• Paulo Vinicius

Previsões de Lançamentos para 2021: a editora Suma

O selo para obras de gênero vem trazendo algumas coisas bem interessantes para este ano. Vamos ter mais obras do Stephen King, é claro, além da estreia de uma das autoras com maior hype na literatura fantástica dos últimos anos.



Só revisando as regrinhas básicas desta postagem:

1 - Todas as informações são especulações feitas a partir da divulgação da editora em sua fanpage ou de cadastros de ISBN na Câmara Brasileira do Livro (CBL).

2 - Lançamentos podem ser adiados. O que fazemos é uma estimativa.

3 - Não respondo pelas editoras. Se houve algum problema no lançamento como atraso ou cancelamento, peço que entrem em contato com a editora em questão.

4 - No final, eu faço algumas apostas. Mas, apostas são isso mesmo: apostas. Nada garantido.

Antes de mais nada, não tem nenhuma previsão aqui. Estou apenas partindo do que foi anunciado pelas editoras. O ano de 2020 foi atípico para elas, e vários títulos foram apenas empurrados para 2021. Só que estamos no pico da pandemia novamente no Brasil e regras de lockdown já começaram a ser impostas em várias partes do país. Com isso, o trabalho de gráficas, distribuidoras e livrarias vai ficar prejudicado, o que pode afetar a maneira como as editoras vão lidar com isso. Podemos ter uma repetição do que foi o ano anterior. Então serei bem cauteloso nessas postagens.


Caso as editoras desejem entrar em contato comigo, estou à disposição no ficcoeshumanas@gmail.com.

________________________________________________________________________

Desempenho da editora em 2020:

O grupo Companhia das Letras como um todo parou suas publicações durante alguns meses se focando em ações pontuais e campanhas de apoio às pessoas que estavam em quarentena. Aliás, parou é uma palavra muito forte; reduziu drasticamente. Como uma editora grande, acredito que o grupo como um todo deu exemplo de comportamento democrático durante o período mais cruel da pandemia em 2020. Quando as pessoas ainda procuravam entender o que fazer d em um período tão estranho, encontrou nos livros e mensagens da editora um alento. Nesse sentido, para mim, o grupo Companhia foi de um carinho e gentileza ímpar. Podemos reclamar dos preços de alguns de seus lançamentos, mas isso se deve a algo que já batemos antes: aumento do valor de insumos, aumento do valor do papel, dificuldades logísticas entre outros. Nada diferente do que outras editoras passaram. Fora que a editora possui autores em seu catálogo que são best sellers e devem cobrar altos direitos autorais. Se a qualidade do material da editora fosse ruim, eu até criticaria, mas tal não é o caso. Boa diagramação, boa revisão, projeto editorial competente, bom acabamento. Não digo isso porque eles são meus parceiros até porque eu não ganho nada tecendo elogios monumentais à editora. Digo porque a editora é competente e é uma das maiores do Brasil hoje.


Para 2021, estou vendo um catálogo bem diversificado com algumas apostas mais sérias em thrillers. Me parece que o gênero está em alta no Brasil hoje já que é a terceira editora que eu vejo ter um foco nisso. Quanto às licenças do George R.R. Martin e da Robin Hobb, a editora tem, por contrato, que publicar tudo o que já saiu pela Leya antes de apresentar material inédito. O que a Suma tem feito é refazer a tradução, o que eu acho justo e prudente, e construir um projeto gráfico que seja distinto da concorrente. Vejo alguns reclamando que os valores da Suma estão altos em relação ao mesmo livro custando dez pratas no saldão. Gente, estamos em outra realidade: a Suma está fazendo tiragens menores, o preço final aumentou em mais de 40% por causa dos reajustes da Suzano e da falta de livrarias físicas. É impossível para a editora colocar um livro do Martin a 40 ou 50 pratas. E isso porque a editora ainda tem que fatorar a variável Amazon na ponta do lápis. Minha sugestão é (e a editora não vai curtir isso) esperar uns três ou quatro meses antes de comprar um lançamento. Normalmente esse é o gap para início de promoções. Tem sido a minha política e um dos livros que eu queria esse ano eu paguei 40% a menos do preço de capa depois de dois meses de lançado.


