top of page
  • Foto do escritorDiego Araujo

Desafio Ficções Humanas: "Terra sem Males", de Maria José Silveira

Terra Sem Males é um livro cheio de exemplos de como reproduzir uma história do folclore brasileiro, tratando de suas características fantásticas e a ressoar nossa cultura em cada frase escrita.


Uma mula-sem-cabeça cavalgando furiosamente em uma floresta em chamas

Sinopse:


Esta história se passa em um Brasil mítico e imaginário. O Primeiro Povo é o herdeiro do segredo da Terra sem Males, procurada por todos que já ouviram falar de sua existência. A busca desse segredo é o grande conflito da trama.


O povo herdeiro sabe que o segredo para essa “terra de muita alegria, liberdade e amor” é viver da melhor maneira possível, e esperar. Mas o povo do El Dorado, o grande inimigo, acredita que o segredo é algo mais concreto e material, e planeja conquistá-lo.


Para isso arregimenta seu próprio exército, e o exército dos Homens Sem Cor, dos Mortos-vivos e Corpos-Secos. O Primeiro Povo, por sua vez, tem em sua defesa as terríveis icamiabas (conhecidas também como amazonas), e vários outros seres que são parte de nosso imaginário, como a M`Boitatá, a Uiara, o Curupira e o Saci, a Velha Pisadeira, os gêmeos Macu e Naíma, e os Homens da Chuva.


O romance conta a história do ataque do povo do El Dorado ao Primeiro Povo, com muito suspense, cenas chocantes, mortes, paixões, muito humor e nenhum compromisso com qualquer verdade a não ser a do reino da imaginação.


A narradora é Ci, Mãe do Mato que, transformada por Mario de Andrade na estrela Beta Centauro, a tudo vê de seu posto eterno em um canto do firmamento.






Ao acompanhar aventuras fantásticas brasileiras sobre o nosso folclore, é comum esperarmos histórias envolvendo criaturas sobrenaturais, ora focando toda a trama em um deles, ou então traz o amálgama de sacis-curupiras-corpos-secos-uiara-pisadeira. Graças a cultura aspirante em torno deste país de proporção continental, focar apenas nas criaturas de elementos folclóricos limita a concepção do artista ao elaborar a história. Povos diversos vivem aqui há milênios enquanto os mais novos chegaram apenas nos últimos séculos. As riquezas trazem significados distintos a esses povos, todos eles compartilhando de um espaço cheio de fantasia oriunda da natureza. E lembremos talvez do mais importante: a nossa fala, pois a língua portuguesa se entranhou nas raízes de nossas gargantas, e mesmo assim demos tonalidades distintas a da origem europeia, fomos capazes de manifestar um lirismo brasileiro. Terra Sem Males é o trabalho de ficção folclórica escrito por Maria José Silveira em 2018, foi finalista do Prêmio Kindle em 2019.

“Quer voltar para as profundezas e retomar sua vidinha tranquila de poderosa força mítica.”

Na Terra Sem Males as pessoas respeitam a natureza, pois é consciente das características de onde vivem. Só carecem de respeito à Uiara, os garotos sempre a importunam, inconsequentes mesmo cientes dos riscos proporcionados a ela, que tenta conter o ímpeto em respeito aos líderes desta Terra. Aqui também vive Macu, herói da nossa gente, aquele mesmo astuto e preguiçoso; gerou um irmão gêmeo para si chamado Naíma.

Terra Sem Males vive em paz, por outro lado longe de ser desprotegido. As habitantes da Cidade das Tendas os defendem. São as amazonas icamiabas, guerreiras de seios retirados e empunhadoras de arco. Sendo lugar exclusivo de mulheres, tomam homens de várias etnias como reprodutores, eles de estadia temporária. Quando uma icamiaba grávida gera nova vida feminina, esta é derrubada logo no chão, assim aprende desde cedo a realidade da vida. Caso a amazona conceba um filho masculino, bom, o destino dele também é contado pela narradora. Esta já foi líder na Cidade das Tendas antes de virar estrela e contar a história de todos os povos envolvidos nesta história com onisciência e preferência declarada.

Os demais povos são El Dorado, terra dos Homens Sem Cor e a península Terra da Chuva. Este primeiro pretende dominar a Terra Sem Males por meio da guerra, o Senhor de El Dorado possui grandes riquezas, faltando a ele apenas conquistar essa terra mística na perspectiva deles por ser pacífica. O exército de El Dorado tenta convencer os mercenários dos Homens Sem Cor a se juntarem à guerra, povo acostumado a tomar sem retribuir, abusam da força aonde quer eles vão. E como a guerra envolve as pessoas da Terra da Chuva? Eles apenas foram trazidos da terra distante deles à força, incapazes de voltar, tiveram de permanecer ali, vivendo e sobrevivendo, nem todos sendo habitantes conformados.


