• Paulo Vinicius

Previsões de Lançamentos para 2021: a editora Intrínseca

Na nossa última postagem, por enquanto, sobre os lançamentos de editoras, vamos falar sobre a intrínseca. Uma editora que possui bons e pontuais lançamentos que vão agradar os leitores. Ah... possivelmente veremos a continuação de A Roda do Tempo finalmente.

ATUALIZADA EM 26/07


Só revisando as regrinhas básicas desta postagem:


1 - Todas as informações são especulações feitas a partir da divulgação da editora em sua fanpage ou de cadastros de ISBN na Câmara Brasileira do Livro (CBL).


2 - Lançamentos podem ser adiados. O que fazemos é uma estimativa.


3 - Não respondo pelas editoras. Se houve algum problema no lançamento como atraso ou cancelamento, peço que entrem em contato com a editora em questão.


4 - No final, eu faço algumas apostas. Mas, apostas são isso mesmo: apostas. Nada garantido.


Antes de mais nada, não tem nenhuma previsão aqui. Estou apenas partindo do que foi anunciado pelas editoras. O ano de 2020 foi atípico para elas, e vários títulos foram apenas empurrados para 2021. Só que estamos no pico da pandemia novamente no Brasil e regras de lockdown já começaram a ser impostas em várias partes do país. Com isso, o trabalho de gráficas, distribuidoras e livrarias vai ficar prejudicado, o que pode afetar a maneira como as editoras vão lidar com isso. Podemos ter uma repetição do que foi o ano anterior. Então serei bem cauteloso nessas postagens.




Caso as editoras desejem entrar em contato comigo, estou à disposição no ficcoeshumanas@gmail.com.


________________________________________________________________________



Desempenho da editora em 2020:


O contato que a Intrínseca tem com os seus fãs é sempre um motivo de destaque. Em um momento em que todos precisavam de uma palavra de apoio durante a pandemia, a editora postou várias imagens bacanas com mensagens de positividade. Achei legal da editora. No quesito publicações, a Intrínseca pisou no freio, se focou nos materiais clássicos e mais recentes. Inclusive deu uma repaginada em alguns títulos que estavam esquecidos no catálogo, seja com um novo projeto editorial ou uma capa dura. No final do ano, quando houve a reabertura parcial, a editora lançou vários títulos de quadrinhos bem elogiados pela crítica. Fica o meu destaque para Laura Dean Vive Terminando Comigo, de Mariko Tamaki e Rosemary Valerio-O'Connell. Embora a gente não vá comentar sobre os títulos de quadrinhos da editora, mas ela tem um bom trabalho com eles. Só gostaria que eles não colocassem tanto hiato entre os lançamentos.


Minha crítica fica a respeito do status da série A Roda do Tempo. Acho que já passou da hora da editora se posicionar a respeito do lançamento ou do cancelamento da série. Há três anos vivemos essa novela mexicana sobre o que será feito a respeito. Na minha visão, a editora iria cancelar a série até que saiu na mídia a divulgação das primeiras informações sobre a futura série. Daí ela segurou os direitos e tem aguardado desde então. De um ponto de vista comercial, segurar os direitos de uma série de livros apenas para saber se a adaptação vai ou não dar certo não é lógico. Isso porque existem muitas variáveis que vão interferir no sucesso ou não da série. Recentemente tivemos dois bons exemplos. A série The Witcher, que caminha para a segunda temporada na Netflix, fez um bom sucesso com números suficientes para a renovação. Só que a série tinha vários problemas de produção, só que os fãs acabaram curtindo a produção. Isso alavancou as vendas dos livros, algo que nem a Wmf Martins Fontes contava. A editora correu atrás do prejuízo e fez uma nova edição luxuosa do livro. Por outro lado, a adaptação de A Espada de Shannara feita pela MTV distorceu bastante os livros de onde o material original se baseava. Histórias foram alteradas, personagens tiveram papéis e jornadas diferentes. A situação foi tão ruim que a Arqueiro sequer se dignou a fazer uma reimpressão. Ou seja, não existe uma fórmula certa no que diz respeito a adaptações. Contar que a série vai dar certo para então continuar a publicação da série é de um nível de blefe extraordinário. E isso por que não temos sequer novas informações ainda sobre a série que deve ter ficado para 2022.


