• Paulo Vinicius

Previsões de Lançamento para 2019: a Editora Intrínseca

Atualizado: Fev 3

Quais os títulos que a Intrínseca irá lançar em 2019? O que podemos esperar da editora? E como foi o ano de 2018 para ela? Saibam aqui no Ficções Humanas!

Só revisando as regrinhas básicas desta postagem:

1 - Todas as informações são especulações feitas a partir da divulgação da editora em sua fanpage ou de cadastros de ISBN na Biblioteca Nacional. 2 - Lançamentos podem ser adiados. O que fazemos é uma estimativa. 3 - Não respondo pelas editoras. Se houve algum problema no lançamento como atraso ou cancelamento, peço que entrem em contato com a editora em questão. 4 - No final, eu faço algumas apostas. Mas, apostas são isso mesmo: apostas. Nada garantido.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Desempenho da editora em 2018:

O desempenho da editora foi bem modesto no ano de 2018.​ Muito por conta da crise que afetou a todos, a Intrínseca se recolheu um pouco e testou em alguns gêneros. Muito do que havíamos apresentado nesta mesma coluna no ano passado foi postergado ou abandonado. Um passo muito natural até para poder manter a editora no mercado. Muitos de vocês vão reclamar neste sentido, mas é preciso pensar que a editora precisa sobreviver, e somente com algumas vendas garantidas é que isto se daria. A literatura de gênero não teve tanto espaço. Por outro lado, a Intrínseca fez algumas apostas em HQs que resultaram em bons títulos. Por exemplo: Black Hammer é um sucesso de vendas, muito por causa do trabalho da editora junto aos blogueiros e booktubers. Um trabalho pesado de marketing que fez com que eles começassem a pensar com mais carinho no gênero. 

Esse ano parece que teremos alguns títulos de fantasia sendo lançados. Sim, A Roda do Tempo ainda está viva. É a única série longa ainda viva no Brasil. E pelo jeito teremos também Roger Zelazny esse ano. Vamos ver. Para ser sincero, no fundo eu até achei o desempenho da editora muito bom. Boa parte do que foi prometido no começo do ano, acabou vindo. Muitas vezes é preferível ser mais pés no chão do que sonhar alto demais. 

Vale destacar a mystery box criada pela editora. Se eu não estou enganado, é a primeira mystery box de uma editora tradicional no Brasil. A proposta do Intrínsecos é garantir um livro que sairá pela editora dentro de alguns meses em uma embalagem mais luxuosa. Não são livros exclusivos, mas produtos exclusivos. A ideia é muito boa e tem rendido um marketing muito positivo para a editora. Achei uma jogada acertada e cria um canal de diálogo mais próximo com o público. Não sei se a Intrínseca já fez isso, mas seria legal criar um clube do livro exclusivo para o pessoal que faz parte do Intrínsecos. Seria mais um passo muito legal. Podia-se colocar alguém da editora ou até escolher um ou mais blogueiros parceiros para ser o host e provocar os debates. 

1 - "Matadouro 5 - Edição de 50 anos" de Kurt Vonnegut

Ficha Técnica:

Nome: Matadouro 5 - Edição de 50 anos Autor: Kurt Vonnegut Gênero: Ficção Científica Tradutor: Daniel Pellizzari Número de Páginas: 288

Link de compra: 

https://amzn.to/2YO8oGe











Sinopse: Edição comemora os 50 anos de um clássico moderno, o mais importante da obra de Kurt Vonnegut

O humor e estilo únicos e originais de Kurt Vonnegut o fizeram um dos escritores mais importantes da literatura norte-americana. Sarcástico, ele foi capaz de escrever sobre a brutal destruição da cidade de Dresden, na Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial — sem apelar para descrições sensacionalistas. Em vez disso, criou uma história imaginativa, muitas vezes engraçada e quase psicodélica, estrategicamente situada entre uma introdução e um epílogo autobiográficos.

