas próprias histórias e mais narrativas diversas sendo contadas e lidas.



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Коментари


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.