Seria mais transparente da editora adotar uma postura pública sobre a série. Repito: já são três anos. Vários volumes já se esgotaram, o que acarretaria em um gasto enorme para reimprimir as outras edições. Se o livro vendeu, legal, assuma quando ele será publicado e vamos fazer o marketing do livro juntos. Se não, cancele e evite transtornos nas redes sociais. São tantas editoras que cancelam série que, mais uma ou menos uma, não vai fazer diferença;


Por outro lado, fica o meu destaque para a publicação do livro de Marlon James. É algo bem diferente do que os leitores do gênero fantástico estão acostumados a ler. E a escrita do autor é maravilhosa. Podem contar que em breve terá uma resenha dele. Era o livro que eu mais esperava ser lançado esse ano.


1 - "Leopardo Negro, Lobo Vermelho" de Marlon James


Ficha Técnica:


Nome: Leopardo Negro, Lobo Vermelho

Autor: Marlon James

Gênero: Fantasia

Tradutor: André Czarnobai

Número de Páginas: 784


Link de compra:

https://amzn.to/3uRXcIH












Sinopse: Em um épico fantástico ― com elementos que vão de Gabriel García Márquez ao universo Marvel ―, Marlon James conduz o leitor por toda a riqueza das histórias e dos folclores do continente africano Com um faro infalível para encontrar coisas que preferem ficar perdidas, o Rastreador achará tudo o que quiser. E, mesmo ciente de que o objeto de sua busca já não está mais no mundo dos vivos, o habilidoso caçador aceita a missão de localizar um garoto desaparecido. Afinal, o menino pode ser o herdeiro legítimo do trono de um império. Seguindo rastros deixados por seu alvo, o Rastreador passa por cidades ancestrais, desbrava rios e florestas, imerge em culturas e costumes, vivência lendas e mitos, enfrenta todo tipo de perigos: demônios, feiticeiros, bruxas, necromantes. Confrontado pela vastidão do continente, por toda a beleza e o terror em seu caminho, o Rastreador decide ir contra seus princípios de caçador solitário ao perceber que seus inimigos são mercenários atrás do mesmo objetivo. O grupo ao qual se junta é heterogêneo e composto por personagens fantásticos, entre eles o misterioso metamorfo ― metade homem, metade Leopardo ―, que irá conduzi-lo em sua jornada. Enquanto lutam para sobreviver e concluir a tarefa, o Rastreador é assombrado por questionamentos: quem é o menino desaparecido? O que o fez desaparecer? Por que há tanto interesse em que não seja encontrado? Mas, sobretudo, quem está mentindo e quem está dizendo a verdade? Inspirado nas histórias e nos folclores da África, valendo-se de uma imaginação aparentemente ilimitada, Marlon James cria uma aventura multicolorida e surrealista na qual questiona os limites da verdade e do poder e o preço da ambição. Desdobrando personagens e lendas em uma cascata vigorosa, Leopardo Negro, Lobo Vermelho é uma ode à beleza e à pluralidade da mitologia africana.


2 - "Terra Faminta" de Andrew Michael Hurley


Ficha Técnica:


Nome: Terra Faminta

Autor: Andrew Michael Hurley

Gênero: Terror

Tradutor: André Czarnobai

Número de Páginas: 240


Link de compra:

https://amzn.to/3bveh3m












Sinopse: Quando o filho de cinco anos de Juliette e Richard morre de repente após cometer uma série de atos inexplicáveis de violência ― instigado, segundo ele, por uma voz misteriosa ―, o mundo dos dois desmorona. Seis meses depois, Juliette se recusa a sair de casa e passa os dias fazendo gravações no quarto do filho, esperando conseguir provas de que ele continua lá. Enquanto isso, Richard tenta ao máximo não pensar no menino e volta a atenção para o terreno do outro lado da rua, o qual escava pacientemente, em busca de fragmentos de um carvalho lendário.