Assim como Billy Pilgrim, o protagonista de Matadouro-Cinco, Vonnegut testemunhou como prisioneiro de guerra, em 1945, a morte de milhares de civis, a maior parte deles por queimaduras e asfixia, no bombardeio que destruiu a cidade alemã. Billy tinha sido capturado e destacado para fazer suplementos vitamínicos em um depósito de carnes subterrneo, onde os prisioneiros se refugiaram do ataque dos Aliados. Salvo pelo trabalho, depois de ter visto toda sorte de mortes e crueldades arbitrárias e absurdas, Billy volta à vida de consumo norte-americana e relata sua pacata biografia, intercalando sua trajetória aparentemente comum com episódios fantásticos de viagens no tempo e no espaço.

Ao capturar o espírito de seu tempo e a imaginação de uma geração — afinal, o livro foi publicado originalmente em 1969, em plena guerra do Vietnã e de intensos protestos e movimentos culturais —, o livro logo virou um fenômeno e sua história e estrutura inovadoras se tornaram metáforas para uma nova era que se aproximava. Ao combinar uma escrita cotidiana, ficção científica, piadas e filosofia, o autor também falou das banalidades da cultura do consumismo, da maldade humana e da nossa capacidade de nos acostumarmos com tudo. Qualquer semelhança com a atualidade não é mera coincidência.

Comentários: Clássico. Finalmente saiu em uma edição de respeito. A minha edição é da L&PM é bonitinha e eu cheguei a ler por ela, mas esse é um daqueles títulos que precisam ter uma edição mais encorpada. Matadouro 5 está ao lado de obras como 1984, Fahrenheit 451 e Admirável Mundo Novo. Para mim, é uma compra e uma releitura obrigatória para 2019. 


2 - "Mundo em Caos" (Mundo em Caos vol. 1) de Patrick Ness

Ficha Técnica: 

Nome: Mundo em Caos Autor: Patrick Ness Série: Mundo em Caos vol. 1 Gênero: Ficção Científica Tradutor: Edmundo Barreiros Número de Páginas; 480

Link de compra: 

https://amzn.to/2JpSOLs










Sinopse: ​Em um mundo pós-apocalíptico, uma infecção rara e perigosa causou o inimaginável: a morte de todas as mulheres. O mesmo germe fez com que os pensamentos dos homens se tornassem audíveis, e agora o caótico Ruído está por toda parte. É impossível guardar segredos no Novo Mundo.

Todd Hewitt é o único garoto entre os homens da cidade de Prentisstown, e mal pode esperar para se tornar um deles. No entanto, o lugar esconde algo grave, capaz de mudar o futuro de Todd e do Novo Mundo para sempre. A apenas um mês de se tornar homem, um segredo impensável é revelado, e ele se vê forçado a fugir antes que seja tarde demais. Acompanhado por seu fiel escudeiro, o cachorro Manchee, ele empreende uma jornada repleta de perigos e se depara com uma criatura estranha e silenciosa: uma garota. Mas quem é ela? E por que não foi morta pelo germe como todas as mulheres?

Publicado em mais de trinta países, Mundo em caos é o primeiro volume de uma distopia perturbadora sobre os laços que forjamos em situações extremas e traz à tona a infinita insensatez humana diante das diferenças. A adaptação cinematográfica da obra está prevista para o início do segundo semestre e terá Tom Holland e Daisy Ridley como protagonistas. A Intrínseca relança em uma edição especial, com tradução inédita e um conto extra, a série que consagrou Patrick Ness como um dos maiores nomes da literatura jovem.

Comentários: O Patrick Ness é um bom escritor e já nos proporcionou experiências incríveis em livros como Sete Minutos após a Meia Noite. No entanto, assim como ele consegue entregar boas histórias, também temos histórias bem medianas. Admito que essa não era uma obra do Ness (apesar de ser nova) que eu gostaria de ver por aqui. E ainda tenho um segundo problema: ando meio cansado de distopias. Vou esperar para ver o que o pessoal vai comentar sobre a obra para me decidir se pego ou não. 