Figura do saci no meio da imagem em vermelho com o gorro preto e um cachimbo branco em uma imagem borrada em amarelo e azul.

“Mas ninguém ama tudo o que acha bonito, por mais único que seja.”

Já foi dito da narradora ser na verdade uma personagem, a antiga líder na Cidade das Tendas, e por esta experiência narra sem ocultar suas preferências. Conta a história de forma tendenciosa em favor de onde viveu e protegeu, embora essa existência póstuma permita a ela revelar os aspectos desgostosos da convivência dela. Sendo a narradora aliada da região protagonista desta história, possibilita criar descrições íntimas, e assim os parágrafos se enchem de prosa poética, diria até apaixonada. Ritmo difícil de enjoar, de linguagem misturada a elementos brasileiros, moldado pelos povos representados, cada palavra reflete a cultura fantástica deste mundo criado em homenagem ao nosso.

A trama trata da guerra eminente, sendo os capítulos iniciais de apresentação de personagens em destaque de cada povo intermediados pelos preparos. A narradora também conta a história na perspectiva dos povos ávidos pela guerra, embora a preferência assumida dela provoca numa narrativa distante nessas cenas, contadas por obrigação. Desta forma cria variações de estilo ao aproveitar as características de quem conta a história, sendo ela uma pessoa, portanto é justo mostrar os sentimentos. Entre os preparativos de guerra também há jornadas individuais, vítimas de consequência entre algumas particularidades desses cinco povos. Essas pequenas aventuras seguem no mesmo encanto narrativo elogiado até o momento, infelizmente por aqui também revela uma fraqueza na história. Por abordar vários personagens de lugares diferentes em um livro de apenas duzentas páginas, nem todos os arcos poderão ter a mesma dedicação. Fica injusto ao leitor por gostar de acompanhar determinado personagem ou pelo menos tenha ficado curioso, e no fim ver o desfecho sem causar a devida transformação naquele personagem.

“[...] ainda pensa que todas as coisas no mundo existem para servir aos desejos dela.”

Ainda quanto ao enredo, chega em determinado momento a ser previsível, e apesar disso a história mantém sua qualidade, pois é quando a autora manifesta o poder da escrita à vontade. De tanto ver guerras narradas em impasses corpo-a-corpo tão comuns em obras de fantasia, em Terra Sem Males há a reação de outra forma, descrita em frases enfeitadas de brasileirismos. Aos leitores que torcem o nariz pelas narrativas brasileiras na fantasia, perdem a oportunidade de vislumbrar algo feito em total harmonia da nossa cultura.

Terra Sem Males transpira o folclore brasileiro a partir das diversas características de nossos povos continentais e oriundos de terras distantes. Há muita cultura onde moramos capaz de nos orgulhar, e a autora demonstra isso a partir da narradora tendenciosa a amar as riquezas por vezes esquecidas por nós.

“A natureza é pródiga com o que eles precisam para viver.”












Capa de Terra Sem Males

Ficha Técnica:


Nome: Terra Sem Males

Autora: Maria José Silveira

Editora: Autopublicado

Número de Páginas: 190

Ano de Publicação: 2018


Link de compra:










Assinatura Diego Araujo - Frase: "Todo dia o aprendizado com certeza será válido. Mesmo contra o que queira, aprendendo com a arte para lidar com as perdas."