Assombrados por um presente doloroso e uma expectativa interrompida de futuro, os dois são confrontados pela estranheza e pela solidão de um lugar agora tomado pelo sofrimento. De um lado, o luto deixa cada vez mais clara a distância que os separa; de outro, eles buscam desesperadamente uma ponta de esperança ― apenas para desenterrar um profundo terror.


Com a incrível habilidade de criar um mundo definido pelo bizarro, em Terra faminta Andrew Michael Hurley entrelaça com perfeição a selvageria da natureza e descrições capazes de evocar horror. Nesta narrativa inquietante, o sobrenatural e a vida cotidiana se confundem, criando um retrato assustador do que acontece no limiar entre a dor e a sanidade. A obra chega ao Brasil em edição de luxo, com ilustrações exclusivas do artista alagoano Midrusa e capa dura.


3 - "Jogador Número Um" de Ernest Cline


Ficha Técnica:


Nome: Jogador Número Um

Autor: Ernest Cline

Gênero: Ficção Científica

Tradutora: Giu Alonso

Número de Páginas: 432


Link de compra:

https://amzn.to/3waHAQF












Sinopse: Uma aventura nostálgica e futurista sobre as fronteiras entre o real e o virtual, em nova edição de luxo O ano é 2045 e o mundo real é um lugar terrível. Para escapar, a humanidade passa a maior parte do tempo logada no OASIS, uma realidade virtual utópica com milhares de planetas onde as pessoas podem ser o que quiserem e coisas fantásticas acontecem ― magos duelam contra robôs japoneses gigantes, há planetas inteiros inspirados em Blade Runner e DeLoreans voadores podem atingir a velocidade da luz. Wade Watts cresceu dentro do OASIS, brincando com seus programas educativos, e, aos dezoito anos, a plataforma ainda é a melhor parte de sua vida. Mas está em risco, graças à Caçada. Quando o excêntrico criador do OASIS morreu, deixou para trás um concurso para definir seu herdeiro. O primeiro usuário que desvendar as pistas, vencer uma série de desafios e chegar ao Easter egg ganhará a vasta fortuna do bilionário e o controle total da plataforma. Milhões de pessoas entram na disputa ― inclusive Wade, que passa a estudar obsessivamente a cultura pop dos anos 1980 que o criador adorava ―, mas também funcionários de uma perigosa corporação, que pretende limitar o acesso à plataforma. Cinco anos se passam sem que ninguém consiga desvendar a primeira pista. Até que o nome de Wade sobe para o topo do placar. De repente, o mundo inteiro está assistindo, e novos rivais o alcançam: Art3mis, Aech, Daito, Shoto e, o pior de todos, Sorrento. Aos poucos, fica claro para Wade que a competição virtual tem riscos muito reais. E a única forma de sobreviver e salvar o OASIS é ganhando. Publicado originalmente em 2011, Jogador Número Um se tornou um best-seller, foi agraciado com diversos prêmios e deu origem ao filme de sucesso dirigido por Steven Spielberg, lançado em 2018. Unindo ficção científica a inúmeras referências à cultura pop dos anos 1980 e ao universo dos videogames, essa ópera espacial geek conquistou fãs em todo o mundo.


4 - "Jogador Número Dois" de Ernest Cline


Ficha Técnica:


Nome: Jogador Número Dois

Autor: Ernest Cline

Gênero: Ficção Científica

Tradutora: Giu Alonso

Número de Páginas: 416


Link de compra:

https://amzn.to/3eSR0dy












Sinopse: Dias após o fim do concurso lançado pelo fundador do OASIS, Wade Watts faz uma descoberta bombástica. Escondida no cofre de James Halliday, há uma tecnologia capaz de alterar a natureza da existência humana para sempre ― e talvez piorar ainda mais as coisas.

Chamado de Interface Neural OASIS, ou INO, o dispositivo permite que o usuário use os cinco sentidos no ambiente virtual e controle seu avatar apenas com o pensamento. Também é possível gravar suas experiências no mundo real e que outras pessoas consigam revivê-las. Ainda que revolucionário, o INO torna o OASIS mais viciante e perigoso do que nunca.