Tenho boas expectativas para a editora esse ano. Acredito que tenham mais alguns títulos em banho maria que eram para ter sido lançados no ano passado e foram empurrados para agora. Minha única aposta de relançamento de livros de Stephen King na coleção de capa dura vai surpreender muita gente. Não... não é Os Estranhos e nem Eclipse Total. Minha aposta é A Longa Marcha, escrito sob o pseudônimo Richard Bachman. Isso porque tem uma adaptação desse romance em fase final de produção, e a Suma quase sempre aproveita esses momentos. Além de ser um título bastante pedido.


P.S.: O primeiro número dessa lista é do selo principal da editora. Mas, coloquei aqui porque se trata de uma ficção científica (mesmo que o autor diga que não escreve ficção científica).


1 - "Klara e o Sol" de Kazuo Ishiguro


Ficha Técnica:


Nome: Klara e o Sol

Autor: Kazuo Ishiguro

Gênero: Ficção Científica

Tradutora: Ana Guadalupe

Número de Páginas: 336


Link de compra:

https://amzn.to/3tFslh8












Sinopse: Klara, um Amigo Artificial com habilidades de observação impressionantes, estuda com cuidado o comportamento de todos que passam pela vitrine. Do lugar onde foi designada a ficar na loja, ela espera que uma dessas pessoas entre e a escolha como companheira. Contudo, quando surge a possibilidade de sua vida mudar para sempre, Klara é aconselhada a não apostar suas fichas na bondade humana.


Neste novo livro, Kazuo Ishiguro examina o mundo moderno pelos olhos de uma narradora inesquecível. Com uma linguagem única e precisa, ele constrói um romance arrebatador sobre o significado do amor e do cuidado.


2 - "Depois" de Stephen King


Ficha Técnica:


Nome: Depois

Autor: Stephen King

Gênero: Terror

Tradutora: Regiane Winarski

Número de Páginas: 192


Link de compra:

https://amzn.to/2PcjKDG












Sinopse: James Conklin não é uma criança comum: ele vê gente morta. Com que frequência? Jamie não sabe bem; afinal, os mortos em geral se parecem muito com os vivos. Exceto pelo fato de que eles ficam para sempre nas roupas em que morreram, e são incapazes de mentir.


Sua mãe implora para que ele mantenha essa habilidade em segredo, o que não é problema na maior parte do tempo. Pelo menos até Liz Dutton, a companheira de sua mãe e detetive do Departamento de Polícia de Nova York, aparecer na saída da escola e anunciar que precisa de ajuda.


É assim que Jamie embarca em uma corrida para desvendar o último segredo de um falecido terrorista, e começa a jornada mais assustadora de sua vida.


3 - "Wild Cards - Apostas Mortais" (Wild Cards vol. 3) organizado por George R.R. Martin


Ficha Técnica:


Nome: Wild Cards - Apostas Mortais

Organizado por George R.R. Martin

Série: Wild Cards vol. 3

Gênero: Fantasia/Super-Heróis

Tradutor: Petê Rissatti

Número de Páginas: 368


Link de compra:

https://amzn.to/3tD0rCu











Sinopse: No fim da primeira tríade da série Wild Cards, Ases e Curingas se reúnem para comemorar o Dia do Wild Card. Mas nem tudo é festa: essa é uma história sobre vingança.


Em uma tarde de setembro de 1946, um vírus alienígena conhecido como Wild Card atingiu a cidade de Nova York e transformou o mundo para sempre. Enquanto alguns se tornaram super-heróis, chamados de Ases, outros foram terrivelmente deformados, virando Curingas. Agora, no dia 15 de setembro é comemorado o Dia do Wild Card. A cada ano, as festividades se tornam maiores e mais febris. O ano é 1986, quatro décadas após a exposição ao vírus, e a cidade fervilha com o que promete ser a maior comemoração de todos os tempos.

Mas nem todo mundo está celebrando: pelos cantos mais obscuros da cidade, o Astrônomo, um ás tão genial quanto maligno, planeja sua própria festa… Uma vingança brutal contra todos que já se colocaram em seu caminho.

Em Apostas mortais, a primeira tríade desta série épica é concluída de forma magistral. Um romance mosaico, narrado do ponto de vista de diversos personagens, que no fim se torna uma história única, entrelaçada, de um povo tentando superar as diferenças e derrotar um terrível mal.