3 - "O Caso da Mansão Deboen" de Edgar Cantero

Ficha Técnica:

Nome: "O Caso da Mansão Deboen"  Autor: Edgar Cantero Gênero: Terror Tradutora: Giu Alonso Número de Páginas: 352

Link de compra:

https://amzn.to/2XIW25P











Sinopse: Mistério, humor e nostalgia se encontram numa história de detetives inspirada no horror de H.P. LovecraftEles se conheceram na infância, nas férias em Blyton Hills ― a cidade debruçada no lago mais enigmático que uma criança poderia imaginar. Anos depois, Andy é uma mulher extremamente solitária e sente que não se encaixa em lugar algum; Kerri busca consolo para seus medos e complexos na bebida; Nate se interna voluntariamente em hospitais psiquiátricos e tem a constante companhia do fantasma de Peter, o amigo que se tornara um astro de Hollywood mas morreu de overdose. Nenhum dos quatro podia imaginar que seu futuro seria fadado ao fracasso por conta de uma aventura adolescente envolvendo a Mansão Deboën.

Mais de uma década antes, em 1977, eles eram apenas quatro jovens inquietos, acompanhados de um simpático cachorro, quando foram até o lago da cidade de Blyton Hills para desvendar um mistério. Em vez de monstros assustadores e espíritos vingativos, o Clube dos Detetives de Blyton, como eles se intitulavam, descobriu que tudo não passava da tramoia de um criminoso fantasiado. Mas o que eles viram e ouviram naquele dia jamais deixa de aterrorizá-los.

Com a vida estagnada e imersa em um caos insuportável, Andy se convence de que é preciso enfrentar o passado que não os permite seguir em frente. O grupo então se reúne para tentar entender o que realmente aconteceu naquele fatídico verão e, desta vez, terão certeza de que a resposta é muito mais macabra e perigosa do que imaginavam.

Uma narrativa que celebra a nostalgia dos anos 1990, a amizade e os fantasmas (reais ou não) que precisamos enfrentar para superar maldições e maus agouros, O caso da Mansão Deboën une doses do terror consagrado por H.P. Lovecraft ao humor sagaz das clássicas histórias de detetives juvenis, popularizadas por produções como Scooby-Doo.

Comentários: Essa é uma obra que cai muito naquele espírito nostálgico que tem sido abraçado por séries como Stranger Things. Uma mistura divertida de mistério e humor. Sinceramente, não conheço nada sobre a obra. Essa é uma daquelas que vão ficar no meu radar, mas vou preferir observar. 

4 - "We Sold Our Souls" de Grady Hendrix

Ficha Técnica:

Nome: We Sold our Souls Autor: Grady Hendrix Gênero: Terror Número de Páginas: 337
















Sinopse: Grady Hendrix, escritor de horror e autor de Paperbacks from Hell e My Best Friend's Exorcism, está de volta com seu romance mais eletrizante. Na década de 1990, a banda de heavy metal Durt Wurk foi abençoada com um sucesso surpreendente - mas então o vocalista Terry Hunt embarcou em uma carreira solo e saltou para o estrelato como Koffin, deixando os seus companheiros para apodrecer na obscuridade. 

Duas décadas depois, a ex-guitarrista Kris Pulaski trabalha como o gerente noturno de um Best Western - ela está cansada, quebrada e infeliz. Tudo muda quando um ato chocante de violência vira sua vida de cabeça para baixo, e ela começa a suspeitar que Terry sabotou mais do que apenas a banda. 

Kris vai para a estrada, esperando reunir com o resto de seus companheiros e confrontar o homem que arruinou a sua vida. É uma jornada que irá levá-la do cinturão decadente da Pennsylvania até um centro de reabilitação de celebridades até um festival musical dos infernos. Uma balada furiosa sobre nunca desistir mesmo frente a obstáculos quase insuperáveis. 

Comentários: Não conheço, mas adoro este tipo de temática. Me lembrou um pouco a trama de Black Mad Wheel, um livro do Josh Malerman que ainda não foi lançado no Brasil. Me interessei e entrou para o meu radar. 