Começa assim uma nova missão, uma caça ao último Easter egg deixado por Halliday, com um misterioso prêmio em vista. Ao longo dessa jornada, Wade e seus amigos enfrentarão um inimigo inesperado e extremamente poderoso ― disposto a matar milhões para conseguir o que quer ―, revelações do passado conturbado de Halliday e até mesmo múltiplas versões do cantor Prince. A vida de Wade e o futuro do OASIS estão em risco outra vez, mas a humanidade pode ser a maior vítima dessa guerra cada vez mais real.


Com uma narrativa criativa e eletrizante, repleta de referências à cultura pop dos anos 1980 e ao universo nerd que consagraram o primeiro volume da série, Jogador Número Dois dá continuidade ao legado de sucesso de seu antecessor e lança os leitores em uma nova aventura futurista e surpreendente. O livro também ganhará uma adaptação cinematográfica, com roteiro do autor.


5 - "A Pergunta e a Resposta" (Mundo em Caos vol. 2) de Patrick Ness


Ficha Técnica:


Nome: A Pergunta e a Resposta

Autor: Patrick Ness

Série: Mundo em Caos vol. 2

Gênero: Ficção Científica

Tradutor: Edmundo Barreiros

Número de Páginas: 528


Link de compra:

https://amzn.to/2RZeSmQ











Sinopse: O Novo Mundo não é mais o mesmo. A promessa de paraíso a cada dia se revela um pesadelo. Nos primeiros anos de colonização do planeta, um germe brutal transformou o pensamento dos homens em um fluxo caótico e incessante de sons, o Ruído. Além disso, infectou e dizimou todas as mulheres. Ao menos era o que Todd Hewitt achava até conhecer Viola... Depois de anos de paz, uma nova guerra se anuncia.


Quando Todd fugiu de Prentisstown, enfrentou provações e descobriu segredos terríveis. Agora ele se vê cercado de inimigos e obrigado a encarar inúmeras crueldades para tentar proteger Viola, sem ao menos saber se ela está viva. É nesse cenário incerto que dois grupos vão travar um arriscado embate. De um lado, a poderosa Pergunta. Do outro, a bombástica Resposta. Do que serão capazes para conquistar seus objetivos, mesmo com a existência do Novo Mundo em risco?


A Pergunta e a Resposta é o segundo volume da trilogia Mundo em caos, uma distopia de tirar o fôlego que nos lança em uma acirrada batalha pelo poder. Publicada em mais de trinta países, a série consagrou Patrick Ness como um dos maiores nomes da literatura jovem e o primeiro volume ganhará uma adaptação cinematográfica estrelada por Tom Holland e Daisy Ridley.


6 - "A Família Mandible: 2029 - 2047" de Lionel Shriver


Ficha Técnica:


Nome: A Família Mandible: 2029 - 2047

Autor: Lionel Shriver

Gênero: Ficção Científica

Tradutora: Vera Ribeiro

Número de Páginas: 448


Link de compra:

https://amzn.to/3uXChUs












Sinopse: Uma guerra fria de escala mundial reestrutura a ordem socioeconômica do planeta, criando novos eixos de poder. A União Europeia se desfaz, a China enfim é alçada ao posto de maior potência global e o longo período de prosperidade dos Estados Unidos chega ao fim. Da noite para o dia, o dólar despenca e, além do valor, perde também seu prestígio: uma nova moeda internacional, o bancor, chega para substituí-lo.


Florence Mandible sofre as consequências desse cenário como uma típica representante da classe média. Uma cabeça de repolho passa a custar 20 dólares, o racionamento de água torna-se padrão e o ritual matinal já não inclui mais café – a mudança climática arruinou as safras – nem jornais, já que todos deixaram de existir.