4 - "Dia Zero" (A Colônia vol. 3) de Ezekiel Boone


Ficha Técnica:


Nome: Dia Zero

Autor: Ezekiel Boone

Série: A Colônia vol. 3

Gênero: Terror

Tradutor: Leonardo Alves

Número de Páginas: 272


OBS: Esse é um livro impresso on demand. Não vai chegar em estoque na Amazon porque é vendido exclusivamente pela UmLivro


Link de compra:

https://amzn.to/3eT2sXe





Sinopse: Em Dia Zero chegamos ao final eletrizante e assustador da série de Ezekiel Boone. A guerra está declarada contra as aranhas que ameaçam varrer a raça humana do mapa.


A única coisa mais aterrorizante que milhões de aranhas é a ideia de que todas elas trabalham em conjunto. A primeira onda devorou milhões de pessoas, a segunda fez hospedeiros e criou locais seguros para suas rainhas.

Agora o governo precisa correr contra o tempo para impedir a chegada da terceira onda. A presidente dos Estados Unidos e a alta cúpula militar defendem estratégias opostas: matar as aranhas a qualquer custo, sem se importar com o preço de vidas humanas perdidas, ou esperar que os cientistas cheguem a uma solução melhor pesquisando essas criaturas ancestrais.

O mundo está à beira do apocalipse. Mas qual ameaça é mais perigosa ― as aranhas ou a sede de poder de quem deseja reinar sobre o caos?

Preparem-se: o Dia Zero chegou.


5 - "Uma Família Quase Perfeita" de M.T. Edvardsson


Ficha Técnica:


Nome: Uma Família Quase Perfeita

Autor: M.T. Edvardsson

Gênero: Thriller

Tradutora: Natalie Gerhardt

Número de Páginas: 376


Link de compra:

https://amzn.to/3lwXqkj











Sinopse: Uma adolescente é acusada de assassinar brutalmente um homem muito mais velho. O crime de Stella, filha de um casal adorado pela comunidade, beira o inacreditável. Só pode ser um terrível engano. Certo?


Adam é um pastor na igreja local, marido e pai devoto. Seu maior pesadelo começa quando Stella é presa pela polícia. Verdade e decência sempre foram seus princípios básicos, mas quando o futuro de sua filha está em jogo e as pressões sobre sua família aumentam, ele mostra que também tem um lado sombrio.


Presa em uma cela vazia, Stella começa a ver sua família e o mundo sob novas perspectivas. Ela teve um relacionamento com o homem assassinado, e esse não é o único segredo que está escondendo dos pais. Através de seu ponto de vista, descobrimos que seu dedicado pai é um homem controlador, e que seu maior interesse talvez não seja salvar a filha, e sim as aparências.


Já a mãe, Ulrika, é uma advogada de defesa, e pelos olhos dela acompanhamos o julgamento de Stella e o plano intrincado posto em jogo para protegê-la. Mas as apostas mais altas têm as quedas mais perigosas, e talvez Ulrika esteja sendo ambiciosa demais…


Uma narrativa construída de forma excepcional, Uma família quase perfeita faz as perguntas mais difíceis: quão bem você conhece seus filhos? Até onde iria para proteger quem você ama?


6 - "The City We Became" (The Great Cities Trilogy vol. 1) de N.K. Jemisin


Ficha Técnica:


Nome: The City We Became

Autora: N.K. Jemisin

Série: The Great Cities Trilogy vol. 1

Gênero: Fantasia

Número de Páginas: 449
















Sinopse: Cada grande cidade tem uma alma. Algumas são tão antigas quanto mitos e outras são tão novas e destrutivas quanto crianças. Nova York? Ela tem seis.

Mas, cada cidade também tem um lado sombrio. Um mal antigo e transbordante se agita em seus salões de poder, ameaçando destruir a cidade e seus seis avatares recém-nascidos a menos que eles se unam e a impeçam de uma vez por todas.