0 comentário

댓글


bottom of page
Conversa aberta. Uma mensagem lida. Pular para o conteúdo Como usar o Gmail com leitores de tela 2 de 18 Fwd: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br Caixa de entrada Ficções Humanas Anexossex., 14 de out. 13:41 (há 5 dias) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês ---------- Forwarded message --------- De: Pedro Serrão Date: sex, 14 de out de 2022 13:03 Subject: Re: Parceria publicitária no ficcoeshumanas.com.br To: Ficções Humanas Olá Paulo Tudo bem? Segue em anexo o código do anúncio para colocar no portal. API Link para seguir a campanha: https://api.clevernt.com/0113f75c-4bd9-11ed-a592-cabfa2a5a2de/ Para implementar a publicidade basta seguir os seguintes passos: 1. copie o código que envio em anexo 2. edite o seu footer 3. procure por 4. cole o código antes do último no final da sua page source. 4. Guarde e verifique a publicidade a funcionar :) Se o website for feito em wordpress, estas são as etapas alternativas: 1. Open dashboard 2. Appearence 3. Editor 4. Theme Footer (footer.php) 5. Search for 6. Paste code before 7. save Pode-me avisar assim que estiver online para eu ver se funciona correctamente? Obrigado! Pedro Serrão escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:42: Combinado! Forte abraço! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:41: Tranquilo. Fico no aguardo aqui até porque tenho que repassar para a designer do site poder inserir o que você pediu. Mas, a gente bateu ideias aqui e concordamos. Em qui, 13 de out de 2022 13:38, Pedro Serrão escreveu: Tudo bem! Vou agora pedir o código e aprovação nas marcas. Assim que tiver envio para você com os passos a seguir, ok? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:36: Boa tarde, Pedro Vimos os dois modelos que você mandou e o do cubo parece ser bem legal. Não é tão invasivo e chega até a ter um visual bacana. Acho que a gente pode trabalhar com ele. O que você acha? Em qui, 13 de out de 2022 13:18, Pedro Serrão escreveu: Opa Paulo Obrigado pela rápida resposta! Eu tenho um Interstitial que penso que é o que está falando (por favor desligue o adblock para conseguir ver): https://demopublish.com/interstitial/ https://demopublish.com/mobilepreview/m_interstitial.html Também temos outros formatos disponíveis em: https://overads.com/#adformats Com qual dos formatos pensaria ser possível avançar? Posso pagar o mesmo que ofereci anteriormente seja qual for o formato No aguardo, Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 17:15: Boa tarde, Pedro Gostei bastante da proposta e estava consultando a designer do site para ver a viabilidade do anúncio e como ele se encaixa dentro do público alvo. Para não ficar algo estranho dentro do design, o que você acha de o anúncio ser uma janela pop up logo que o visitante abrir o site? O servidor onde o site fica oferece uma espécie de tela de boas vindas. A gente pode testar para ver se fica bom. Atenciosamente Paulo Vinicius Em qui, 13 de out de 2022 12:39, Pedro Serrão escreveu: Olá Paulo Tudo bem? Obrigado pela resposta! O meu nome é Pedro Serrão e trabalho na Overads. Trabalhamos com diversas marcas de apostas desportivas por todo o mundo. Neste momento estamos a anunciar no Brasil a Betano e a bet365. O nosso principal formato aparece sempre no topo da página, mas pode ser fechado de imediato pelo usuário. Este é o formato que pretendo colocar nos seus websites (por favor desligue o adblock para conseguir visualizar o anúncio) : https://demopublish.com/pushdown/ Também pode ver aqui uma campanha de um parceiro meu a decorrer. É o anúncio que aparece no topo (desligue o adblock por favor): https://d.arede.info/ CAP 2/20 - o anúncio só é visível 2 vezes por dia/por IP Nesta campanha de teste posso pagar 130$ USD por 100 000 impressões. 1 impressão = 1 vez que o anúncio é visível ao usuário (no entanto, se o adblock estiver activo o usuário não conseguirá ver o anúncio e nesse caso não conta como impressão) Também terá acesso a uma API link para poder seguir as impressões em tempo real. Tráfego da Facebook APP não incluído. O pagamento é feito antecipadamente. Apenas necessito de ver o anúncio a funcionar para pedir o pagamento ao departamento financeiro. Vamos tentar? Obrigado! Ficções Humanas escreveu no dia quinta, 13/10/2022 à(s) 16:28: Boa tarde Tudo bem. Me envie, por favor, qual seria a sua proposta em relação a condições, como o site poderia te ajudar e quais seriam os valores pagos. Vou conversar com os demais membros do site a respeito e te dou uma resposta com esses detalhes em mãos e conversamos melhor. Atenciosamente Paulo Vinicius (editor do Ficções Humanas) Em qui, 13 de out de 2022 11:50, Pedro Serrão escreveu: Bom dia Tudo bem? O meu nome é Pedro Serrão, trabalho na Overads e estou interessado em anunciar no vosso site. Pago as campanhas em adiantado. Podemos falar um pouco? Aqui ou no zap? 00351 91 684 10 16 Obrigado! -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification -- Pedro Serrão Media Buyer CLEVER ADVERTISING PARTNER contact +351 916 841 016 Let's talk! OverAds Certification Área de anexos ficcoescodigo.txt Exibindo ficcoescodigo.txt.