Sem escolha a não ser acolher os familiares sob seu teto – parentes que, assim como ela, dependem da herança do saudável patriarca da família, Douglas Mandible, de 97 anos –, Florence logo se torna responsável pela administração de um ecossistema familiar muito frágil, suscetível às mais dramáticas pulsões da natureza humana – como furto, alcoolismo e abandono de incapazes.


Em A família Mandible: 2029 – 2047, Shriver narra os percalços de um típico clã norte-americano moderno e, como a guia experiente de um safári humano, conduz o leitor por detalhes muito íntimos da psique de seus personagens. Ambientada em um futuro que já se vê dobrando a esquina, a saga dos Mandible é o retrato de um apocalipse menos catastrófico, mas igualmente perturbador: a completa ruína financeira.


7 - "Aqui quem fala é Albert Einstein" de R.J. Gadney


Ficha Técnica:


Nome: Aqui quem fala é Albert Einstein

Autor: R.J. Gadney

Gênero: Ficção Científica

Tradutora: Vera Ribeiro

Número de Páginas: 288


Link de compra:

https://amzn.to/33PprLW












Sinopse: Em 14 de março de 1954, uma estudante liga para o número errado e acaba engatando uma conversa com um dos cientistas mais renomados do mundo: Albert Einstein. Movido por sua característica curiosidade ― a mesma que o fez questionar desde leis da física até convenções sociais e políticas ―, Einstein estabelece com a jovem uma amizade que transformará sua vida de forma singular.


Aqui quem fala é Albert Einstein parte dessa conversa que surge casualmente, e vai além das já conhecidas conquistas do teórico alemão para contar sua história de uma forma nunca antes vista. Em constante busca por seu lugar no mundo, Einstein passou a vida se adaptando a demandas pessoais e profissionais e à realidade a sua volta, uma existência tomada por amores, descobertas, medos e desafios. Dentre as adversidades enfrentadas, talvez a maior tenha sido o antissemitismo: já fortemente presente na comunidade científica e acadêmica mesmo antes da ascensão do nazismo, o preconceito o assombrou durante toda a sua vida.


Com trechos factuais e pinceladas de ficção, a obra de R.J. Gadney faz uso de frases célebres, fotografias, postais, cartas e discursos do aclamado físico para apresentar um novo lado de Einstein. Turbulenta, charmosa e emocionante, esta mistura de biografia e ficção abrange quase cem anos de história europeia e mostra uma outra face do homem por trás da lenda.


8 - "As Sombras do Mal" (As Fitas de Blackwood vol. 1) de Guillermo del Toro e Chuck Hogan


Ficha Técnica:


Nome: As Sombras do Mal

Autores: Guillermo del Toro e Chuck Hogan

Série: As Fitas de Blackwood vol. 1

Gênero: Terror/Fantasia

Tradutora: Stephanie Fernandes

Número de Páginas: 320


Link de compra:

https://amzn.to/3hwwP7g










Sinopse: Uma das mentes mais criativas e geniais da atualidade, responsável por obras-primas como O Labirinto do Fauno e A forma da água, Guillermo del Toro se consagrou ao criar universos únicos, mesclando fantasia e realidade, beleza e horror. Ao lado do celebrado escritor de suspense Chuck Hogan, escreveu a Trilogia da Escuridão, que se destacou na lista de mais vendidos e deu origem a uma série de TV. Agora, os dois retomam a parceria de sucesso numa trilogia macabra e arrebatadora sobre um mal ancestral que vaga pela Terra desde o início dos tempos.


As sombras do mal: As fitas de Blackwood conta a história do encontro improvável entre a agente do FBI Odessa Hardwicke e o enigmático Hugo Blackwoood. Ao testemunhar um crime brutal e inexplicável e se ver forçada a tirar a vida do companheiro de trabalho, Odessa passa a questionar sua sanidade e seu futuro. Ela não consegue entender o que de fato aconteceu, mas tem uma única certeza: viu um vulto saindo do corpo do amigo, uma presença aterrorizante e maligna que jamais se apagará de sua mente.