7 - "Billy Summers" de Stephen King


Ficha Técnica:


Nome: Billy Summers

Autor: Stephen King

Gênero: Terror

Número de Páginas: 528
















Sinopse: Billy Summers é um homem em um quarto com uma arma. Ele é um assassino de aluguel e o melhor do ramo. Mas, ele fará o serviço apenas se o alvo for realmente um cara ruim. E agora Billy quer sair fora. Mas primeiro tem um último serviço. Billy está entre os melhores atiradores de elite do mundo, um veterano da guerra no Iraque, um Houdini quando se trata de desaparecer depois que o serviço estiver feito. Então o que poderia dar errado?


Que tal tudo?


Este romance espetacular que você não vai largar é parte uma história de guerra, parte uma carta de amor para as cidades pequenas dos EUA e as pessoas que ali vivem, e coloca juntos a melhor dupla dos romances de King, que pegam a estrada para se vingar dos crimes cometidos por um homem extraordinariamente maligno. É sobre amor, sorte, destino e um herói complexo com uma última chance para se redimir.


Você não se esquecerá de Billy.


8 - "A Longa Marcha" de Stephen King


Ficha Técnica:


Nome: A Longa Marcha

Autor: Stephen King

Gênero: Terror

Número de Páginas: 240















Sinopse: Em um futuro próximo, onde os Estados Unidos se tornou um estado militar, cem garotos são selecionados para entrar em uma competição anual, onde o vencedor é premiado com o que ele desejar, para o resto de sua vida. As regras são simples: manter um ritmo de marcha constante, de seis quilômetros por hora, sem parar. Três advertências, e você está fora, permanentemente.


9 - "Shadow and Claw: The First Half of the Book of the New Sun" de Gene Wolfe


Ficha Técnica:


Nome: Shadow and Claw: The First Half of the Book of the New Sun

Autor: Gene Wolfe

Série: Book of the New Sun vol. 1

Número de Páginas: 416















Sinopse: The Shadow of the Torturer é a história do jovem Severian, um aprendiz da Guilda dos Torturadores do mundo chamado Urth, exilado por cometer o pecado supremo de sua profissão - mostrar compaixão por sua vítima.


The Claw of the Conciliator continua a saga de Severian, banido de seu lar, quando ele inicia uma jornada mítica para descobrir o incrível poder de uma relíquia antiga e descobrir a verdade sobre o seu destino secreto.

10 - "Um Labirinto de Morte" de Philip K. Dick


Ficha Técnica:


Nome: Um Labirinto de Morte

Autor: Philip K. Dick

Gênero: Ficção Científica

Número de Páginas: 202
















Sinopse: Uma história de mistério de ficção científica passada em outro planeta, com um final que deixa o leitor se perguntando o que ele testemunhou todo este tempo.


Delmak-O é um planeta perigoso. Embora existam apenas catorze cidadãos, ninguém pode confiar em ninguém e a morte pode atacar a qualquer momento. O planeta é vasto e muito inexplorado, povoado em sua maior parte por seres no formato de cubos gelatinosos que fornecem mensagem crípticas na forma de anagramas. Pode-se falar diretamente com divindades através de uma série de amplificadores e transmissores de oração, mas eles podem não estar felizes com isso. E o prédio misterioso que fica longe de tudo atrai os colonos até ele, mas quando eles chegam lá cada um vê um tema diferente em sua fachada. O mistério desta estrutura e os segredos contidos em seu interior levam este romance de fritar cérebro.


11 - "The Transmigration of Timothy Archer" de Philip K. Dick


Ficha Técnica:


Nome; The Transmigration of Timothy Archer

Autor: Philip K. Dick

Gênero: Ficção Científica

Número de Páginas: 256















Sinopse: O livro final na trilogia Valis, The Transmigration of Timothy Archer traz a busca do autor pela identidade e pela natureza de Deus a um final. O romance segue o Bispo Timothy Archer quando ele viaja para Israel, para que ele pudesse examinar pergaminhos antigos que possuíam as palavras de Cristo. Mas, mais importante, isto o leva a analisar as decisões que ele fez durante sua vida e o quanto elas podem ter contribuído para o suicídio de sua amante e de seu filho.


Este livro introspectivo é um dos mais filosóficos e literários da carreira de Dick, se aprofundando nos mistérios da religião e da própria fé. Como um dos trabalhos finais de Dick, ele também fornece um insight único na mente de um gênio, cujo trabalho estava ainda em processo de amadurecimento mesmo no momento de sua morte.