5 - "O Labirinto de Fauno" de Guillermo del Toro e Cornelia Funke

Ficha Técnica:

Nome: O Labirinto de Fauno Autores: Guillermo del Toro e Cornelia Funke Gênero: Fantasia Número de Páginas: 272


Link de compra:

https://amzn.to/2LfO79k











Sinopse: Guillermo del Toro, diretor de cinema vencedor do Oscar, e Cornelia Funke, escritora best seller, colaboraram juntos para transformar O Labirinto do Fauno, um sucesso do diretor, em um romance épico e de fantasia sombria para leitores de todas as idades, completo com ilustrações assustadoras e histórias curtas encantadoras que irão mostrar mais do folclore deste mundo fascinante. 

Este conto encantador leva os leitores a um mundo sinistro, mágico e marcado pela guerra repleto com personagens ricamente desenvolvidos como faunos brincalhões, soldados assassinos, monstros comedores de crianças, rebeldes corajosos e uma princesa há muito perdida que precisa reencontrar sua família. 

Comentários: O Labirinto de Fauno é um dos meus filmes favoritos. Fico um pouco preocupado com estas novelizações, principalmente depois do fiasco que foi A Forma da Água (o filme é muito melhor do que o livro). Mas, sabendo que a novelização está a cargo da Cornelia Funke, autora da série Coração de Tinta, fico um pouco mais sossegado. 

​6 - "Inspeção" de Josh Malerman



Ficha Técnica:

Nome: Inspeção Autor: Josh Malerman Gênero: Terror

Tradutora: Carolina Selvatici ​Número de Páginas: 400


Link de compra:

https://amzn.to/2Ukbke0












Sinopse: J é um aluno em uma escola nas profundezas de uma floresta longe do resto do mundo. 

J é um de apenas vinte e seis alunos, que imaginam o enigmático fundador de sua escola como seu pai. Seus companheiros são a única família que J já teve. Os alunos estão sendo treinados como prodígios da arte, da ciência, do atletismo e sua vida na escola é tudo o que eles conhecem - e é tudo o que é permitido a eles saber. 

Mas, J está começando a suspeitar que há alguma coisa lá fora, além dos pinheiros, que o fundador da escola não quer que ele veja, e ele está começando a fazer perguntas. Qual é o real propósito deste lugar? Por que os alunos nunca podem sair? E quais os segredos que seu pai está escondendo deles?

Enquanto isso, do outro lado da floresta, em uma escola muito parecida com a de J, uma menina chamada K está se fazendo as mesmas perguntas. J nunca viu uma garota e K nunca viu um garoto. Com K e J trabalhando para investigar os segredos de suas estranhas escolas, eles começam a descobrir algo ainda mais misterioso: um ao outro. 

Comentários: Tá... vocês estão me convencendo a ler Josh Malerman. Nunca li nada dele e ele cada vez mais cria umas histórias bem bizarras. Esse ano eu vou ler tudo do homem. Promessa. 

​7 - ​"Unbury Carol" de Josh Malerman

Ficha Técnica:

Nome: Unbury Carol Autor: Josh Malerman Gênero: Fantasia Número de Páginas: 384
















Sinopse: Carol Evers é uma mulher com um segredo sombrio. Ela morreu várias vezes... mas todas essas vezes não foram definitivas. São estados de coma, um sono desperto indistinguível de uma morte, cada um durante vários dias. 

Apenas duas pessoas sabem da estranha condição de Carol. Uma é o seu marido, Dwight, que casou com Carol por causa de sua riqueza, e - quando ela mergulha em outro coma - planeja pegar toda a herança dizendo que ela está morta e rapidamente enterrando ela... enquanto está viva. A outra é seu amor perdido, o infame fugitivo James Moxie. Quando o destino cruel de Carol chega até ele, Moxie segue pela Trilha de novo para salvar sua amada de uma tumba não natural. 

E enquanto isso, acordada e atenta, Carol luta para livrar a si mesma das trevas que a prendem - invocando sua própria vontade poderosa para sobreviver. Enquanto os jogadores neste drama da vida e da morte lutam para decidir o seu destino, Carol deve no final lutar para salvar a si mesma. 