Obrigada a realizar serviços burocráticos após o episódio, ela encontra fitas antigas ao organizar os pertences de um agente aposentado, e são essas fitas que a levarão até Hugo Blackwood. Fascinante e traiçoeiro, o homem pode ser a chave para desvendar o que aconteceu com o parceiro de Odessa e, mais ainda, a chance de defender a humanidade de uma ameaça sem rosto: os incorpóreos.


Espíritos vis que se alimentam de emoções e que se apoderam de suas vítimas, essas criaturas estão sempre prontas para abraçar o êxtase da morte e do caos. Blackwood conseguiu capturar três delas, e agora, ao lado de Odessa, parte em busca da última, em uma jornada perigosa que pode levá-los em direção ao abismo.


9 - "Unbury Carol" de Josh Malerman


Ficha Técnica:


Nome: Unbury Carol

Autor: Josh Malerman

Gênero: Fantasia

Número de Páginas: 384


Sinopse: Carol Evers é uma mulher com um segredo sombrio. Ela morreu várias vezes... mas todas essas vezes não foram definitivas. São estados de coma, um sono desperto indistinguível de uma morte, cada um durante vários dias.


Apenas duas pessoas sabem da estranha condição de Carol. Uma é o seu marido, Dwight, que casou com Carol por causa de sua riqueza, e - quando ela mergulha em outro coma - planeja pegar toda a herança dizendo que ela está morta e rapidamente enterrando ela... enquanto está viva. A outra é seu amor perdido, o infame fugitivo James Moxie. Quando o destino cruel de Carol chega até ele, Moxie segue pela Trilha de novo para salvar sua amada de uma tumba não natural.


E enquanto isso, acordada e atenta, Carol luta para livrar a si mesma das trevas que a prendem - invocando sua própria vontade poderosa para sobreviver. Enquanto os jogadores neste drama da vida e da morte lutam para decidir o seu destino, Carol deve no final lutar para salvar a si mesma.


A história assustadora de uma mulher literalmente trazendo a si mesma de volta dos mortos, Unbury Carol é uma derivação sombria do conto da Bela Adormecia que irá ficar na memória dos leitores mesmo depois de virada a última página.


10 - "A Crown of Swords" (A Roda do Tempo vol. 7) de Robert Jordan


Ficha Técnica:


Nome: A Crown of Swords

Autor: Robert Jordan

Série: A Roda do Tempo vol. 7

Gênero: Fantasia

Número de Páginas: 688


Sinopse: A Roda do Tempo gira e eras vem e vão, deixando memórias que se tornam lendas. Lendas se tornam mitos, e mesmo mitos são esquecidos quando a Era que o gerou retorna novamente. Na Terceira Era, uma Era de Profecia, o Mundo e o próprio Tempo estão na balança. O que foi, o que será e o que é, podem ainda cair sob o jugo das Sombras.


Elayne, Aviendha e Mat ficam ainda mais próximos do jarro ter'angreal que pode reverter a eterna onda de calor infinita e restaurar o clima natural. Egwene começa a reunir todo o tipo de mulheres que podem canalizar - Povos do Mar, Buscadores dos Ventos, Sábios, e alguns outros tipos surpreendentes. E acima de tudo, Rand encara o terrível Sammael Banido, nas sombras de Shadar Logoth, onde a névoa faminta por sangue, Mashadar, aguarda por suas presas.


11 - "Borne" de Jeff Vandermeer


Ficha Técnica:


Nome: Borne

Autor: Jeff Vandermeer

Gênero: Fantasia (New Weird)

Número de Páginas: 336


Sinopse: Em Borne, uma jovem chamada Rachel sobrevive como uma catadora em uma cidade arruinada destruída em parte por uma enchente e por conflito. A cidade é perigosa, repleta de experimentos descartados da Companhia - uma organização de biotecnologia agora foragida - e punida pelas destruições imprevisíveis de um urso gigante. Rachel apenas sobrevive em um abrigo de um santuário destruído que ela compartilha com seu parceira, Wick, que lida com seus próprios experimentos caseiros de biotecnologia psicoativa.


Um dia, Rachel encontra Borne durante uma missão de coleta e o leva para casa. Borne como algo recuperado não é nada mais do que um monte de coisas verdes - animal ou vegetal? - mas transborda um estranho carisma. Borne faz Rachel lembrar-se da vida marinha da nação insular onde ela nasceu, agora perdida para os mares que subiram de nível. Existe algo que ela ressente: neste mundo qualquer fraqueza pode te matar. Ainda assim, contra os seus instintos - e definitivamente contra os desejos de Wick - Rachel fica com Borne. Ela não consegue evitar. Borne, tendo aprendido a falar, tendo aprendido sobre o mundo, é divertido como uma companhia e em um mundo tão devastado que até a inocência é algo precioso. Borne faz Rachel enxergar a beleza na desolação ao seu redor. Ela começa a ter um sentimento de proteção que ela não sabe ser capaz de manter.


"Ele nasceu, mas eu o fiz nascer"


Mas quando Borne cresce, ele começa a afetar o equilíbrio de poder na cidade e a colocar a segurança de seu santuário com Wick em perigo. Para a Companhia, parece que ele pode não estar realmente morto, e novos inimigos se aproximam. O que Borne pode liberar sobre Rachel quando ele muda é o quão precário sua existência tem sido e o quão dependente ela permanecia com subterfúgios e segredos. No fim de tudo, nada poderá ficar do mesmo jeito.


12 - "The Chronicles of Amber vol. 1" de Roger Zelazny


Ficha Técnica:


Nome: The Chronicles of Amber vol.1 Autor: Roger Zelazny

Série: The Chronicles of Amber (livros 1 a 5)

Gênero: Fantasia

Número de Páginas: 784


Sinopse: Amber é o verdadeiro mundo real, criando infinitos reflexos de si - mundos sombrios - que podem ser manipulados por aqueles que possuem sangue Amberite. Mas a família real é separada por inveja e suspeitas, e o desaparecimento do patriarca, Oberon, intensificou os conflitos internos. O trono foi abandonado, ao que parece, e está à disposição, enquanto a amnésia se abateu sobre Corwin, príncipe herdeiro de Amber.


13 - "Lendários" (Lendários vol. 1) de Tracy Deonn



Ficha Técnica:


Nome: Lendários

Autora: Tracy Deonn

Série: Os Lendrários vol. 1

Gênero: Fantasia

Tradutor: Jim Anotsu

Número de Páginas: 592


Link de compra:

https://amzn.to/3rydO7o











Sinopse: Lendários é uma fantasia apaixonante que une magia, mistério e sociedades secretas, trazendo um novo olhar sobre as lendas do rei Arthur Partir parecia a fuga perfeita para Bree Matthews. Na verdade, a única fuga possível. Após perder a mãe, tudo que a menina de dezesseis anos quer é se manter longe das lembranças e das palavras carregadas de ressentimento na última discussão que tiveram. Por isso, Bree decide entrar em um programa da Universidade da Carolina do Norte para estudantes de excelência acadêmica. Um novo começo, distante da pessoa que ela era antes de tudo desmoronar. Mas então, em seu primeiro dia no novo lar, Bree vê um demônio, e essa descoberta aterrorizante a conduzirá até os Lendários, membros de uma ordem secreta formada por descendentes dos cavaleiros da Távola Redonda do rei Arthur, jovens responsáveis por caçar e destruir essas criaturas demoníacas e proteger a humanidade. Aos poucos, entre memórias enevoadas, ela percebe que não é a primeira vez que se depara com os Lendários, e que esse reencontro pode não ser mera coincidência. Com a ajuda de Nick, um ex-membro que quer distância da Ordem, Bree se infiltra nesse mundo de magia, privilégios e segredos para descobrir o que realmente aconteceu em seu passado. Ela só não contava que precisaria lidar com a desconfiança de um feiticeiro misterioso e com uma verdade avassaladora: os Lendários não são os únicos com o dom da magia. Dentro de Bree há uma força ancestral que ela ainda não consegue entender, mas que pode ser decisiva quando Camlann, a guerra final entre magos e demônios, chegar. Resta a Bree decidir se usará essa força para se unir à luta da Ordem ou para destruí-la de vez.