A história assustadora de uma mulher literalmente trazendo a si mesma de volta dos mortos, Unbury Carol é uma derivação sombria do conto da Bela Adormecia que irá ficar na memória dos leitores mesmo depois de virada a última página. 

Comentários: Tá... okay. Já entendi. Ler Josh Malerman. Okay. 

8 - "A Crown of Swords" (A Roda do Tempo vol. 7) de Robert Jordan

Ficha Técnica:

Nome: A Crown of Swords Autor: Robert Jordan Série: A Roda do Tempo vol. 7 Gênero: Fantasia Número de Páginas: 688















Sinopse: A Roda do Tempo gira e eras vem e vão, deixando memórias que se tornam lendas. Lendas se tornam mitos, e mesmo mitos são esquecidos quando a Era que o gerou retorna novamente. Na Terceira Era, uma Era de Profecia, o Mundo e o próprio Tempo estão na balança. O que foi, o que será e o que é, podem ainda cair sob o jugo das Sombras. 

Elayne, Aviendha e Mat ficam ainda mais próximos do jarro ter'angreal que pode reverter a eterna onda de calor infinita e restaurar o clima natural. Egwene começa a reunir todo o tipo de mulheres que podem canalizar - Povos do Mar, Buscadores dos Ventos, Sábios, e alguns outros tipos surpreendentes. E acima de tudo, Rand encara o terrível Sammael Banido, nas sombras de Shadar Logoth, onde a névoa faminta por sangue, Mashadar, aguarda por suas presas.

Comentários: É a única série longa ainda viva e mais porque a editora afirmou estar finalizando a tradução e enviando para ser publicada. Alívio para os fãs da série. E talvez a galera fique mais animada agora que a série de TV se aproxima, o que pode fazer a Intrínseca acelerar um pouco mais as publicações. Outro ponto positivo é que a partir do volume 8, os livros são menores o que pode diminuir o hiato entre eles. 

9 - ​"Borne" de Jeff Vandermeer

Ficha Técnica:

Nome: Borne Autor: Jeff Vandermeer Gênero: Fantasia (New Weird) Número de Páginas: 336
















Sinopse: Em Borne, uma jovem chamada Rachel sobrevive como uma catadora em uma cidade arruinada destruída em parte por uma enchente e por conflito. A cidade é perigosa, repleta de experimentos descartados da Companhia - uma organização de biotecnologia agora foragida - e punida pelas destruições imprevisíveis de um urso gigante. Rachel apenas sobrevive em um abrigo de um santuário destruído que ela compartilha com seu parceira, Wick, que lida com seus próprios experimentos caseiros de biotecnologia psicoativa.

Um dia, Rachel encontra Borne durante uma missão de coleta e o leva para casa. Borne como algo recuperado não é nada mais do que um monte de coisas verdes - animal ou vegetal? - mas transborda um estranho carisma. Borne faz Rachel lembrar-se da vida marinha da nação insular onde ela nasceu, agora perdida para os mares que subiram de nível. Existe algo que ela ressente: neste mundo qualquer fraqueza pode te matar. Ainda assim, contra os seus instintos - e definitivamente contra os desejos de Wick - Rachel fica com Borne. Ela não consegue evitar. Borne, tendo aprendido a falar, tendo aprendido sobre o mundo, é divertido como uma companhia e em um mundo tão devastado que até a inocência é algo precioso. Borne faz Rachel enxergar a beleza na desolação ao seu redor. Ela começa a ter um sentimento de proteção que ela não sabe ser capaz de manter.

"Ele nasceu, mas eu o fiz nascer"

Mas quando Borne cresce, ele começa a afetar o equilíbrio de poder na cidade e a colocar a segurança de seu santuário com Wick em perigo. Para a Companhia, parece que ele pode não estar realmente morto, e novos inimigos se aproximam. O que Borne pode liberar sobre Rachel quando ele muda é o quão precário sua existência tem sido e o quão dependente ela permanecia com subterfúgios e segredos. No fim de tudo, nada poderá ficar do mesmo jeito. Comentários: Esse é um projeto que vem se arrastando desde o ano passado. Acredito que dessa vez sai, mas mais para o final do ano. Vandermeer teve boas vendas com a sua trilogia, principalmente quando o filme da Netflix estreou. 