14 - "Nossa Parte da Noite" de Mariana Enriquez


Ficha Técnica:


Nome: Nossa Parte da Noite

Autora: Mariana Enriquez

Gênero: Terror/Fantasia

Tradutora: Elisa Menezes

Número de Páginas: 544


Link de compra:

https://amzn.to/3zzR2ia












Sinopse: Um pai e um filho cruzam a Argentina de carro, de Buenos Aires até as Cataratas do Iguaçu, na fronteira com o Brasil. São os anos da ditadura militar argentina, soldados armados estão no controle e o ambiente é de tensão. O pai tenta sozinho proteger Gaspar, seu filho, do destino que lhe é designado. A mãe do garoto morreu em circunstâncias obscuras, em um suposto acidente.


Como o pai, Gaspar recebeu o chamado para ser médium em uma sociedade secreta, a Ordem, que se relaciona com a Escuridão em busca da vida eterna por meio de rituais atrozes. Para tais rituais, é imprescindível a presença de um médium, mas o destino desses detentores de poderes especiais é cruel, já que o desgaste, físico e mental, é rápido e implacável. As origens da Ordem, comandada pela família da mãe de Gaspar, remontam a séculos, quando o conhecimento da Escuridão foi trazido da África para a Inglaterra e dali se estendeu à Argentina.


O terror sobrenatural se mistura com terrores bem reais neste romance perturbador e deslumbrante –– casas cujos interiores sofrem mutações, passagens que escondem monstros inimagináveis, rituais com sacrifícios humanos que envolvem êxtase e dor, andanças na Londres psicodélica dos anos 1960, fetiche por pálpebras humanas, liturgias sexuais enigmáticas e a repressão da ditadura, os desaparecidos, a chegada incerta da democracia e os primeiros casos de aids em Buenos Aires.


Um romance que amedronta e envolve na mesma medida, de uma das escritoras mais proeminentes da América Latina atualmente.


15 - "Expiração" de Ted Chiang



Ficha Técnica:


Nome: Expiração

Autor: Ted Chiang

Gênero: Ficção Científica

Tradutor: Braulio Tavares

Número de Páginas: 416


Link de compra:

https://amzn.to/2UT4izA












Sinopse: Em nova coletânea, um dos principais autores contemporâneos de ficção científica continua a estimular reflexões sobre as grandes questões da humanidade.


Depois um dos contos de História da sua vida e outros contos ter inspirado o filme A Chegada–, Ted Chiang volta a nos apresentar nove histórias, sete delas publicadas entre 2005 e 2015 e duas inéditas.


O conto que dá título ao livro, ganhador do prêmio Hugo em 2009, é a mensagem alarmante de uma civilização muito mais avançada e já extinta de seres com órgãos mecânicos. Com cilindros de ar no lugar de pulmões, eles acreditam que viverão para sempre, até que um cientista resolve investigar a si mesmo e faz uma incrível descoberta: o ar respirável só existe porque seu fluxo no universo está em desequilíbrio, numa espécie de osmose.


Já “O Grande Silêncio” mostra os esforços dos seres humanos em busca de vida inteligente alienígena, apesar de não conseguirem conviver sequer com outras espécies no próprio planeta. Em “A ânsia é a vertigem da liberdade”, Chiang cria um mundo onde se questiona o tempo inteiro a existência do livre-arbítrio, uma vez que existe um dispositivo que permite que as pessoas se comuniquem com versões de si mesmas em universos paralelos. Se hoje dispomos de gadgets com inteligência artificial em uma fase quase inicial de desenvolvimento, em “O ciclo de vida dos objetos de software” vemos como a ideia de animais e pessoas robotizadas com níveis de inteligência artificial elevados ao extremo nos faria repensar os conceitos de “ser vivo” e “direitos”.


Misturando doses certas de ficção científica às nossas questões mais antigas enquanto espécie e indivíduos, a narrativa de Chiang impressiona e estimula profundas reflexões sobre o homem, a humanidade, a sociedade e o livre-arbítrio.