10 - ​"The Chronicles of Amber vol. 1" de Roger Zelazny

Ficha Técnica:

Nome: The Chronicles of Amber vol.1 Autor: Roger Zelazny Série: The Chronicles of Amber (livros 1 a 5) Gênero: Fantasia Número de Páginas: 784














Sinopse: Amber é o verdadeiro mundo real, criando infinitos reflexos de si - mundos sombrios - que podem ser manipulados por aqueles que possuem sangue Amberite. Mas a família real é separada por inveja e suspeitas, e o desaparecimento do patriarca, Oberon, intensificou os conflitos internos. O trono foi abandonado, ao que parece, e está à disposição, enquanto a amnésia se abateu sobre Corwin, príncipe herdeiro de Amber.

Comentários: Outro título que acabou adiado por causa do apocalipse editorial de 2018. Apenas duas edições para publicar esse épico. Intrínseca, por favor, mantenha este título. Tragam ele. Nunca te pedi nada!!


11 - "Café da Manhã dos Campeões" de Kurt Vonnegut


Ficha Técnica:


Nome: Café da Manhã dos Campeões

Autor: Kurt Vonnegut

Gênero: Drama/Fantasia

Tradutor: André Czarnobai

Número de Páginas: 400


Link de compra:

https://amzn.to/2UkRFee












Sinopse: Neste livro — lançado originalmente em 1973, uma sátira sobre guerra, sexo, racismo, sucesso e política nos Estados Unidos — um dos personagens mais emblemáticos e alter ego de Vonnegut, o autor de livros de ficção científica Kilgore Trout, descobre que Dwayne Hoover, um vendedor de carros americano aparentemente normal, está levando a sua ficção ao pé da letra e perdendo o juízo. Com a ajuda de seus famosos desenhos, Vonnegut conduz o leitor por um texto bem-humorado e crítico da sociedade norte-americana neste clássico moderno que o consagrou como um dos autores mais instigantes do nosso tempo.


12 - "Este é o Mar" de Mariana Enriquez


Ficha Técnica:


Nome: Este é o Mar

Autora: Mariana Enriquez

Gênero: Fantasia/Realismo Mágico

Tradutora: Eliza Menezes

Número de Páginas: 176


Link de compra:

https://amzn.to/2tnyFRb












Sinopse: Lendas do rock nunca fenecem. E tudo porque entregaram a vida às Luminosas, seres atemporais que se alimentam dos aspectos mais pungentes da devoção humana. Kurt Cobain? Lenda criada por Violeta. Sid Vicious? Gina. Jim Morrison? Marianne. No universo de Este é o mar , se tornar uma verdadeira lenda do rock envolve seres mitológicos femininos e um mundo intenso e sombrio, marcado pelo esquecimento e pelas lembranças que atravessam gerações.


Helena é uma das responsáveis por manter a engrenagem do fanatismo a todo vapor, incitando os jovens fãs humanos a darem tudo de si e a consumirem seu ídolo. No entanto, não quer ser apenas uma abelha operária. Para se tornar uma Luminosa, precisa criar uma nova Lenda. Agora, tendo a morte como aliada, sua missão é eternizar James Evans, o vocalista da banda Fallen — uma árdua tarefa em meio à era da fugacidade dos desejos.


Tags: #previsoesdelancamentos #editoraintrinseca #mercadoeditorial #loucosporlivros #amoleitura #igliterario #editorasbrasileiras #ficcoeshumanas




ficções humanas rodapé.gif

Todos os direitos reservados.

Todo conteúdo de não autoria será

devidamente creditado.

  • Facebook - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

O Ficções Humanas é um blog literário sobre fantasia e ficção científica.